Curiosidade e Investigação

Desenvolvimento do Letramento Estatístico na Educação Infantil

Palavras-chave: Letramento estatístico. Ciclo Investigativo. Educação Infantil.

Resumo

A Educação Infantil no Brasil constitui primeira etapa da Educação Básica. Discussões a respeito de propostas pedagógicas para ensino de crianças de zero a cinco anos, foram intensificadas com a publicação das Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil em 2009. Atualmente, a Base Nacional Comum Curricular orienta a organização do currículo mediante Campos de Experiências contemplando uma diversidade de conhecimentos, entre eles os de matemática e estatística. O objetivo deste artigo é analisar a vivência do planejamento de uma professora da Educação Infantil com crianças de 5 anos sobre o trabalho com estatística com base no letramento estatístico. O trabalho é um recorte de uma pesquisa de mestrado, na qual realizou-se estudos em grupo conduzidos em contexto colaborativo e que envolveu reflexões e elaboração de planejamento de aulas na perspectiva do letramento estatístico, a partir de etapas do ciclo investigativo. O planejamento da docente expressou a possibilidade de vivência de uma investigação cuja problematização partiu da curiosidade das crianças. A sua prática colocou em evidência mediações coletivas das etapas do ciclo investigativo desde a escolha do tema, elaboração do instrumento para a entrevista, realização da coleta dos dados, organização e representação dos dados em gráfico pictórico, assim como discussão sobre os aspectos conclusivos da pesquisa. Destaca-se a importância das reflexões e análises que a professora participou durante os estudos em grupo, sobre o letramento estatístico. Consideramos que a valorização de aspectos do universo infantil estimulou a investigação realizada pelas crianças e contribuiu para que elas participassem da atividade como protagonistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Luíza de Lira, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Estudante de doutorado do Programa de Pós-graduação em Educação Matemática e Tecnológica da Universidade Federal de Pernambuco (EDUMATEC/UFPE). Mestre em Educação Matemática e Tecnológica

Liliane Maria Teixeira Lima de Carvalho, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Professora do Departamento de Políticas e Gestão da Educação e da Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica da Universidade Federal de Pernambuco (EDUMATEC/UFPE). Doutora em Educação.

Referências

ALSINA, Ángel. Contextos y propuestas para la enseñanza de la estadística y la probabilidad en Educación Infantil: un itinerario didáctico. Épsilon - Revista de Educación Matemática, vol. 34, nº 95, 25-48, 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Resolução nº 5, de 17 de dezembro de 2009. Brasília, DF: CEB/CNE/MEC, 2009.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Curricular Comum. Brasília, DF: ME, 2017.

CAZORLA, Irene; MAGINA, Sandra; GITIRANA, Verônica; GUIMARÃES, Gilda. Estatística para os anos iniciais do ensino fundamental. Sociedade Brasileira de Educação Matemática, Biblioteca do Educador-Coleção SBEM, 9. 2017.

CONTI, Keli Cristina; CARVALHO, Dione Lucchesi de; CARVALHO, Carolina Fernandes de. Desenvolvimento profissional de professores potencializado pelo contexto colaborativo para ensinar e aprender estatística. Revista Eletrônica de Educação, v.10, n.2, p.155-171, 2016.

ENGEL, Joachim. Statistical literacy and society. En J. M. Contreras, GEA, María Magdalena. López-Martín y E. Molina-Portillo (Eds.), Actas del Tercer Congreso Internacional Virtual de Educación Estadística, 2019. https://digibug.ugr.es/handle/10481/55027

GAL, Iddo. Adults statistical literacy: meanings, components, responsibilities. International Statistical Review, The Hague, v. 70, n. 1, p. 1-25, abr, 2002.

GUIMARÃES, Gilda Lisboa; GITIRANA, Verônica; MARQUES, Mabel; CAVALCANTI, Milka. A Educação estatística na educação infantil e anos iniciais. ZETETIKÉ, v. 17, n. 32, p. 11-28, jul/dez, 2009.

