NARRATIVAS DE PROFESSORES E PROCESSOS DE FORMAÇÃO: CUIABÁ (MT) E SÃO GONÇALO (RJ) EM DIÁLOGO

  • Filomena Maria de Arruda Monteiro
  • Helena Amaral da Fontoura
Palavras-chave: Formação de Professores, Narrativas, Desenvolvimento profissional docente

Resumo

Este texto se estrutura a partir de investigações envolvendo dois projetos de pesquisa, realizados em instituições distintas, que dialogam e se complementam. Tais estudos objetivam apresentar contribuições compartilhadas sobre dimensões vinculadas às práticas e aos processos de formação docente e de pesquisa narrativa desenvolvida em contextos específicos, com interlocução entre metodologias. Destacamos, a partir dos achados de nossas pesquisas, contribuições para um processo de formação emancipatória, apostando no fortalecimento do professor, seus saberes e suas práticas, como aspecto fundamental que contribui para uma inserção docente, crítica e criativa, abrindo outras possibilidades de experiência na escola e na sociedade. Especificamente, chama-se a atenção aqui para a questão relacional, tanto na pesquisa narrativa quanto no entendimento da formação docente como processo de aprendizagem de estratégias e capacidades para aprender com os outros, a partir dos outros e para os outros, pois, quando a profissão docente é respeitada e os professores apoiados em sua aprendizagem profissional, é mais provável que ocorra uma melhoria na qualidade dos processos educativos para professores e alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CLANDININ, D. Jean. Potentials and possibilities for narrative inquiry. In: CAMPBELL, M.; THOMPSON, L. (Eds.). Issues of identity in music education: narratives and practice advances in music education. Charlotte, NC: Information Age Publishing, 2010. p. 1-11.

CLANDININ, D. Jean; CONNELLY, F. Michael. Pesquisa narrativa: experiência e história em pesquisa qualitativa. Tradução do Grupo de Pesquisa Narrativa e Educação de Professores ILEEI/UFU. Uberlândia: EDUFU, 2011.

________ . Conocimiento práctico personal de los profesores: imagen y unidad narrativa. In: ANGULO, L. M. V. (Org.). Conocimiento, creencias y teorías de los profesores. Alcoy: Editorial Marfil, 1988. p. 63-86.

CONTRERAS, Jose. A autonomia de professor. Tradução de Sandra Trabucco Valenzuela; revisão técnica, apresentação e notas à edição brasileira de Selma Garrido Pimenta. São Paulo: Cortez, 2002.

DAY, Christopher. Formar docentes: cómo, cuando y en qué condiciones aprende el profesorado. Tradução de Pablo Manzano. Madrid: NARCEA S.A., 2005.

________. A paixão pelo ensino. Porto: Porto Editora, 2004.

________. Desenvolvimento profissional de professores: os desafios da aprendizagem permanente. Porto: Porto Editora, 2001.

DOMINICÉ, Pierre. Biografização e mundialização: dois desafios contraditórios e complementares. In: PASSEGGI, M. C.; SOUZA, E. C. (Orgs.). (Auto)Biografia: formação, territórios e saberes. Natal: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2008. p. 25-46.

ESTRELA, Maria Tereza. Questões de profissionalidade e profissionalismo docente. In: TEIXEIRA, M. (Org.). Ser professor no limiar do século XXI. Porto: ISET, 2001. p. 113-141.

FERRAROTTI, Franco. História e histórias de vida. O método biográfico nas Ciências Sociais. Tradução de Carlos Eduardo Galvão Braga e Maria da Conceição Passeggi. Natal: EDUFRN, 2014.

FONTOURA, Helena Amaral. Formação docente e diversidade na educação básica. In: RIOS, Jane A. V. P. (Org.). Docência na educação básica. Salvador: EDUNEB, 2015. p. 67-100.

