A FUNDAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO RIO GRANDE DO NORTE: ENTRE HISTÓRIAS E MEMÓRIAS

Palavras-chave: História da Educação. Memória. Criação. Universidade. UFRN.

Resumo

A presente investigação tem como finalidade trazer reflexões sobre a criação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a partir da análise de aspectos históricos, políticos e sociais dos processos e sujeitos que contribuíram tanto para sua criação quanto para sua consolidação. A pesquisa é documental e bibliográfica e fazemos uso dos entendimentos de documento-monumento e memória para Le Goff e lugares de memória para Pierre Nora. Analisamos a UFRN em seus processos de criação em 1958, até sua federalização em 1960. O estudo acerca das memórias da criação da UFRN apresenta diferentes significados no campo histórico-educacional, permitindo-a auferir um espaço importante no cenário histórico e político do Rio Grande do Norte

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Tereza dos Santos Araújo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Graduanda em pedagogia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). F
Maria Inês Sucupira Stamatto, Universidade Federal do Rio Grande do Norte / Université du Québec à Montréal
Professora no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Doutora em História (Sorbonne). Pós-doutora em Educação pela Université de Québéc à Montreal. É vice-líder do Grupo de Pesquisa História da Educação, Literatura e Gênero/diretório do CNPq.
Olívia Morais de Medeiros Neta, Universidade Federal do Rio Grande do Norte / Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professora no Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande no Norte (UFRN). 

Referências

ARAÚJO, Iaperi S. Januário Cicco, um homem além do seu tempo. Natal: Fundação José Augusto, 1985.

CASCUDO, Luís da Câmara. Ora! A Universidade... In: _______. O Livro das Velhas Figuras (vol. IX). Natal: Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte; UFRN/ Editora Universitária, 2005. p.94-96

LE GOFF, Jacques. História e Memória. 4 ed. Campinas: Unicamp, 1996.

LIMA, Diógenes da C. O magnífico: uma biografia de Onofre Lopes. Natal:Infinita Imagem, 2009

MAMEDE, Zila. Luís da Câmara Cascudo: 50 anos de vida intelectual, 1918-1968. Natal: Fundação José Augusto, 1970. 3v.

MARIZ, Dinarte de Medeiros. A Universidade que eu criei. Caicó,1979.

NEWTON JÚNIOR, Carlos (Org.). Portal da Memória: Universidade Federal do Rio Grande do Norte - 50 anos (1958 – 2008). 2 ed. Brasília: Senado Federal, 2008.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto História, n.10, p.7-28, 1993.

POLLAK, Michael. Memória e identidade social. Estudos Históricos, v.5, n.10, p.200-215, 1992.

RICARDO JUNIOR, Sérgio. UFRN comemora 60 anos de atuação como agente transformador do Rio Grande do Norte. 2017. Disponível em: <https://ufrn.br/imprensa/materias-especiais/12750/ufrn-comemora-60-anos-de-atuacao-como-agente-transformador-do-rio-grande-do-norte>. Acesso em: 15 maio 2019.

SOUZA, Itamar de. UNIVERSIDADE: PARA QUÊ? PARA QUEM? Natal: Clima, 1984.

TORRES, Vilma Farias. O PROGRAMA MEMÓRIA VIVA E A MEMÓRIA SOCIAL DA UFRN. Dissertação (Mestrado), Curso de Estudos das Mídias, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2014.

Publicado
2020-03-13
Métricas
  • Visualizações do Artigo 137
  • PDF downloads: 113
Como Citar
Araújo, A. T. dos S., Stamatto, M. I. S., & Medeiros Neta, O. M. de. (2020). A FUNDAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO RIO GRANDE DO NORTE: ENTRE HISTÓRIAS E MEMÓRIAS. Cenas Educacionais, 2(Espec), 18-38. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/article/view/7364