GUIMARÃES, Gilda; GITIRANA, Verônica. Estatística no Ensino Fundamental: a pesquisa como eixo estruturador. Processos de ensino e aprendizagem em Educação Matemática. UFPE, 2013, p. 93-132.

LIRA, Flávia Luíza de. Letramento estatístico na Educação Infantil: analisando possibilidades pedagógicas para o trabalho docente. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática e Tecnológica) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2020.

LIRA, Flávia Luíza de.; CARVALHO, Liliane Maria Teixeira Lima de.; CARVALHO, Carolina Fernandes; MONTEIRO, Carlos Eduardo Ferreira. Letramento Estatístico na Educação Infantil: formação continuada e vivências. Jornal Internacional de Estudos em Educação Matemática – JIEEM, 2020.

LIRA, Flávia Luíza de. CARVALHO, Liliane Maria Teixeira Lima de. Letramento estatístico e ciclo investigativo na formação continuada de professores da Educação Infantil. In: MONTEIRO, Carlos Eduardo Ferreira.; CARVALHO, Liliane Maria Teixeira Lima de. Temas emergentes em Letramento Estatístico. Recife: Editora Universitária UFPE, 2021. p. 291-315.

LIRA, Flávia Luíza de. CARVALHO, Liliane Maria Teixeira Lima de. Curiosidade e Investigação: Desenvolvimento do Letramento Estatístico na Educação Infantil. In Anais do 11ª Conferência Internacional de Ensino de Estatística – 11ª ICOTS. Anais... Rosário, Argentina, 2022, no prelo.

LOPES, Celi Espasandin. A Educação Estocástica na Infância. Revista Eletrônica de Educação, v.6, n. 1, pp. 160-174, mai. 2012.

MONTEIRO, C. E.; CARVALHO, L. M. T. L. Educação estatística na perspectiva da alfabetização estatística: reflexões a partir de estudos com professores. The Mathematics Enthusiast, v.18, n.3, p.612 - 640, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.54870/1551-3440.1538. Acesso em: 28 nov.2022.

ORTIZ, Claudia Vasquez; DIAZ-LEVICOY, Danilo; CORONATA, Cláudia; ALSINA, Angel. Alfabetización estadística y probabilística: primeros pasos para su desarrollo desde la Educación Infantil. cadernoscenpec | São Paulo | v.8 | n.1 p.154-179 | jan./jul. 2018.

SANTANA, Eurivalda; CAZORLA, Irene. O Ciclo Investigativo no ensino de conceitos estatísticos. Revemop, Ouro Preto, Brasil, v. 2, e202018, p. 1-22, 2020.

SOUZA, Antônio Carlos de.; LOPES, Celi Espasandin. Os processos de formação de um educador matemático da infância. In. Carvalho, M.; Bairral, M. A. (orgs.). Matemática e Educação Infantil: investigações e possibilidades de práticas pedagógicas. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

WATSON, Jane; CALLINGHAM, Rosemary. Statistical Literacy: a complex hierarchical construct. Statistical Education Reasearch Journal, v. 2, n. 2, p. 3-46, 2003. Disponível em https://www.stat.auckland.ac.nz/~iase/serj/SERJ2(2)_Watson_Callingham.pdf

WILD, Christopher; PFANNKUCH, Maxine. Statistical thinking in empirical enquiry. International Statical Review., 67(3), 223-265, 1999.

Publicado
2022-11-28
Métricas
  • Visualizações do Artigo 72
  • PDF (PORTUGUÊS) downloads: 33
Como Citar
Lira, F. L. de, & Carvalho, L. M. T. L. de. (2022). Curiosidade e Investigação : Desenvolvimento do Letramento Estatístico na Educação Infantil. Revista Baiana De Educação Matemática, 3(01), e202210. https://doi.org/10.47207/rbem.v3i01.15671
Seção
Dossiê Temático - Educação Estatística brasileira na 11th ICOTS