Revistas

  • Revista da FAEEBA - Educação e Contemporaneidade

    A Revista da FAEEBA - Educação e Contemporaneidade é um periódico trimestral, temático. Publicado pela Universidade do Estado da Bahia (Departamento de Educação/Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade), publica artigos científicos na área de Educação. Data do ano de 1992, sendo que a partir do ano 2001,  passa a chamar Revista da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade. Tem como principal objetivo a publicação de artigos científicos inéditos. Recebe artigos, ensaios, documentos em fluxo contínuo. A revista publica artigos em português, inglês e espanhol.

  • Tabuleiro de Letras

    A Revista TABULEIRO DE LETRAS, organizada e dirigida pelo Programa de Pós-Graduação em Estudo de Linguagens - PPGEL, do Departamento de Ciências Humanas do Campus I - Salvador, da Universidade do Estado da Bahia - UNEB, publica, desde 2008, artigos e resenhas inéditos em formato eletrônico. Sua periodicidade é semestral. Seus textos são escritos por pesquisadores de instituições nacionais e internacionais, em português, inglês, francês ou espanhol, individualmente ou em coautoria, nas áreas de estudos lingüísticos e literários e em temas de interesse das áreas afins, relacionados às Linhas de Pesquisa do PPGEL.

  • Pontos de Interrogação — Revista de Crítica Cultural

    Apresentação

    Pontos de Interrogação é uma revista semestral, de acesso aberto, do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural da Universidade do Estado da Bahia. Situada no campo linguístico-literário, sua meta é produzir, acolher e divulgar produções científicas inéditas de investigadores nacionais e internacionais cujos estudos e conclusões problematizem os objetos e pressupostos tanto da crítica, teoria e historiografia literárias quanto dos estudos culturais, estudos de gênero, estudos pós-coloniais, entre outros. A repercussão das descobertas científicas do campo linguístico-literário, ao longo do último século, nas ciências humanas e sociais aplicadas, não só provocaram as chamadas viradas linguístico-literárias nesses campos de conhecim ento, com forte rebatimento não só quanto à teoria da representação em geral, mas, principalmente, quanto à emergência de um lugar de fronteiras epistemológico em que todas as instituições, tais como a escola, o estado, a igreja, os dispositivos de controle econômico, entre outros, devam ser interpeladas a favor da democracia direta e da cidadania cultural dos povos e nações despejados de sua língua, cultura, território e dos espaços de construção de si como sujeitos sociais e coletivos.

    Ao longo de 2017, aceitaremos, em fluxo contínuo, resenhas e ensaios sobre livros clássicos da virada linguístico-literária, bem como aceitaremos manifestos e ensaios híbridos derivados de pesquisa e como política da escrita emancipadora, esperando consolidar e incorporar esses textos e gêneros discursivos a partir dos dossiês de 2018. Os gêneros anteriores, aceitos pela revista Pontos de Interrogação, a saber artigos, entrevistas e resenhas, além de se fazerem seguir, a partir de 2018, de novos gêneros discursivos, continuarão, necessariamente, passando pelo crivo de consultores ad hoc. Serão aceitos os trabalhos, indicados pelos pareceristas, que atendam às perspectivas teóricas e formais estabelecidas normas da revista.

  • Revista Ouricuri

    A Revista Ouricuri é um periódico multidisciplinar editado pelo Programa de Pós-Graduação em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental (PPGEcoH) da Universidade da Bahia - UNEB - Campus III, Juazeiro - BA. 

     

    DOI Geral da Revista: http://doi.org/10.29327/ouricuri

     

    A Revista Ouricuri recebe apoio institucional do Programa de Apoio a Publicação de Periódicos vinculados aos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da UNEB (PROEP-PÓS), mediante aprovação via Edital PROEP-PÓS N° 032/2019.