________ . Percepções sobre a Residência Pedagógica da Faculdade de Formação de Professores da UERJ: relatos de participantes. In: SEMINÁRIO ESTADUAL DA ANPAE, 4., 2014, Niterói. 25 anos da Constituição Cidadã: repercussões nas políticas públicas de Educação. Anais... Niterói: NITPRESS; ANPAE RJ, 2014a. p. 1-11

________ . Conversas sobre formação de professores na Residência Pedagógica da Faculdade de Formação de Professores da UERJ: memórias e narrativas como construtores de espaços de possibilidades. In: ALVARENGA, Marcia Soares; MAURÍCIO, Lucia Velloso; RIBETTO, Anelice. (Orgs.). Vozes da educação: formação docente – experiências, políticas e memórias polifônicas. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2014b. p. 47-61.

________ . De Maktub a serendipidade na formação de professores. In: FONTOURA, H. A.; LELIS, I. A. O.; CHAVES, I. M. B. (Orgs.). Espaços formativos, memórias e narrativas. Curitiba: CRV, 2014c. p. 65-77.

________ . Inclusion and teachers’ training: reflecting upon hows and whys In: WORLD ASSEMBLY OF THE INTERNATIONAL COUNCIL ON EDUCATION FOR TEACHING, 58., Oshawa, 2014. Moving Forward in Curriculum, Pedagogy and Leadership. Anais… Oshawa, Canadá: UOIT, 2014d. v.1. p. 151-157.

________ . Ensino superior e educação básica: a construção de uma política de formação de professores In: PIMENTEL, S. C.; LOPES, A. L.; SOUZA, L. D. A. S. (Orgs.). Formação de professores: políticas, saberes e práticas. Feira de Santana, BA: Shekinah; FAPESB, 2013a. v.1. p. 17-34.

________ . Memórias escolares de professores/as em formação In: SEMINÁRIO SOBRE A PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO EM EDUCAÇÃO, 7., 2013, Campinas. Política Educacional do século XXI: paradoxos, limites e possibilidades. Anais... Campinas, SP: PUC Campinas, 2013b. p. 489-495.

________ . Residência pedagógica: construindo pontes entre a universidade e a escola básica. In: INTERNATIONAL CONGRESS OF AMERICANISTS, 54., 2012, Viena. Building dialogues in the Americas. Anais... Viena: Institut des Amériques, 2012. p. 1-12.

________ . Residência pedagógica: investigação-ação com professores egressos da Faculdade de Formação de Professores da UERJ. Revista de Educação Pública, Cuiabá, UFMT, v. 20, p. 307-322, 2011a.

________ . Analisando dados qualitativos através da tematização. In: FONTOURA, H. A. (Org.). Formação de professores e diversidades culturais: múltiplos olhares em pesquisa. Niterói: Intertexto, 2011b. p. 61-82. (Coleção Educação e Vida Nacional, 3).

________ . (Org.). Residência pedagógica: percursos de formação e experiências docentes na Faculdade de Formação de Professores da UERJ. Niterói: Intertexto, 2011c.

________ . Tecendo experiências na Faculdade de Formação de Professores da UERJ em São Gonçalo, RJ: relatos de pesquisa etnográfica. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO DA REGIÃO SUDESTE, 9., 2009, São Carlos. Anais... São Carlos, SP: ANPED, 2009. p. 1-12.

________ . (Coord.) Percursos de formação e experiências docentes: um estudo com egressos do curso de Pedagogia da Faculdade de Formação de Professores da UERJ. Projeto de Pesquisa CNPq – Faculdade de Formação de Professores, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: UERJ, 2008a. mimeo.

________ . Formando professores que aprendem a partir dos relatos: uma experiência na Faculdade de Formação de Professores (FFP) da UERJ. Revista FAEEBA, v. 17, p. 137-146, 2008b.

________ . (Org.). Diálogos em formação de professores: pesquisas e práticas. Niterói: Intertexto, 2007.

FONTOURA, Helena Amaral; BRAGANÇA, Inês Ferreira Souza; GASPARELLO, Vania Medeiros. Residência Pedagógica: experiências em formação com egressos da Faculdade de Formação de Professores da UERJ. In: FONTOURA, H. A.; TAVARES, M. T. G. (Orgs.). Trabalho docente: experiências formativas e inserção profissional. Niterói: Intertexto, 2013. v. 8. p. 1-16.

