EDUCAÇÃO SOBRE A DIVERSIDADE DE GÊNEROS PAUTADA EM DIRETRIZES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS E NO VIÉS DA TEORIA QUEER

Palavras-chave: Educação em Direitos Humanos, Diversidade de gêneros, Teoria Queer

Resumo

Este artigo visa mostrar um recorte dos resultados uma pesquisa de mestrado realizada em 2015 no CEFET-MG. Neste recorte, buscamos mostrar a forma como os professores de língua inglesa do Ensino Médio naturalizavam preconceitos contra a diversidade de gênero, ou seja, na manifestação que não reconhece as identidades como autênticas, ou entendida de forma negativa ao visualizarem imagens previamente selecionadas e divididas nas seguintes categorias: (1) imagens que exemplificam a família; (2) imagens que retratam a infância; (3) imagens que refletem relacionamentos; (4) imagens que refletem a expressão corporal; e (5) imagens que refletem assédio. Desse modo, por meio das implicações pedagógicas levantadas, pensamos em contribuir para a prática de professores de Língua Inglesa do Ensino Médio, focando em um trabalho pautado nas Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos, seguindo os pressupostos dos documentos norteadores para o ensino de línguas e em insumos da Teoria Queer, para assim combater preconceitos e visões segmentadas em relação à diversidade de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ludmila Ameno Ribeiro, Doutoranda em Estudos de Linguagens pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - Brasil

Mestra em Estudos de Linguagens. Integrante do Grupo de Pesquisa: Experiências de ensino e aprendizagem de línguas em interface direta com as tecnologias digitais.

Referências

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Base Nacional Curricular Comum. Brasília: MEC/SEB/CNE, 2019. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/> Acesso em: 28 de março de 2020.

BRASIL. Orientações Curriculares para o Ensino Médio – Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Brasília: MEC/SEB, 2008. v. 1., p. 87-124.

BRASIL, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Parâmetros Curriculares Nacionais. PCN +. Brasília, 2012. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/linguagens02.pdf>. Acesso em: Abril de 2015.

BRASIL. Constituição Federal de 1988. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/ConstituicaoCompilado.htm>. Acesso em: 15 abr. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos (EDH). Resolução CNE/CP nº 1/2012. Diário Oficial da União, 31 de3 maio de2012 - Seção 1 - p. 48. Brasília: MEC, 2012a.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho de Educação Básica. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Resolução CNE/CEB nº2/2012. Brasília: MEC, 2012b.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. Diretrizes CurricularesNacionais Gerais para a Educação Básica. Brasília: MEC/SEB/DICEI,2013. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=293&Itemid=358>. Acesso em maio de 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Programa Ética e cidadania: construindo valores na escola e na sociedade: relações étnicos-raciais e de gênero/ organização FAFE- Fundação de Apoio à Faculdade de Educação (USP), equipe de elaboração: Ulisses F. Araújo [et al.]- Brasília: 2007. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/conaes-comissao-nacional-de-avaliacao-da-educacao-superior/195-secretarias-112877938/seb-educacao-basica-2007048997/13607-programa-etica-e-cidadania> Acesso em: março de 2020.

BUTLER, J. Gender trouble: feminism and the subversion of identity. New York: Routledge, 1990.

BUTLER, J. Problemas de gênero. Feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

CROOKES, G. V. Critical ELT in action: foundations, promises, praxis. New York: Routledge, 2013.

DIAS, M. B. Conversando sobre homoafetividade. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2004.

GORISCH, P. O reconhecimento dos Direitos Humanos LGBT. De Stonewall à ONU. Curitiba: Appris, 2014

FABRÍCIO, B. F; MOITA LOPES, L. P. A dinâmica dos (re) posicionamentos de sexualidades em práticas de letramento escolar. In: BASTOS, L. C.; MOITA LOPES, L. P. Para além da identidade: fluxos, movimentos e trânsitos. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

LOURO, G. L. Gênero, sexualidade e educação. Petrópolis: Vozes, 2012.

LOURO, G. L. Um corpo estranho-ensaios sobre sexualidade e Teoria Queer. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013.

MISKOLCI, R. Marcas da diferença no ensino escolar. São Carlos: Edufscar, 2010.

MISKOLCI, R. Teoria queer: um aprendizado pelas diferenças. Belo Horizonte: Autêntica Editora UFOP, 2013.

MOITA LOPES, L. P. Gênero, sexualidade e raça em contextos de letramentos escolares. In: L. P. MOITA LOPES (Org.). Linguística Aplicada na modernidade recente: Festschrift para Antonieta Celani. 1. ed. São Paulo: Parábola, 2013, p. 227-248.

RIBEIRO, L. A. A influência dos estereótipos que refletem identidades de gênero e orientação sexual nos trabalhos de desenvolvimento de letramento crítico em Língua Inglesa na escola regular. Dissertação (Mestrado em Estudos de Linguagens). Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais – CEFET-MG, 2015. 117 p. Disponível em: http://www.files.scire.net.br/atrio/cefetmgposling_upl//THESIS/107/versao_final_diss ertacao_ludmila_05out2015_1_20160316163131396.pdf. Acesso em: maio de 2010.

SALIH, S. Judith Butler e a Teoria Queer. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013.

TORRES, M. A. Possibilidades de uma compreensão intercultural dos direitos LGBT na educação. In: SOUZA, J. V. (Org.). Formação de professores (as) e condição docente. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2014.

Publicado
2022-01-01
Métricas
  • Visualizações do Artigo 174
  • ♪Áudio do resumo♪ downloads: 3
Como Citar
Ameno Ribeiro, L. (2022). EDUCAÇÃO SOBRE A DIVERSIDADE DE GÊNEROS PAUTADA EM DIRETRIZES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS E NO VIÉS DA TEORIA QUEER. Cenas Educacionais, 5, e11668. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/article/view/11668
Seção
Dossiê Temático - ENSINO/EDUCAÇÃO E/PARA DIREITOS HUMANOS