  • Plurais Revista Multidisciplinar

    A Plurais - Revista Multidisciplinar, a partir de 2016, passa a ser assumida pelo Programa de Pós-graduação Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação (GESTEC), do Departamento de Educação – Campus I/Salvador, da Universidade do Estado da Bahia. Assim, conta com expressiva participação de pesquisadores de Programas stricto sensu e publica artigos da Área de Educação.
    Organizada em Dossiê Temático, quadrimestralmente, a submissão de textos é contínua e os artigos aprovados são publicados a cada número, buscando fomentar a socialização das experiências na Educação em todo país.
    Esta Revista conta com apoio e fomento institucional, a exemplo do Edital N° 032/2019, normatizado pela Resolução CONSU N° 1320/2018 que autoriza a criação e o funcionamento do Programa Interno de Apoio a Editoração e Publicação de Periódicos Científicos da UNEB - PROEP PÓS.
    A Plurais - Revista Multidisciplinar vem publicando, em média, 20 artigos por ano e, a partir de 2019, está estimada a publicação de 35 artigos/ano.

  • Cenas Educacionais


    A Cenas Educacionais (CEDU), instituída no ano de 2018, é um veículo oficical de publicação do Programa de Pós-Graduação em Ensino, Linguagem e Sociedade da Universidade do Estado da Bahia (PPGELS/UNEB). A CEDU é editada, a partir do ano de 2020, em sistema de fluxo contínuo em plataforma eletrônica (e-ISSN 2595-4881), com fluxo contínuo de submissão. O escopo da CEDU é publicar produções sobre Ensino, Educação e Interdisciplinaridade. A CEDU publica dossiês temáticos, relatos de experiências e/ou de casos, artigos originais, revisões de literatura, entrevistas, traduções, resenhas e pontos de vista após aceitos nos idiomas português, espanhol, francês inglês conforme normatização apresentada nas diretrizes para autorxs.


     

  • Revista Baiana de Educação Matemática

    Revista Baiana de Educação Matemática (e-ISSN: 2675-5246/Prefixo DOI: 10.47207) iniciou as suas atividades editoriais em 2020 e cumpre com a função de divulgar trabalhos que têm como foco o professor que ensina Matemática, sua formação, a realidade e cultura escolar e o ensino e aprendizagem dessa ciência. É uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Territórios Semiáridos (PPGESA), vinculado à Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Campus III, em parceria com o Campus VII da mesma universidade e com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE), Campus Santa Maria da Boa Vista/PE. A revista não cobra nenhuma taxa de processamento de artigos (Article Processing Charge - APC) e publica em fluxo contínuo (rolling pass). 


    A Revista Baiana de Educação Matemática encontra-se indexada em: Google Scholar Sumários | ResearchBibRevistas de Livre Acesso|Internacional Scientific Indexing PKP IndexABEC BRASILEurasian Scientific Journal IndexDirectory of Research Journals IndexingLatindexDiadorimIndex Copernicus Internacional|Crossref|Digital Object Identifier (DOI)|DOAJ|LatinREV|

  • Missangas: Estudos em Literatura e Linguística

    Missangas: Estudos em Literatura e Linguística é uma revista publicada pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade do Estado da Bahia - UNEB (Brasil) desde 2020, com periodicidade semestral. A Revista aceita para publicação artigos inéditos sobre estudos literários e estudos linguísticos. Em Literatura, os artigos devem versar sobre estudos literários e culturais que enfatizem a crítica e a teoria literárias em suas diversas abrangências teóricas e metodológicas. Em Linguística, os artigos podem pautar-se em pesquisas e debates relativos a todos os campos da Linguística teórica e da Linguística Aplicada.

  • Práticas e Cuidado: Revista de Saúde Coletiva

    A Práticas e Cuidado: Revista de Saúde Coletiva (PC-RESC) (eISSN: 2675-7591) , instituída no ano de 2020, é um periódico vinculado à Área de Saúde Coletivaà, ao Programa de Residência de Multiprofissional de Saúde e ao Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (MEPISCO) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). A PC-RESC é editada em sistema de fluxo contínuo para submissão e publicação. O escopo da PC-RESC inclui produções com enfoque multidisciplinar e interprofissional no campo da Saúde Coletiva. A PC-RESC publica dossiês temáticos, relatos de experiências e/ou de casos, artigos originais, revisões de literatura, resenhas e carta ao editor, aceitos após processo de revisão, nas línguas portuguesa, espanhola, francesa inglesa conforme normatização apresentada nas diretrizes para autoras(es).

