ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ENTRE MUROS E GRADES: NARRATIVAS (AUTO)BIOGRÁFICAS E REFLEXÕES COMPARTILHADAS

Palavras-chave: Educação Física, Didática, Socioeducação

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar as narrativas (auto)biográficas de uma professora e dois professores de Educação Física e suas respectivas experiências com o ensino da Educação Física e na Gestão no contexto situado da socioeducação, especificamente na medida socioeducativa de internação em três Instituições responsáveis pela execução da medida socioeducativa de internação em diferentes Estados. As narrativas (auto)biográficas enquanto método permitiu que cada docente narrasse livremente a sua trajetória a fim de identificar as dinâmicas da ação docente nesse espaço peculiar de educação formal, respeitando as especificidades de cada região. Como resultados foi possível identificar que não há uma didática específica para este contexto, ou seja, não há que se pensar num currículo diferenciado, mas sim, em formação inicial e continuada que contemplem as legislações específicas, bem como, estudos de caso e a criação de fóruns que discutam efetivamente o que é educação em direitos humanos em busca da justiça social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karine de Almeida Müller, Professora nas redes municipais de Alvorada e de Gravataí

Mestra em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Pesquisadora no Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Justiça Social. 

Ueliton Peres de Oliveira, Doutorando em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de Mato Grosso

Mestre em Educação Física pela Universidade Federal de Mato Grosso. Pesquisador no Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Justiça Social. Membro da Comissão para Qualificação Profissional da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso.

Willian Lazaretti da Conceição, Pós-doutorando pela Universidade Nova de Lisboa

Doutor em Ciências da Educação pela Universidade Nova de Lisboa. Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Justiça Social. Professor na Universidade Federal do Pará.

Referências

ANDRADE, M. P. Educação física na fundação estadual do bem-estar do menor – FEBEM/SP: uma análise da proposta de 1992 a 1994 segundo o os discursos dos professores. 1997. 128f. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1997.

BISINOTO, C. et al. Socioeducação: origem, significado e implicações para o atendimento socioeducativo. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 20, n. 4, p.575-585, out./dez. 2015.

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente (1990). Brasília: Câmara dos Deputados, Coordenação de Publicações, 1990.

BRASIL. Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo – SINASE/ Secretaria Especial de Direitos Humanos. Brasília: CONANDA, 2006.

CONCEIÇÃO, W. L. da. Escola e privação de liberdade: um diálogo em construção. Revista Brasileira Adolescência e Conflitualidade, v. 02, n.9, 2013, p.72 – 88.

CONCEIÇÃO, W. L. da. Histórias de vidas que se unem: a professora, o professor e os [elos com os] jovens infratores. 136f. Tese (Doutorado em Educação). Campinas - SP: Universidade Estadual de Campinas, 2017a.

CONCEIÇÃO, W. L. da. Physical education between walls and bars: teaching adolescents in conflict of the law in São Paulo / Brazil. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 22, n. 3, p. 757-773, 23 dez. 2020a.

CONCEIÇÃO, W. L. da. A ação pedagógica com jovens infratores: uma narrativa (auto)biográfica de um professor-pesquisador de educação física. Revista de Educação Física, Saúde e Esporte REFISE, v. 3, p. 99-115, 2020b.

CONCEIÇÃO, W. L. da; ARAUJO, A. C. ; Tornar-se professor(a) de educação física: elementos que transcendem a provisão institucional de saberes. Revista de Educação Física, Saúde e Esporte (Refise), v. 3, p. 57-68, 2020.

CONCEIÇÃO, W. L. Planejar a educação física entre grades e muros: uma experiência dialógica com jovens em conflitos com a lei. In: VENÂNCIO, Luciana et al. Educação física no ensino fundamental II: saberes e experiências educativas de professores(as)-pesquisadores(as). Curitiba: CRV, 2017b, p. 207-218.

COSTA, A. P. M. Os Adolescentes e seus Direitos Fundamentais: da invisibilidade à indiferença. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2011.

FREIRE, P. Educação e Mudança. 21. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

FREIRE, P. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 2015.

GADOTTI. M. Boniteza de um sonho: ensinar e aprender com sentido. Novo Hamburgo, RS: Feevale, 2003.

GOFFMAN, E. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. Rio de Janeiro: LTC, 2012.

GOFFMAN, E. Manicômios, prisões e conventos. São Paulo: Perspectiva, 1987.

JIMENEZ, L.; FRASSETO, F. A. Face da morte: a lei em conflito com o adolescente. Psicologia e Sociedade, v. 27, n. 2, p. 404-414, 2015.

JOSSO, M. C. Histórias de vida e formação: suas funcionalidades em pesquisa, formação e práticas sociais. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, v. 5, n. 13, p. 40-54, 28 jun. 2020.

