O Trabalho Docente no Contexto das Escolas Cidadãs da Paraíba

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2023.v32.n70.p109-128

Palavras-chave:

Programa de Educação Integral da Paraíba. Trabalho Docente. Política Educacional. Ensino Médio.

Resumo

O artigo contribui com a compreensão do trabalho docente no contexto da atual política educacional para o Ensino Médio em tempo integral. O objetivo é expor a política educacional adotada no estado da Paraíba e refletir sobre seu processo de implantação, o modelo pedagógico e administrativo das escolas e as políticas de privatização em seu contexto. A metodologia baseou-se na análise de dados empíricos, coletados por meio de pesquisa de tipo survey e realização de grupos focais com professores que trabalham em escolas de Ensino Médio em tempo integral. Os dados foram analisados a partir das categorias: carga de trabalho, avaliação docente, relação com a gestão escolar, autonomia docente e remuneração e carreira. A discussão teórica destacou o processo de reestruturação da profissão docente, ensejado por novos modos de regulação, que com a Nova Gestão Pública e determinados instrumentos da ação pública difundiram-se em âmbito internacional, configurando uma agenda global para a educação. Os resultados apontam que o Programa de Educação Integral para o Ensino Médio converge com a agenda em âmbito internacional para educação, marcado por mecanismos de privatização da educação, com políticas de responsabilização e premiação, estando a profissionalidade docente impactada pela sobrecarga de trabalho, ampliação e cobranças de materiais pedagógicos e administrativos, instabilidade na escola, relativa perda de autonomia e insatisfação com a remuneração e o plano de carreira.

Palavras-chave: programa de educação integral; trabalho docente; política educacional; ensino médio

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ADRIÃO, T. A privatização da Educação Básica: considerações sobre a incidência de corporações na gestão da educação pública. In: ARAÚJO, L.; PINTO, J. M. (org.) Público x Privado em tempos de Golpe. São Paulo: Fundação Lauro Campos, 2017. P. 16-37.

APPLE, M. W. Trabalho docente e textos: economia política das relações de classe e de gênero em educação. Tradução: Thomaz Tadeu da Silva, Tina Amado e vera Maria Moreira. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

ARAÚJO, A. C. C. de; LIMA, F. B. T de; JUNIOR, L. S. A gestão da rede estadual de ensino da Paraíba por organizações sociais: tensões e desafios. Roteiro, Joaçaba, v. 45, p. 1-26, jan./dez. 2020. Disponível em: https://tinyurl.com/5n7m7nc7. Acesso em: 22 jul. 2021.

BARROSO, J. O Estado, a educação e a regulação das políticas públicas. Educ. Soc., Campinas, v. 26, n. 92, p. 725-751, especial – Out. 2005. Disponível em: https://tinyurl.com/mwcv84a8. Acesso em: 16 mai. 2022.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmera de Educação Básica. Resolução nº 2/2012, de 30 de janeiro de 2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília: Conselho Nacional de Educação, 2012. Disponível em: https://tinyurl.com/6dvpk55r.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmera de Educação Básica. Parecer nº 5/2011, de 4 de maio de 2011. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília: Conselho Nacional de Educação, 2011. Disponível em: https://tinyurl.com/2p858xcm.

BRASIL. Lei n. 11.738, de 16 de julho de 2008. Regulamenta a alínea “e” do inciso III do caput do art. 60 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, para instituir o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica. Brasília, 2008.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Plano Nacional de Educação PNE 2014-2024: Linha de Base. – Brasília, DF : Inep, 2015

CABRAL NETO, A.; SILVA, J. G. da. A construção histórica do paradigma da qualidade total no campo empresarial e a sua transplantação para o campo educacional. Contexto e Educação – Editora UNIJUÍ, ano 16, n. 62, p. 7-30, abr./jun. 2001. Disponível em: https://tinyurl.com/43cnkr53. Acesso em: 17 mai. 2022.

CARVALHO, L. E. P.; RODRIGUES, R. B. F. Gerencialismo privado na educação pública: o Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE) na Paraíba. Anais: 14. Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia: políticas, linguagens e trajetórias. De 29 de junho a 4 de julho. Unicamp, São Paulo, 2019. P. 4261-4274. Disponível em: https://ocs.ige.unicamp.br/ojs/anais14enpeg/article/view/3237/3102. Acesso em: 11 dez. 2021.

