Revista Internacional de Educação de Jovens e Adultos
A Revista Internacional de Educação de Jovens e Adultos é um periódico semestral, temático, destina-se a divulgar a produção científica dos docentes, pesquisadores e estudantes das instituições envolvidas e das parcerias instituídas na área da EJA.

Pretende abranger as produções tanto nacionais, regionais como internacionais no campo da EJA, em nível de mestrado (acadêmico ou profissional), em nível de doutorado, pós-doutorado, como também o que é produzido na graduação e por professores da educação básica.
objetivos principais
  • Divulgar resultados de pesquisa científica no campo da EJA;
  • Mobilizar a circulação de estudos empreendidos sobre temáticas relacionadas com a EJA nas diversas instituições universitárias;
  • Criar um espaço de referência e de debate sobre temas discutidos correlacionados com a EJA;
  • Ampliar a produção de trabalhos científicos sobre temas pertinentes e atuais que estejam articulados com a educação e a EJA.

Notícias

RELAÇÕES RACIAIS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

2022-10-11

RELAÇÕES RACIAIS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA): POTENCIALIDADES, LIMITES E DESAFIOS DA IMPLEMENTAÇÃO DAS LEIS N°10.639/03 E N°11.645/08

Organizadores: Profª Drª Carla Liane N. dos Santos (UNEB)

 Profº Drº Adilson Meneses da Paz ( IFBA)

Prof° Dr° Luis Carlos Ferreira dos Santos ( UEFS)

Previsão de Publicação:

Julho de 2023

Ementa:

Este dossiê pretende reunir textos referentes à temática das Relações Étnico-Raciais na modalidade da Educação de Jovens e Adultos-EJA, buscando apresentar potencialidades, limites e desafios para a implementação das Leis N° 10.639/03 e N° 11.645/08 para esta modalidade no contexto brasileiro.  Muitas questões ainda surgem, passados dezenove anos da conquista da aprovação da Lei 10.639/03 e das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana, instituída a partir do Parecer do Conselho Nacional de Educação nº 03/2204, sob a coordenação da professora Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva e quatorze anos de sua alteração, a partir da Lei 11.645/08, que destaca a história e cultura dos povos originários nos currículos da Educação, apontando para a necessidade de ruptura epistêmica com a lógica hegemônica de uma educação monolítica, historicamente constituída a partir da base ocidental, eurocêntrica e universalizante, que subalternizou e silenciou “saberes” produzido por “outros” sujeitos, bem como “outras pedagogias” engendradas como marco de práticas da pedagogia da resistência. Pretende-se, portanto, a partir deste número, discutir os limites e eficácia de tais legislações impositivas na gestão e nas práticas pedagógicas produzidas no cotidiano escolar, destacando, por um lado, a persistência e impacto do racismo estrutural na educação e sua consequente invisibilização de elementos históricos e culturais dos povos negros e indígenas brasileiros e ,por outro lado, revelando o alcance de currículos transgressores e decoloniais na promoção de uma educação libertadora e para a valorização da interculturalidade na EJA.

Saiba mais sobre RELAÇÕES RACIAIS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

Edição Atual

v. 4 n. 08 (2021): Revista Internacional de Educação de Jovens e Adultos

Leitura, Literatura e Educação de Jovens e Adultos

Publicado: 2023-01-20

Edição completa

EDITORIAL

APRESENTAÇÃO

Dossiê 8 Leitura, Literatura e Educação de Jovens e Adultos

ESTUDOS

Ver Todas as Edições