MEIHY, J. C. S. B. Definindo história oral e memória. Cadernos (Universidade de São Paulo, Centro de Estudos Rurais e Urbanos), v. 5, 1994.

MEIHY, J. C. S. B; HOLANDA, F. História oral: como fazer, como pensar. 2ª. ed. São Paulo: Contexto, 2013.

MÜLLER, K. DE A. “O meu pouco é muito aqui”: a educação física escolar na socioeducação. 159f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento Humano). Porto Alegre RS. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2019.

NASCIMENTO, D.; ABREU, E. L. O que pode o ensino da educação física escolar em um centro socioeducativo de atendimento ao adolescente em conflito com a lei? Interfaces da Educação, v.11, n.31, p. 21-42, 2020.

OLIVEIRA, G. F. de. Educar numa perspectiva complexa e transdisciplinar: reflexões para uma docência sensível. Cenas Educacionais, v. 1, n. 2, p. 132-145, 2018.

OLIVEIRA, U. P. de. Medida socioeducativa de internação e suas interfaces com o esporte e lazer. 148f. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Cuiabá-MT, Universidade Federal do Mato Grosso, 2020.

OLIVEIRA, U. P. de; CONCEIÇÃO, W. L.; OLIVERA, R. A. C.; GRUNNENVALDT, J. T.; REVERDITO, R. S. O Esporte e o Lazer em Contextos de Medidas Socioeducativas no Brasil: Panorama e Análise da Produção Científica. LICERE - Revista do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Estudos do Lazer, [S. l.], v. 23, n. 4, p. 249–277, 2020a.

OLIVEIRA, U. P. de; CONCEIÇÃO, W. L.; OLIVERA, R. A. C.; GRUNNENVALDT, J. T.; REVERDITO, R. S. Adolescentes e conduta infracional: espaços, equipamentos e conteúdos de esporte e lazer. Movimento (ESEFID/UFRGS), Porto Alegre, v. 26, p. e26079, dez. 2020b.

OLIVEIRA, U. P. de; CONCEIÇÃO, W. L.; OLIVERA, R. A. C.; GRUNNENVALDT, J. T.; REVERDITO, R. S. Esporte e lazer no plano individual de atendimento de adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de internação. Movimento (ESEFID/UFRGS), Porto Alegre, p. e26054, jul. 2020c.

PASSEGGI, M. da C.; SOUZA, E. C. de; VICENTINI, P. P. Entre a vida e a formação: pesquisa (auto)biográfica, docência e profissionalização. Educ. rev., Belo Horizonte, v. 27, n. 1, p. 369-386, Apr. 2011.

REIS, L. A. dos; MOREIRA, W. W. Rev. Corpo privado da liberdade e o esporte: perspectivas educacionais. Diálogo Educacional, v. 20, n. 67, p. 2027-2052, out./dez. 2020.

RICŒUR, P. Historia y narratividad. Barcelona: Paidós, 1999.

SENNETT, R. Respeito: a formação do caráter em um mundo desigual. Rio de Janeiro: Record, 2004.

SILVA, R. F. da; COSCIONI, V.; ROSA, E. M.; KOLLER, S. H. O convívio de adolescentes em medida socioeducativa com os agentes socioeducativos. Revista da SPAGESP, v. 21(1), 77-91, 2020.

SOUZA, C. M.; ONOFRE, E. M. C. Desafios de uma professora de educação física na medida socioeducativa de internação. Reflexão e Ação, v. 27, n. 2, p. 166-181, mai./ago. 2019.

VICTORINO, E. M.; AZEVEDO, M. T. O. Corpos encarcerados: socioeducação numa experiência com a dança em Cuiabá. Urdimento, v.3, n.39, p.1-16, nov./dez. 2020.

ZEICHNER, K. M. Para além da divisão entre professor-pesquisador e pesquisador acadêmico. In: GERALDI, C. M.; FIORENTINI, D.; PEREIRA, E. M. (orgs.) Cartografia do trabalho docente: professor(a)-pesquisador(a). Campinas, Mercado de Letras? ABL, 1998. p. 207-236.

Publicado
2021-02-13
Métricas
  • Visualizações do Artigo 170
  • ♪Áudio♪ downloads: 0
Como Citar
Müller, K. de A., Oliveira, U. P. de, & Conceição, W. L. da. (2021). ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ENTRE MUROS E GRADES: NARRATIVAS (AUTO)BIOGRÁFICAS E REFLEXÕES COMPARTILHADAS. Cenas Educacionais, 4, e10773. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/article/view/10773
Seção
Dossiê Temático - DIDÁTICA EM QUESTÃO