AS CONCEPÇÕES DE CORPO E GÊNERO PARA PROFESSORES(AS) DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO TRATO COM A EDUCAÇÃO INFANTIL

Palavras-chave: Educação Física, Educação Infantil, Gênero

Resumo

O presente estudo buscou entender qual a visão de corpo e gênero das professoras e dos professores de Educação Física no trato com a educação infantil, se estas/estes estão a reproduzir e legitimar estereótipos à medida que delimitam espaços privilegiados ou não dos corpos das crianças de 3 a 6 anos. Para tal foi feita uma pesquisa bibliográfica na base de dados da CAPES a fim de fomentar o debate já produzido e veiculado cientificamente. Logo após o levantamento na base de dados, 05 artigos científicos foram selecionados e analisados. Diante das obras estudadas, é sintomático que a relação do comportamento com base nos gêneros na educação infantil aparece diretamente ligada à forma como as/os professoras/es conduzem suas aulas. Ficou evidenciado também que o comportamento estereotipado é aprendido desde a infância, pois meninos e meninas são ensinados a se comportar como tais e, muitas vezes, viver dentro de limites que lhe são impostos por seu gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elson Silva Santos, Licenciado em Educação Física pela Universidade Estadual de Feira de Santana - Brasil

Membro do Núcleo Inter/Transdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão de Educação em Saúde

Ana Vitória Lima Ferreira, Universidade Estadual de Feira de Santana - Brasil

Graduada em Psicologia. Membra do Núcleo Inter/Transdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão de Educação em Saúde

Marroney de Santana Nery, Universidade Estadual de Feira de Santana - Brasil

Licenciado em Educação Física. Membro do Núcleo Inter/Transdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão de Educação em Saúde

Edson Leão dos Santos, Licenciando Educação Física pela Universidade Estadual de Feira de Santana - Brasil

Membro do Núcleo Inter/Transdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão de Educação em Saúde

Denize Pereira de Azevedo Freitas, Professora na Universidade Estadual de Feira de Santana - Brasil

Doutora em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina. Coordenadora do Núcleo Inter/Transdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão de Educação em Saúde

Referências

AUAD, Daniela; RAMOS, Maria Rita Neves. Gênero na educação infantil: (des)caminhos de uma política pública não consolidada. Rev. Ciências Humanas Frederico Westphalen, RS Vol. 19 n. 01 Jan./abr. 2018.
AYOUB, Eliana. Reflexões sobre a educação física na educação infantil. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, supl. 4, p. 53-60, 2001.
BASEI, Andréia Paula. A Educação Física na Educação Infantil: a importância do movimentar-se e suas contribuições no desenvolvimento da criança. Revista Iberoamericana de Educación. n.º 47/3 – 25 de octubre de 2008.
BRASIL, Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional. Lei nº 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996.
BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Educação física / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF, 1997.
GALLARDO, Jorge Sérgio Pérez; MORAES, Lícia Garagnani Galvão de, Educação Infantil e um pouco de história. In GALLARDO, Jorge Sérgio Pérez, Educação Física Escolar: do berçário ao ensino médio, Lucerna, 2003. Disponível em . Acesso em 18/03/19 às 16h00.
GIL, Antônio Carlos. COMO CLASSIFICAR AS PESQUISAS? Pesquisas descritivas. In: GIL, Antônio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo: Editora Atlas S.a., 2002. Cap. 4. p. 42-42.
GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5.ed. São Paulo: Atlas, 2010.
GOELLNER, Silvana V. A educação dos corpos, dos gêneros e das sexualidades e o reconhecimento da diversidade. Cadernos de Formação RBCE, v. 1, n. 2, p. 71-83, 2010.
JAEGER, Angelita Alice; JACQUES, Karine. Masculinidades e docência na educação infantil. Estudos Feministas, Florianópolis, 25(2): 562, maio-agosto/2017.
LIMA, Telma Cristiane Sasso de; MIOTO, Regina Célia Tamasco. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Rev. Katál, Florianópolis, v. 10, p.37-45, abr. 2007.
LOURO, Guacira. Gênero e magistério: identidade, história e representação. In: CATTANI, Denise et al. (Org.). Docência, memória e gênero. Estudos sobre formação. São Paulo: Escrituras, 1997.
MARIANO, Marina; ALTMANN, Helena. Educação Física na Educação Infantil: educando crianças ou meninos e meninas? cadernos pagu (46), janeiro-abril de 2016:411-438.
MEYER, Dagmar Estermann. “Gênero e Educação: teoria e política”. In: LOURO, Guacira Lopes; NECKEL, Jane Felipe; GOELLNER, Silvana Vilodre (Orgs.). Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo. 6.ed. Petrópolis: Vozes, 2010. p. 9-27.
SAYÃO, Deborah Thomé. A construção de identidades e papéis de gênero na infância: articulando temas para pensar o trabalho pedagógico da educação física na educação infantil. Pensar a Prática 5: 1-14, Jul./Jun. 2001-2002.
SAYÃO, Deborah Thomé. Corpo e movimento: notas para problematizar algumas questões relacionadas à educação infantil e à educação física. Rev. Bras. Cienc. Esporte, Campinas, v. 23, n. 2, p. 55-67, jan. 2002.
SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação e Realidade nº20, Porto Alegre, jul./dez., 1995, pp.71-99.
SILVA, Flávia Gonçalves da; DAVIS, Claudia. Conceitos de Vigotski no Brasil: produção divulgada nos cadernos de pesquisa. Cadernos de Pesquisa, v. 34, n. 123, p. 633-661, set./dez. 2004.
SILVEIRA, Denise Tolfo; CÓRDOVA, Fernanda Peixoto (Org.). Unidade 2 – A pesquisa científica: Pesquisa qualitativa. In: GERHARDT, Tatiana Engel et al (Org.). Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Ufrgs, 2009. Cap. 2. p. 31-32. (Série Educação a Distância).
STOLLER, Robert. Masculinidade e feminilidade (apresentações de gênero). Porto Alegre: Artmed, 1993.
VIANNA, Claudia; FINCO, Daniela. Meninas e meninos na Educação Infantil: uma questão de gênero e poder. cadernos pagu (33), julho-dezembro de 2009:265-283.
Publicado
2022-09-12
Métricas
  • Visualizações do Artigo 29
  • ♪Áudio do resumo♪ downloads: 6
Como Citar
Silva Santos, E., Lima Ferreira, A. V., de Santana Nery, M., Leão dos Santos, E., & Freitas, D. P. de A. (2022). AS CONCEPÇÕES DE CORPO E GÊNERO PARA PROFESSORES(AS) DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO TRATO COM A EDUCAÇÃO INFANTIL. Cenas Educacionais, 5, e11466. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/article/view/11466
Seção
Revisão de Literatura