APONTAMENTOS PARA ORIENTAÇÃO DE MONOGRAFIA

Palavras-chave: Trabalho científico, Monografia, Pesquisa científica

Resumo

O objetivo deste artigo é trazer alguns apontamentos para a orientação de monografia. Além de conceitos, destacam-se especificidades da atividade de orientação e sugestões de elaboração e defesa do texto monográfico. O conteúdo do artigo foi elaborado a partir de revisão de literatura e de reflexões do autor sobre suas experiências com orientação, bancas examinadoras e coordenação de trabalho de conclusão de curso. Conclui-se que conhecimentos sobre metodologia do trabalho científico e escrita acadêmica não são suficientes para uma orientação eficiente – se não houver disponibilidade e perfil para orientar – buscando-se estratégias didáticas que respondam às necessidades de aprendizagem de cada orientando.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edvaldo Costa Rodrigues, Doutorando em Educação pela Universidade Federal do Ceará - Brasil

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Maranhão. Docente na Universidade Federal do Maranhão. Integrante do Grupo de pesquisa Práticas Educativas, Desenvolvimento Humano e Formação de Professores na Era Digital

Referências

ANDRADE, M. M. de. Introdução à metodologia do trabalho científico. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2005.

ARAÚJO, J.; PIMENTA, A. A.; COSTA, S. A proposta de um quadro norteador de pesquisa como exercício de construção do objeto de estudo. Interações, Campo Grande, v. 16, n. 1, p. 175-188, jan./jun. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/inter/v16n1/1518-7012-inter-16-01-0175.pdf. Acesso em: 22 març. 2021.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14724: informações e documentação: trabalhos acadêmicos. Rio de Janeiro, 2011. Disponível em: http://site.ufvjm.edu.br/revistamultidisciplinar/files/2011/09/NBR_14724_atualizada_abr_2011.pdf. Acesso em: 28 abr. 2021.

BARRASS, R. Os cientistas precisam escrever: guia de redação para cientistas, engenheiros e estudantes. 2. ed. Tradução de Leila Novaes e Leônidas Hegenberg. São Paulo: T. A. Queiroz, 1986.

DINIZ, D.; GUILHEM, D. (Orgs.). Ética na pesquisa: experiências de treinamento em países sul-americanos. Brasília: Letras Livres: Editora UNB, 2005.

DINIZ, D.; TERRA, A. Plágio: palavras escondidas. Brasília: Letras Livres: Editora UNB, 2014.

BECKER, H. S. Truques da escrita: para começar e terminar teses, livros e artigos. Rio de Janeiro: Zahar, 2015.

CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 2. ed. Tradução de Luciana de Oliveira da Rocha. Porto Alegre: Artmed, 2007.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

KIEFER, C. Para ser escritor. São Paulo: Leya, 2010.

LAVILLE, C.; DIONNE, J. A construção do saber: manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Tradução Heloisa Monteiro e Francisco Settineri. Porto Alegre: Artmed, Editora UFMG, 1999.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Metodologia do trabalho científico. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2001.

PERRENOUD, P. 10 Novas Competências para Ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2000.

PINKER, S. Guia de escrita: como conceber um texto com clareza, precisão e elegância. Tradução de Rodolfo Ilari. São Paulo: Contexto, 2016.

POPPER, K. A lógica da pesquisa científica. Tradução de Leonidas Hegenberg. São Paulo: Cultrix, 2013.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. D. Metodologia do trabalho científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2ª. ed. Novo Hamburgo: Universidade Freevale, 2013.

PROSE, F. Pare ler como escritor: um guia para quem gosta de livros e para quem quer escrevê-los. Tradução de Maria Luiza Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

SACRINE, M. Leitura e escrita de textos argumentativos. São Paulo: Editora USP, 2019.

SALOMON, D. V. Como fazer uma monografia. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

SCHOPENHAUER, A. A arte de escrever. Tradução de Pedro Sussekind. Porto Alegre: L&PM, 2018.

SAVIANI, D. A universidade é um lugar de todos e para todos? Cenas Educacionais, Caetité – Bahia, v. 3, n. e8365, p. 1-15, maio 2020. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/article/view/8365/6007. Acesso em: 29 maio 2020.

VOLPATO, G. Pérolas da redação científica. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010a.

VOLPATO, G. Dicas para redação científica. 3. ed. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010b.

VIEIRA, R. F. Dicionário de dúvidas e dificuldades na redação científica. Viçosa, MG: EPAMIG, 2011.

Publicado
2021-06-16
Métricas
  • Visualizações do Artigo 335
  • ♪Áudio♪ downloads: 7
Como Citar
Rodrigues, E. C. (2021). APONTAMENTOS PARA ORIENTAÇÃO DE MONOGRAFIA. Cenas Educacionais, 4, e11753. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/article/view/11753
Seção
Dossiê Temático