ALFABETIZAÇÃO ONLINE: UMA EXPERIÊNCIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM PAUTADA NO MÉTODO PAULO FREIRE

Palavras-chave: Paulo Freire, Modelagem de Sistema Educacionais, Tecnologias Educacionais

Resumo

Trata-se de uma pesquisa que teve como objetivo modelar um software capaz de colaborar com o processo de ensino-aprendizagem das séries iniciais da Educação de Jovens e Adultos (EJA). O sistema denominado Alfabetização Online, baseado no Método Paulo Freire foi implementado para ser utilizado como apoio ao desenvolvimento das fases que compõem o método, de modo a possibilitar aos educandos o contato com as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), de forma crítica e consciente. A pesquisa, de caráter praxiológico, foi desenvolvida em dois momentos: o primeiro pautado no diálogo com os autores e na construção da proposta metodológica e o segundo momento caracterizado pela experimentação da proposta metodológica, em campo, para verificar a sua eficácia junto ao processo de ensino-aprendizagem da EJA, contemplando, especialmente, os educandos em processo de alfabetização. Os resultados obtidos foram considerados satisfatórios para o objetivo geral, com indicação de melhorias para aplicabilidade do software.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pollyana Pereira Fernandes, Analista Universitária na Universidade do Estado da Bahia - Brasil

Mestre em Modelagem Computacional pelo SENAI CIMATEC. Integrante do Grupo de Pesquisa Ensino, Discurso e Sociedade

Alfredo Eurico Rodrigues Matta, Professor no Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidades da Universidade do Estado da Bahia e no Doutorado Interinstitucional Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento - Brasil

Doutor em Educação pela Universidade Federal da Bahia, com Pós-Doutorado em Educação a Distância e Comunidades de Aprendizagem Internacionais em Língua Portuguesa pela Universidade do Porto. Líder do Grupo de Pesquisa Enlace.

Referências

ALMEIDA, M. E. B. de. Educação, ambientes virtuais e interatividade. In: SILVA, Marco (Org.). Educação online. São Paulo: Edições Loyola, 2006.

CARVALHO, A. V. Ensino de História na perspectiva de Paulo Freire: desafios para uma práxis em Educação a Distância conscientizadora. 2008. 173 f. Dissertação (Mestrado em Educação e Contemporaneidade) – Universidade do Estado da Bahia, Salvador.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e terra, 1999.

FEITOSA, S. C. S. Método Paulo Freire: a reinvenção de um legado. 2.ed. Brasília: Liber Livro, 2011.

FERNANDES, P. P.; OLIVEIRA, K. S.; MATTA, A. E. R. A alfabetização na ótica de Paulo Freire. Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento, v.10, n.1, p.e10510111383, 2021. Recuperado de: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11383 Acesso em: 29 out. 2021.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

FREIRE, P. Educação como prática de liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2007.

GADOTTI, M. Convite à leitura de Paulo Freire. São Paulo: Scipione, 2007.

GASPARINI, I. et al. Colaboração e cooperação: pertinência, concorrência ou complementariedade. Revista Produção Online, v.7, n.3, 2007. Recuperado de: <http://www.producaoonline.org.br/index.php/rpo/article/view/68/68>. Acesso em: 19 out. 2011.

GRAMSCI, A. Introdução à filosofia da práxis. Lisboa: Antídoto, 1979.

GUIMARÃES, J. Democracia e marxismo: crítica à razão liberal. São Paulo: Xamã, 1999.

INSTITUTO PAULO FREIRE. Recuperado de: <http://www.paulofreire.org/>. Acesso em: 25 out. 2021.

KENSKI, V. M. Educação e tecnologias: o novo ritmo da educação. Campinas: Papirus, 2012.

LIMA JR., A. S. de; HETKOWSKI, T. M. (Orgs.). Educação e contemporaneidade: por uma abordagem histórico-antropológica da tecnologia e da práxis humana como fundamentos dos processos formativos e educacionais. Educação e contemporaneidade: desafios para a pesquisa e a pós-graduação. Rio de Janeiro: Quartet, 2006.

LUCENA, S.de. A internet como espaço de construção do conhecimento. In: ALVES, L.; NOVA, C. (Orgs). Educação e tecnologia: trilhando caminhos. Salvador: UNEB, 2003.

MATTA, A. E. R. Tecnologias de aprendizagem em redes e ensino de História: utilizando comunidades de aprendizagem e hipercomposição. Brasília: Líber Livro, 2006.

MATTA, A. E. R. Tecnologias para a colaboração. Revista da FAEEBA: educação e novas tecnologias, Salvador, Universidade do Estado da Bahia, Departamento de Educação I, v.13, n.22, p.431-439, 2004.

MATTA, A. E. R. Transurbanidades e ambientes colaborativos em redes de computadores. Revista da FAEEBA: educação e desenvolvimento sustentável, Salvador, Universidade do Estado da Bahia, Departamento de Educação I, v. 11, n. 18, p. 383-389, jul./dez.2002.

MCMILLAN, J. H.; SHUMACHER, S. Research in education, a conceptual Introduction. United States: Longman, 1997.

PROGRAMA CIDADANIA DIGITAL. Programa de inclusão sociodigital do Estado da Bahia. Recuperado de: <http://www.cidadaniadigital.ba.gov.br/pid.php?pgid=2>. Acesso em: 27/09/2011

RAMACCIOTTI, A. S. A prática de diálogo em Paulo Freire na educação on-line - uma pesquisa bibliográfica digital: aproximações. 2010. 108 f. Dissertação (Mestrado em Educação: Currículo) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo.

ROMÃO, E.; MATTOS, O. Autonomia e dialogia na educação a distância: aproximações críticas. Recuperado de: <http://www.educonufs.com.br/ivcoloquio/cdcoloquio/eixo_09/e9-35.pdf>. Acesso em: 17 out. 2011.

VIGOTSKI, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

Publicado
2022-02-28
Métricas
  • Visualizações do Artigo 103
  • ♪Áudio do resumo♪ downloads: 6
Como Citar
Fernandes, P. P., & Matta, A. E. R. (2022). ALFABETIZAÇÃO ONLINE: UMA EXPERIÊNCIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM PAUTADA NO MÉTODO PAULO FREIRE. Cenas Educacionais, 5, e13101. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/article/view/13101
Seção
Dossiê Temático - PRÁTICAS/REFLEXÕES PEDAGÓGICAS FREIREANAS