MEMÓRIAS DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS (UFSCAR)

Maria Luiza Ferreira Duques, Cláudio Eduardo Félix dos Santos

Resumo


Este estudo objetiva analisar, mediante as memórias de educadores, as concepções formativas presentes no Programa de Alfabetização de Funcionários (PAF) da UFSCar. O estudo tem nos direcionado a uma aproximação com o método materialista histórico, cujas análises se estruturam por entrevistas e estudos de documentos. Os resultados, ainda preliminares, apontam que o PAF se gestou numa concepção pedagógica específica para a EJA, oportunizando uma construção científica em íntima relação com a prática. Os educadores sinalizam o impacto da dimensão política na educação, tendo o respeito aos saberes dos educandos como esteio para a ação pedagógica. As memórias oportunizaram o entendimento do alcance do PAF para a reconfiguração da EJA no Brasil.

Palavras-chave


Memórias; Educação de Jovens e Adultos; Universidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, José Rubens Mascarenhas de. A ditadura brasileira e aluta de classes no campo da memória. Lutas Sociais, São Paulo, vol.18 n.32, p.50-63, jan./jun., 2014.

ARROYO, Miguel. A EJA em tempo de exclusão. Revista Alfabetização e Cidadania – Rede de Apoio à Ação Educadora do Brasil, n. 11, abr. 2001.

ARROYO, Miguel. Educação de Jovens e Adultos - um campo de direitos e de responsabilidade pública in: SOARES, L. et ali (orgs.) Diálogos na educação de jovens e adultos. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

ARROYO, Miguel. Formar educadoras e educadores de jovens e adultos. In: Seminário Nacional Sobre Formação do Educador de Jovens e Adultos. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

BEISIEGEL, Celso Rui. A política de educação de jovens e adultos analfabetos no Brasil. In: OLIVEIRA, Dalila Andrade (Org.). Gestão Democrática da educação. Petrópolis, RJ: Vozes. 1997. p. 239-241.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, 20 dez. 1996.

FAVERO, Osmar; SIQUEIRA, Elisa Motta de Souza. Educação Popular e Educação de Jovens e Adultos. Memória e História. In: RIBEIRO, Ana de Almeida (org.). Estudos e práticas em EJA: ampliando olhares. Rio de Janeiro: Caetés, 2016.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da esperança: um reencontro com a Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da indignação. Editora Unesp, 2000.

GIOVANETTI, Maria Amélia. A formação de educadores de EJA. Diálogos na EJA. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

HADDAD, Sérgio. Promoção de programas de Alfabetização, Pós Alfabetização e Educação de Adultos com a Vinculação das Instituições de Ensino Superior no Brasil. São Paulo: Centro de Documentação e Informação (CEDI), 1989.

HADDAD, Sérgio.Por uma nova cultura de Educação de Jovens e Adultos, um balanço de experiências de poder local. Novos caminhos em Educação de Jovens e Adultos – EJA. São Paulo: Global, 2007.

HALBWACHS, Maurice. Los Marcos Sociales de La Memoria. Barcelona: Anthropos, 2004.

IRELAND, T. D. Educação de Jovens e Adultos e Extensão Universitária: Primos Pobres? 13º Congresso de Leitura do Brasil (COLE) - V Encontro de Jovens e Adultos Trabalhadores na Universidade Estadual de Campinas, julho 2001.

MARX, K. O capital. São Paulo, Abril Cultural, v.1, p. 81-257, 1980.

OLIVEIRA, Betty Antunes de. Implicações sociais inerentes ao uso dos procedimentos pedagógicos: um exemplo. Cadernos de Pesquisa. São Paulo, n.53, p.45-52, Maio, 1985.

RICOEUR, Paul. A Memória, a história, o esquecimento. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Maria Luiza Ferreira Duques, Cláudio Eduardo Félix dos Santos

CONTATO

 Programa de Pós-graduação em Ensino, Linguagem e Sociedade, Departamento de Ciências Humanas, Campus VI da Universidade do Estado da Bahia

Endereço: Avenida Contorno, S/N, Bairro São José, Caetité, Bahia, Brasil

CEP: 46.400-000

Telefones: (77) 3454-2021 ou (77) 9 9134-3435

e-mail: ceduuneb@gmail.com

ISSN: 2595-4881

REDES SOCIAIS:

INDEXAÇÕES INTERNACIONAIS:

             

           

INDEXAÇÕES NACIONAIS:

    

REVISTA INTEGRANTE:

    

LINKS DE INTERESSE:

                     

Licença:

 Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Free counters!