A TECNOLOGIA, A SOCIEDADE E A EDUCAÇÃO NO BRASIL: ALGUMAS REFLEXÕES CONTEMPORÂNEAS

Palavras-chave: Evolução, Sociedade, Tecnologia, Educação

Resumo

A presente pesquisa busca uma relação dialógica a partir da análise histórica da evolução tecnológica, das questões educacionais e do funcionamento da própria sociedade. No século XX, o mundo viveu a chamada terceira Revolução Industrial, acelerando comunicações, contatos e marcada pelos avanços técnico-científicos. A tecnologia, como meio de o ser humano melhorar a sua vida, ganha cada vez mais presença nos diversos ambientes sociais – e a educação tem muito destaque neste sentido. Compreender mais sobre essa realidade está no escopo desse artigo. Os caminhos metodológicos usados são o da revisão da literatura sobre as temáticas e a análise crítica das variáveis inerentes à discussão. Apresentam-se, como conclusões, o crescimento das tecnologias na mediação social, o aperfeiçoamento da educação a distância e o ensino híbrido se ampliando no contexto nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodolfo Silva Marques, Professor na Universidade da Amazônia

Doutor em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professor na Faculdade de Estudos Avançados do Pará. Integrante do Grupo de Pesquisa em Propaganda e Publicidade.

Luiz Cezar Silva dos Santos, Professor no Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia da Universidade Federal do Pará

Doutor em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, com Pós-Doutorado em Comunicação e Consumo pela Universidade de São Paulo. Coordenador do Grupo de Pesquisa em Propaganda e Publicidade.

Referências

ARENDT, H. A crise na cultura: sua importância social e política. In ARENDT, Hannah. Entre o passado e o futuro. Tradução Mauro W. Barbosa. São Paulo: Perspectiva, 2005, p. 248-281.
BUCKINGHAM, D. Beyond technology: rethinking learning in the age of digital culture. Em J. Pettersen (Org.), Youth Media Democracy: Perceptions of New Literacies (pp. 43-57), 2009. Dublin: Centre for Social & Educational Research.
BUCKINGHAM, D. Cultura digital, educação midiática e o lugar da escolarização. Educação e Realidade, 37-58, 2010. Disponível em www.seer.ufrgs.br/index.php/educacaoerealidade/article/view/13077/10270. Acesso: 22 jan. 2021.
CALVINO, I. Coleção de Areia. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.
CASTELLS, M. Sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.
COSTA, A. M. da. 1890-1914: no tempo das certezas. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.
DZIEKANIAK. G. e ROVER, A. Sociedade do conhecimento: Características demandas e requisitos. DataGramaZero. Revista de Ciência da Informação, vol.12, nº 5, Out 2011.
GABRIEL, M. Marketing na era digital. São Paulo: Novatec, 2010.
GHEMAWAT, P. Mundo 3.0: como alcançar a prosperidade global. Porto Alegre: Bookman, 2012.
HARARI, Y. N. 21 lições para o século XXI. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.
INNES, B; WILSON, C. Learning Machines. NY Times, 2010. Disponível em https://archive.nytimes.com/query.nytimes.com/gst/fullpage-9403E2DE153BF93AA2575AC0A9669D8B63.html. Acesso em: 20.jan.2021.
KENSKI, V. M. Aprendizagem mediada pela tecnologia. Revista Diálogo Educacional, 4(10), 47-56, 2003.
LALUEZA, J.; CRESPO, I.; CAMPS, S. As tecnologias da informação e da comunicação e os processos de desenvolvimento e socialização. Em C. Coll, & C. Monereo (Orgs.). Psicologia da Educação Virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e da comunicação (N. Freitas, Trad., pp. 47-65). Porto Alegre: Artmed, 2010.
LÉVY, P. As tecnologias da inteligência. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.
LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.
LÉVY, P. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. 3.ed. São Paulo: Loyola, 2000.
McLUHAN, M. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 2007 (primeira publicação em 1969).
PEIXOTO, J. A inovação pedagógica como meta dos dispositivos de formação a distância. EccoS – Revista Científica, São Paulo, v. 10, n. 1, p. 39-54, jan./jun. 2008.
SANTAELLA. L. A crítica das mídias na entrada do século XXI. In: Prado, J. L. R. (Org). Críticas das práticas midiáticas. São Paulo: Hacher, 2002.
SILVA, M.; PESCE, L.; ZUIN, A. Educação on-line: cenário, formação e questões didático-metodológicas. Rio de Janeiro: Wak, 2010.
TORI, R. Educação sem distância: as tecnologias interativas na redução de distâncias em ensino e aprendizagem. São Paulo: Senac, 2010.
Publicado
2021-03-26
Métricas
  • Visualizações do Artigo 49
  • ♪Áudio♪ downloads: 3
Como Citar
Marques, R. S., & Santos, L. C. S. dos. (2021). A TECNOLOGIA, A SOCIEDADE E A EDUCAÇÃO NO BRASIL: ALGUMAS REFLEXÕES CONTEMPORÂNEAS. Cenas Educacionais, 4, e10745. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/article/view/10745
Seção
Dossiê Temático - TECNOLOGIAS NO CONTEXTO EDUCATIVO