COSTA, A. C. G. da. Por uma pedagogia da presença. Brasília: Ministério da Ação Social – Governo do Brasil, 1991.

DALE, R. Globalização e educação: Demonstrando a existência de uma “Cultura Educacional Mundial Comum” ou localizando uma “Agenda Globalmente Estruturada para a Educação”? Educação & Sociedade, Campinas, vol. 25, n. 87, p. 423-460, maio/ago. 2004. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/bJbBCJS5DvngSvwz9hngDXK/?format=pdf. Acesso em: 28 nov. 2022.

DELORS, J. Educação: um tesouro a descobrir. 7º ed. São Paulo: Cortez, Brasília, DF: MEC/UNESCO, 2002.

TENTI-FANFANI, E. Consideracionessociologicas sobre profesionalización docente. Educação & Sociedade, Campinas, vol. 28, n. 99, p. 335-353, maio/ago. 2007. Disponível em: https://tinyurl.com/uzyktm68. Acesso em: 07 jun. 2021

FERREIRA, E. B.; TARTAGLIA, L. M.; BASTOS, R. F. Políticas inovadoras para o ensino médio no Brasil: um estudo de caso do ProEMI. Rev. bras. Estud. pedagog., Brasília, v. 102, n. 262, p. 742-763, set./dez. 2021. Disponível em: http://rbep.inep.gov.br/ojs3/index.php/rbep/article/view/4274. Acesso em: 16 jan. 2022.

GOMES, E. S.; SILVA, R. A. da.Marcelino Champagnat: duzentos anos de novidade sobre a educação das crianças e dos jovens. Revista Logos e Existência, v. 5, n. 2, p. 137-146, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/le/article/view/32445. Acesso em: 16mai. 2022.

HYPOLITO, A. M. Trabalho docente na educação básica no Brasil: as condições de trabalho. In: OLIVEIRA, D. A.; VIEIRA, L. F. (org.) Trabalho na educação básica: a condição docente em sete estados brasileiros. Belo Horizonte, MG: Fino Traço, 2012. P. 211-230

ICE - Instituto de Corresponsabilidade pela Educação. Modelo Pedagógico. Metodologias de Êxito da Parte Diversificada do Currículo. Componentes Curriculares Ensino Médio. 1º edição. Recife – PE, 2015a.

ICE – Instituto de Corresponsabilidade pela Educação. Modelo pedagógico. Princípios educativos. Recife. 2015b.

ICE - Instituto de Corresponsabilidade pela Educação. Tecnologia de Gestão Educacional. Princípios e Conceitos. Planejamento e Operacionalização. 1º edição. Recife – PE, 2015c.

ISLEB, V. Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI): adesão inicial e monitoramento dos dados do fluxo escolar. Anais: X ANPED SUL, Florianópolis, outubro de 2014. Disponível em: http://xanpedsul.faed.udesc.br/arq_pdf/1381-0.pdf. Acesso em: 09 fev. 2022.

MARTINS, E. M.; KRAWCZYK, N. R.. Estratégias e incidência empresarial na atual política educacional brasileira: O caso do movimento ‘Todos Pela Educação’. Revista Portuguesa de Educação, ano 31, n. 1, p. 4-20, 2018. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/rpe/article/view/12674. Acesso em: 17 mai. 2022.

OLIVEIRA, D. A. Política Educacional e a Reestruturação do Trabalho Docente: Reflexões sobre o contexto Latino-Americano. Revista Educação & Sociedade, Campinas, vol. 28, n. 99, p. 355-375, maio/ago. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/es/v28n99/a04v2899.pdf. Acesso em: 11 set. 2019.

OLIVEIRA, D. A. Trabalho docente. In: OLIVEIRA, D.A.; DUARTE, A.M.C.; VIEIRA, L.M.F. DICIONÁRIO: trabalho, profissão e condição docente. Belo Horizonte: UFMG/Faculdade de Educação, 2010. CDROM.