  • Revista Nupex em Educação

    A Revista NupeX em Educação é de fluxo contínuo. As submissões para publicação na próxima edição foram prorrogadas até dia 05 de junho de 2016.
  • África[s] - Revista do Programa de Pós-Graduação em Estudos Africanos e Representações da África

    A Revista África(s) - Revista do Programa de Pós-Graduação em Estudos Africanos e Representações da África é uma publicação da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Campus Alagoinhas, dirigido à comunidade acadêmica da área de História, a qual se propõe publicar artigos inéditos e de pesquisas originais nesta área. 


    Publica: artigos, resenhas e documentos   Idioma: Português


    ISSN: 2446-7375  Periodicidade: semestral


    QUALIS DA REVISTA: B1

  • Opará: Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação

    OPARÁ: Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação é um periódico do Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação - Opará, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Disponibilizada em formato eletrônico e impresso, destina-se à publicização de artigos científicos e pesquisas em variadas áreas do conhecimento (tais como: História, Educação, Sociologia, Ciência Política, Antropologia, Geografia Humana e Cultural, Direito, Ecologia Humana, Letras, Pedagogia), bem como a divulgação de produções culturais. Tem como objetivo a elaboração de edições temáticas visando contribuir com análises e estudos nas áreas de educação, cultura, política, dinâmicas sociais, ecologia humana, etnicidades, movimentos sociais.
  • Revista Mbote

    É uma publicação semestral do Centro de Referência em Desenvolvimento e Humanidades da Universidade do Estado da Bahia (CRDH/UNEB), de natureza interdisciplinar, que tem o objetivo de publicar artigos científicos de pesquisador@s de instituições de ensino ou pesquisa, nacionais ou estrangeiras.

     

     
  • FORINLEJA: INFÂNCIA, LINGUAGEM E EJA

    A Revista FORINLEJA: INFÂNCIA, LINGUAGENS E EJA é uma publicação científica do Grupo de Estudos e Pesquisa FORINLEJA - FORMACCEINFANCIA, LINGUAGENS E EJA, vinculado ao MPEJA e PPGEDUC/DEDC I - UNEB da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). 

    É editada semestralmente em plataforma eletrônica (ISSN XXXX-XXXX/XXXX-XXXX) com fluxo contínuo de submissão e com avaliação Qualis/Capes xx na área principal, balizados pelas normas bibliográficas atualizadas da APA.

    O escopo primário da revista é a publicação, em português, espanhol ou inglês, de textos originais e inéditos resultantes de pesquisa de caráter teórico ou empírico, bem como revisões de literatura, na forma de dossiês temáticos, artigos acadêmico-científicos, resenhas, conferências e comunicações dos Colóquios Nacionais e Internacionais FormacceInfância, fomentando e facilitando o intercâmbio acadêmico no âmbito nacional e internacional.

    A revista é destinada a professores e pesquisadores, assim como a estudantes pós-graduação strictu sensu, tendo como áreas de interesse Infância, Linguagens e EJA. 

    ISSN Versão online: XXXX - XXXX || ISSN Versão impressa: XXXX-XXXX|| DOI: XX.XXXXX/XXXX-XXXX

  • Garimpus - Revista de Linguagens, Educação e Cultura na Chapada Diamantina

    APRESENTAÇÃO DA REVISTA

    A Garimpus – Revista de Linguagens, Educação e Cultura da Chapada Diamantina celebra os 15 anos de atuação da UNEB como pioneira no ensino superior, na pesquisa e na extensão no centro geográfico da Bahia. A iniciativa do Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias de Seabra (Campus XXIII) é uma publicação científica que busca garimpar, sistematizar e dar visibilidade para a produção do conhecimento regional e incluir a Chapada Diamantina como artífice do saber na sociedade contemporânea.