FONTOURA, Helena Amaral; FERNANDES, Glaucia Braga Ladeira; MAGALHÃES, Carolina; SILVA, Katiuscia; SOARES, Vivian. Residência Pedagógica: um trabalho com egressos de Pedagogia da Faculdade de Formação de Professores da UERJ de São Gonçalo. In: SEMINÁRIO VOZES DA EDUCAÇÃO: formação de professores/as, narrativas, políticas e memórias, 4., 2010, São Gonçalo. Anais... São Gonçalo, RJ: UERJ/FFP, 2010.

FONTOURA, Helena Amaral; LELIS, Isabel Alice Monteiro; CHAVES, Iduina Mont’Alverne Braun. Narrativas entrelaçadas em espaços-tempos plurais In: FONTOURA, H. A.; LELIS, I. A. M.; CHAVES, I. M. B. (Orgs.). Espaços formativos, memórias e narrativas. Curitiba: CRV, 2014. p. 15-23.

FONTOURA, Helena Amaral; PIERRO, Gianine Maria Souza. Universidade e escola: compartilhando percursos formativos. In: FLORES, M. A.; FERREIRA, F. I. (Orgs.). Formação e trabalho docente: projetos, políticas e práticas. Santo Tirso, Portugal: De Facto Editora, 2015. p. 143-161.

FONTOURA, Helena Amaral; PIERRO, Gianine Maria Souza. A Universidade e a escola básica: caminhos na investigação de processos de ensino-aprendizagem. In: INTERNATIONAL STUDY ASSOCIATION ON TEACHERS AND TEACHING – ISATT, 8., 2014, Braga, Portugal. Formação e trabalho docente na sociedade da aprendizagem. Anais... Braga, Portugal: Universidade do Minho, 2014. p. 234-242.

FONTOURA, Helena Amaral; PIERRO, Gianine; CHAVES, Iduina. Didática: do ofício e da arte de ensinar. Niterói: Intertexto, 2011.

FONTOURA, Helena Amaral; VERÍSSIMO, Maria Luiza. Formação docente: memórias, narrativas e cotidianos. Teias, Rio de Janeiro, v. 14, p. 4-12, 2014.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1969.

GALVÃO, Cecília. Narrativas em educação. Ciência e Educação, v. 11, n. 2, p. 327-345, 2005.

GATTI, Bernardete A. Formação de professores: condições e problemas atuais. Revista Brasileira de Formação de Professores – RBFP, v. 1, n. 1, p. 90-102, mai. 2009.

GATTI, Bernardete A. Formação de professores no Brasil: características e problemas. Educação e Sociedade, Campinas, v. 31, n. 113, p. 1355-1379, out./dez. 2010.

GATTI, Bernardete A. Formação inicial de professores para a educação básica: pesquisas e políticas educacionais. Estudos em Avaliação Educacional, v. 25, n. 57, p. 24-54, jan./abr. 2014.

GATTI, Bernadete A.; BARRETO, Elba S. S.; ANDRÉ, Marli E. D. Políticas docentes no Brasil: um estado da arte. Brasília: UNESCO, 2011. Disponível em:

<http://unesdoc.unesco.org/images/0021/002121/212183por.pdf>. Acesso em: 27 out. 2014.

GATTI, Bernadete A.; BARRETO, Elba. S. (Coords.). Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília, DF: UNESCO, 2009.

IMBERNÓN, Francisco. La profesión docente desde el punto de vista internacional: que dicen los informes? Revista de Educación, n. 340, p. 41-49, 2006.

JOSSO, Marie C. Experiências de vida e formação. 2. ed. rev. e ampl. Natal: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010.

JOSSO, Marie C. A transformação de si a partir da narração de história de vida. Educação, Ano XXX, n. 3 (63), p. 413-438, set./dez. 2007.

MARCELO GARCIA, C. Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.

MARCELO GARCIA, C. A formação de professores: novas perspectivas baseadas na investigação sobre o pensamento do professor. In: NÓVOA, A. (Org.). Os professores e sua formação. 2. ed. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1995. p. 51-76.

MARCELO GARCIA, Carlos. Desenvolvimento profissional docente: passado e futuro. Sísifo, Revista de Ciências da Educação, n. 8, p. 7-22, 2009.