OLIVEIRA, D. A. A reestruturação da profissão docente no contexto da nova gestão pública na América Latina. Rev. FAEEBA – Ed. e Contemp., Salvador, v. 27, n. 53, p. 43-59, set./dez. 2018. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/view/5660. Acesso em: 10 jan. 2020.

OLIVEIRA, D. A. Políticas conservadoras no contexto escolar e autonomia docente. Práxis Educativa, [S. l.], v. 15, p. 1–18, 2020. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/15335. Acesso em: 13 out. 2022.

OLIVEIRA, D. A.; VIEIRA, L. F. Condições de trabalho docente: uma análise a partir de dados de sete estados brasileiros. In: OLIVEIRA, D. A.; VIEIRA, L. F. (org.) Trabalho na educação básica: a condição docente em sete estados brasileiros. Belo Horizonte, MG: Fino Traço, 2012. P. 153-190

OLIVEIRA, D.A., CARVALHO, L.M., LEVASSEUR, MIN, L., NORMAND, R. Políticas educacionais e a reestruturação da profissão do educador: perspectivas globais e comparativas. Petrópolis: Vozes, 2019

PARAÍBA. LEI Nº 11.100, de 06 de abril de 2018. DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DA PARAÍBA, João Pessoa, PB, 12 de abril de 2018, nº 16.596. Disponível em: https://auniao.pb.gov.br/doe. Acesso em: 10 de abril de 2019.

PARAÍBA. LEI Nº 11.314, de 11 de abril de 2019. DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DA PARAÍBA, João Pessoa, PB, 12 de abril de 2019, nº 16.848. Disponível em: https://auniao.pb.gov.br/doe. Acesso em: 10 de janeiro de 2020.

PARAÍBA. LEI Nº º 10.488, de 23 de junho de 2015. Plano Estadual de Educação da Paraíba (2015-2025). Disponível em: https://tinyurl.com/8dcdd2s4. Acesso em: 18 jan. 2019.

PARAÍBA. Decreto Nº 36.408 De 30 de Novembro de 2015. Cria a Escola Cidadã Integral, institui o Regime de Dedicação Docente Integral – RDDI e dá outras providências. João Pessoa - Terça-feira, 01 de Dezembro de 2015. Disponível em: http://static.paraiba.pb.gov.br/2015/12/Diario-Oficial- 01-12-2015.pdf. Acesso em: 18 jan. 2019.

PARAÍBA. DECRETO Nº 36.409 DE 30 DE NOVEMBRO DE 2015. Cria a Escola Cidadã Integral Técnica, institui o Regime de Dedicação Docente Integral – RDDI e dá outras providências. João Pessoa - Terça-feira, 01 de Dezembro de 2015. Disponível em: http://static.paraiba.pb.gov.br/2015/12/Diario-Oficial-01-12-2015.pdf. Acesso em: 18 jan. 2019.

SACRISTÁN, J. G. Consciência e ação sobre a prática como libertação profissional dos professores. In: NÓVOA, A (Org.). Profissão professor. Tradução: Irene Lima Mendes, Regina Correia, Luísa Santos Gil. Porto – Portugal: Porto Editora, 1999. P. 63-92.

SILVA, A. F. et al. A política educacional para a Educação Básica no estado da Paraíba (2011-2018). In: OLIVEIRA, D. A.; DUARTE, A. M. C.; RODRIGUES, C. M. L. (org.) A política educacional em contexto de desigualdade: uma análise das redes públicas de ensino da região nordeste. Campinas, SP: Mercado de letras, 2019. p. 255-300.

SPRING, J. Como as corporações globais querem usar as escolas para moldar o homem para o mercado. Campinas, SP: Vide Editorial, 2018.

TARDIF, M; LESSARD, C. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. Tradução: João Batista Kreuch. 9 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

Arquivos adicionais

Publicado

2023-04-13

Como Citar

SILVA, H. R. da .; OLIVEIRA, D. A. O Trabalho Docente no Contexto das Escolas Cidadãs da Paraíba. Revista da FAEEBA - Educação e Contemporaneidade, [S. l.], v. 32, n. 70, p. 109–128, 2023. DOI: 10.21879/faeeba2358-0194.2023.v32.n70.p109-128. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/view/15768. Acesso em: 20 abr. 2024.