  • Cadernos de Educação, Gestão e Desenvolvimento Local Sustentável

    A revista Cadernos de Educação, Gestão e Desenvolvimento Local Sustentável  é um periódico   de diferentes grupos de pesquisa da UNEB e de instituições e grupos parceiros

    V. 1, N. 4 (2016) Gestão Social dos Territórios: Interface da educação com as políticas públicas direcionas para a construção de sociedades sustentáveis.

  • Caderno de Pesquisa Esse in Curso

    O Caderno de PesquisaEsse in Curso, cuja expressão latina significa: Estar em andamento. Foi criada em 2003, caracteriza-se por ser um periódico semestral. A partir de 2017, seguindo as diretrizes nacionais de periódicos qualificados, passa a ser um periódico digital, publicando artigos inéditos, de natureza científica, resultantes de pesquisas que contribuam para o conhecimento teórico, metodológico e prático no campo da Educação e em interação com as demais Ciências Sociais, relacionando-se com a comunidade regional, nacional e internacional.

    Esse in curso, como caderno de pesquisa é um instrumento do sistema de comunicação científica, dedicado à publicação de estudos, documentos de trabalho, resultados parciais de pesquisas, resenhas, palestras, relatórios de pesquisa, relatórios técnicos, além de trabalhos completos que, apresentados em eventos, tinham sido publicados apenas na forma de resumos. Aceita trabalhos originais, que analisam e discutem assuntos de interesse científico-cultural. Está vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), nas seguintes áreas:

     a)      Gestão da Educação e Redes Sociais – Programa de Pós-Graduação Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação (GESTEC);

    b)      Processos Tecnológicos e Redes Sociais - Programa de Pós-Graduação Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação (GESTEC).

  • Letras em Movimento - Revista de Estudos Críticos Interdisciplinares do Mestrado Profissional em Letras - PROFLETRAS

     
    É a Revista do Mestrado Profissional em Letras – UNEB – Campus V, periódico eletrônico semestral, constitui-se enquanto veículo oficial do Mestrado Profissional, mantido pela Universidade do Estado da Bahia, Departamento de Ciências Humanas, em Santo Antônio de Jesus e destina-se a pesquisadores, professores, estudantes e público interessado nas discussões quem envolvem a formação do profissional de Letras – Língua Portuguesa e sua atuação em sala de aula no Ensino Fundamental II.
  • Revista SAPIENTIA

    Revista de Estudos Literários, Educacionais e Linguísticos é um períódico semestral, com avaliaçao de pares, mantido pela Universidade do Estado da Bahia. Tem como missão fomentar a produção acadêmica sobre estudos culturais, permitindo aos pesquisadores, do Brasil e de outros países,  divulgarem suas pesquisas e contribuírem para o debate na área. A Revista Sapientia aceita, em fluxo contínuo, artigos inéditos em suas especialidades: ensaios sobre estudos literários, linguísticos e culturais, artigos, resenhas e recensões críticas de obras literárias e científicas nas áreas de literatura, educação, linguística e teoria literária.


    Não se cobra dos autores pela publicação.


                                        --------------------


    Sapientia is a peer-reviwed journal published biannualy, sponsered by Universidade do Estado da Bahia - UNEB - Brazil - It aims to scholarly production in the Literary, Linguistic and Cultural Studies areas, allowing researchers from Brazil and  abroad to share their research an contribute to the academic debate.


    Sapientia continually receives unpublished works in its field: essays on Literary, Linguistic, Cultural Studies and reviews of Literary and cientific works in the field of Literature and Literature Theory.

  • Abatirá - Revista de Ciências Humanas e Linguagens

    Abatirá, segundo a etnologia brasileira, consistiam num subgrupo dos índios Aimorés, que viviam nas matas do território da antiga Capitania de Porto Seguro, no atual extremo sul da Bahia. Avessos a realização de aliança com os colonizadores, foram vítimas de expedições sertanistas que adentraram os sertões a partir da segunda metade do século XVI. A partir da década de 1560, iniciaram uma série de revoltas contra a escravidão que sofriam, que resultou na destruição de algumas vilas na capitania, entre elas a de Santo Amaro e Porto Seguro. Esses episódios ficaram conhecidos como a Guerra dos Abatirá.