MARCELO GARCIA, Carlos; VAILLANT, D. ?Desarrolo profesional docente: como se aprende a ensinar? Madrid: Narcea. 2009.

MELLO, Dilma M. de. Histórias de subversão do currículo, conflitos e resistências: buscando espaço para a formação do professor na aula de língua inglesa do Curso de Letras. São Paulo, 2004. 200 f. Tese (Doutorado em Linguística) – Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.

MONTEIRO, Filomena M. Arruda. Práticas de investigação narrativa com professores em exercício: contribuições significativas ao desenvolvimento profissional. Teias, Rio de Janeiro, v. 15, p. 118-129, 2014a.

________ . Práticas de formação e diversidade: uma experiência de investigação-formação. Educação em Foco, Juiz de Fora, v. 19, p. 129-152, 2014b.

________ . Desenvolvimento profissional da docência: sentidos e significados compartilhados em pesquisa narrativa. In: CAVALCANTE, Maria Marina Dias et al. (Orgs.). Didática e a prática de ensino: diálogos sobre a escola, a formação de professores e a sociedade. Fortaleza: EdUECE, 2015. v. 4. p. 717-729.

________ . Aprendizagem e desenvolvimento profissional da docência: uma experiência de investigação-formação no curso de Pedagogia. In: FONTOURA, H. A.; TAVARES, M. T. G. (Orgs.). Trabalho docente: experiências formativas e inserção profissional. Niterói: Intertexto, 2013. p. 87-103. (Coleção Educação e Vida Nacional, 8).

MONTEIRO, Filomena M. Arruda; FONTOURA, Helena A.; CANNEN, Ana. Ressignificando práticas de ensino e de formação docente: contribuições de narrativas, diálogos e conferências. Revista de Educação Pública, v. 23, p. 637-654, 2014.

NÓVOA, António. (Org.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 2008.

________ . Formação de professores e trabalho pedagógico. Lisboa: Educa, 2002.

________ . (Org). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1995.

________ . (Org.) Os professores e sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1992.

________ . (Org.). Profissão Professor. Porto: Porto Editora, 1995.

PACHECO, José Augusto; FLORES, Maria Assunção. Formação e avaliação de professores. Porto: Porto Editora, 1999.

SOUZA, Elizeu Clementino de. O conhecimento de si: estágio e narrativas de formação de professores. Rio de Janeiro: DP&A; Salvador: EDUNEB,2006a.

________ . A arte de contar e trocar experiências: reflexões teórico-metodológicas sobre as histórias de vida em formação. Educação em Questão, v. 25, n. 11, p. 22-39, jan./abr. 2006b.

________ . O conhecimento de si, as narrativas de formação e o estágio: reflexões teórico-metodológicas sobre uma abordagem experimental de formação inicial de professores. In: ABRAHAO, H. M. B. (Org.). A aventura (auto)biográfica: teoria e empiria. Porto Alegre: EDIPUCRS; Salvador: EDUNEB, 2004. p. 13-27.

ZEICHNER, Kenneth. M. Uma agenda de pesquisa para a formação docente. Revista Brasileira de pesquisa sobre formação docente, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 13-40, ago./dez. 2009. Disponível em: <http://formacaodocente.autenticaeditora.com.br>. Acesso em: 12 jun. 2011.

________ . Formação de professores para a justiça social em tempos de incerteza e desigualdades crescentes. In: DINIZ-PEREIRA, J. E.; ZEICHNER, K. M. (Orgs.). Justiça social – desafio para a formação de professores. Belo Horizonte: Autêntica, 2008. p. 12-24.

Publicado
2016-12-13
Métricas
  • Visualizações do Artigo 2682
  • PDF downloads: 1430
Como Citar
MONTEIRO, F. M. DE A.; FONTOURA, H. A. DA. NARRATIVAS DE PROFESSORES E PROCESSOS DE FORMAÇÃO: CUIABÁ (MT) E SÃO GONÇALO (RJ) EM DIÁLOGO. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, v. 1, n. 3, p. 534-550, 13 dez. 2016.