     


    Abatirá - Revista de Ciencias Humanas y Lenguajes


    Abatirá, según la etnología brasileña, consiste en un subgrupo de índios Aimorés, que vivían em el bosque del territorio de la antigua Capitanía de Puerto Seguro, en actual extremo sur da Bahía. Reacios a realización de alianza con los colonizadores, fueron víctimas de expediciones sertanistas que se pusieron en lo interior en la segunda mitad de el siglo XVI. A partir de la década de 1560, iniciarán una série de revueltas contra la esclavitud que sofrían, que resultó en la destrucción de algunas vilas de la capitanía, entre ellas la de Santo Amaro y Puerto Seguro. Estos episodios se conocieron como la Guerra de los Abatirá.

  • Revista Encantar - Educação, Cultura e Sociedade

    A Revista Encantar, em versão em versão exclusivamente eletrônica, é uma publicação   do Grupo de Pesquisa Ciência e Resitência, Laboratório de Inovaçao Social do Departamento de Ciências Humanidas e Tecnologias - Campus XVII - Bom Jesus Lapa. Nosso política editorial prioriza a veiculação da produção das ciências humanas voltados para a reflexão de longo alcance, tanto na análise empírica quanto nos fundamentos
    teóricos, sobre questões relativas ao tema da cultura e sociedade. 


     


     


     

  • Revista Canudos

    A Revista Canudos é uma publicação anual organizada pelo Centro de Estudos Euclydes da Cunha - CEEC/UNEB  que se dedica à pesquisa da história do povo sertanejo e seus desdobramentos políticos, sociais e culturais com ênfase no território do Semiárido baiano. 

  • Discentis: Revista Científica da Universidade do Estado da Bahia - Campus XVI - Irecê

    A Revista Discentis, vinculada aos Cursos de Letras e de Pedagogia do Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias (DCHT), Campus XVI, Irecê, é um periódico que tem por finalidade divulgar trabalhos científicos de alunos de graduação, mestrado ou doutorado devidamente matriculados em Cursos de Letras e/ou de Pedagogia de instituições nacionais e internacionais de língua portuguesa.


    Como se trata do público de Letras e de Pedagogia, aqui cabe abordar arcabouços teóricos que possam contribuir para o desenvolvimento científico nas áreas de língua e de literatura, promovendo discussões acerca de tais contribuições para o ensino e para a pesquisa. Além disso, este espaço virtual também se volta para a tarefa de (re)pensar os rumos da educação, refletindo sobre as práticas pedagógicas necessárias à formação docente. 

  • Revista Direito no Cinema

    Revista de publicação  online semestral. Primeira edição tem como referencia o semestre 2019.2
  • Scientia: Revista Científica Multidisciplinar

    A Revista Scientia é fruto do convênio a Universidade do Estado da
    Bahia - UNEB (Departamento de Ciências Humanas (DCH-I) Salvador) e o Instituto Federal da Bahia - IFBA- Campus Camaçari.
    PUBLICAÇÃO: Quadrimestral
    PÚBLICO ALVO: Autores, leitores e pesquisadores das áreas de ciências humanas e sociais aplicada.
    Versão online: http://revistas.uneb.br/index.php/scientia/


    Manual Completo da Revista Scientia:


    https://revistas.uneb.br/index.php/scientia/issue/view/Manual%20da%20Revista%20Scientia

  • REVISTA CONTABILETRANDO

    Para informações sobre submissão de artigos acesse o menu "SOBRE"
  • Anãnsi: Revista de Filosofia

    A Anãnsi - Revista de Filosofia (ISSN: 2675-8385) é um periódico mantido pelo Curso de Filosofia do Departamento de Educação do Campus I da Universidade do Estado da Bahia em parceria com centros e pesquisadores de filosofia de diversas partes da América-Latina com a finalidade de promover um espaço para a publicação de trabalho qualificados de filosofia em forma de artigos, ensaios, resenhas de livros ou filmes, traduções e dossiês. A proposta de Anãnsi é ser uma revista que reforce a pluralidade do pensamento filosófico e suas diversas legitimidades. Aceitamos trabalhos de quaisquer temáticas da Filosofia, principalmente de temáticas filosóficas que discutam questões da atualidade, especialmente questões de raça, classe, territorialidade e gênero. Acreditamos fortemente na vitalidade da comunidade filosófica e vemos na construção deste portal a reafirmação de nossa atuação crítica e criativa. Aceitamos submissões de textos em Português, Espanhol, Francês e Inglês.

  • DADOS DE ÁFRICA(S)

    A Revista Dados de África(s) surgiu em 2020, a partir dos diálogos travados pelos discentes da 5ª turma do Programa de Pós Graduação lato sensu em Estudos Africanos e Representações da África da Universidade do Estado da Bahia - UNEB (DEDC II), articulados com estudantes do Brasil e de outros países, a exemplo de Angola, Guiné Bissau e Moçambique. Dados de África(s) é resultado das discussões em redes sociais, dos discentes acima citados, organizados em prol do objetivo de democratização do conhecimento. Uma das muitas discussões teve como conclusão o fato de que há poucos periódicos voltados para receber artigos de estudantes em formação, e que a produção científica não deve ser exclusiva dos docentes. Assim, organizados em grupos de discussão, com apoio dos docentes do programa, os discentes optaram por criar a revista, propondo para a coordenação o encaminhamento das medidas necessárias para a revista. E assim Dados de África(s) surge como novo periódico para a sociedade brasileira em geral. O próprio nome do periódico, por sinal, resulta de uma pequena consulta feita entre os discentes e docentes do programa. Seu design também foi parte deste processo, reunindo experiências e conhecimentos técnicos de variadas matizes.


    Ressalte-se, que Dados de África(s) é a revista criada para veicular os estudos e pesquisas de discentes interessados em publicar trabalhos que dizem respeito ao continente africano e suas representações.

  • Diálogos e Perspectivas Interventivas (DIAPI)

    Diálogos e Perspectivas Interventivas (DIAPI) (ISSN - 2675-682X), instituída no ano de 2020, é um periódico vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Intervenção Educativa e Social (MPIES) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). A DIAPI é editada em sistema de fluxo contínuo para submissão e publicação. O escopo da DIAPI inclui produções com enfoque na Interdisciplinaridade, Ciências Humanas e Ciências Sociais. A DIAPI publica dossiês temáticos, relatos de experiências, artigos originais, revisões de literatura, resenhas e carta ao editor, aceitos após processo de revisão, nas línguas portuguesa, espanhola, francesa inglesa conforme normatização apresentada nas diretrizes para autoras(es).

  • Encontro de Ludicidade e Educação Matemática

     


    O Encontro de Ludicidade e Educação Matemática (ELEM), realizado pela Universidade do Estado da Bahia, Campus VII, em Senhor do Bonfim, é um evento promovido pelo Laboratório de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática (LEPEM\CNPq) e vem consolidar a atividade extensionista que nas últimas edições refletiu sobre a Universidade e o processo de formação inicial do professor e da professora que ensina Matemática, numa perspectiva lúdica, bem como sobre a ludicidade e o processo de matematizar. O ELEM, desde a sua primeira edição no Departamento de Ciências Humanas, Campus IX da Uneb, realizada em 2014, objetiva organizar e promover a integração entre os estudantes das licenciaturas e profissionais de suas respectivas áreas, por meio da disseminação e compartilhamento de ideias, tendo como foco assuntos relacionados à Ludicidade e Educação Matemática. nesse sentido, busca-se, desde então, discutir os aspectos da ludicidade como dimensão humana e possibilitadora de saberes, também, necessários a docência; bem como aprimorar conhecimentos importantes para a formação inicial do futuro professor que ensina Matemática e compartilhar experiências e saberes.


    | e-ISSN: 2675-536X |


    O ELEM encontra-se indexado em: | Google Scholar | Sumários| ResearchBib| PKP Index|