Construção de Materiais Pedagógicos: contribuições no ensino de matemática para alunos surdos

Palavras-chave: Materiais Pedagógicos. Surdos. Libras.

Resumo

O presente texto objetiva apresentar os resultados do projeto de iniciação científica, vinculado à Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará – UNIFESSPA, intitulado “Construção de materiais pedagógicos no ensino de matemática para alunos surdos”. Tal projeto objetivou construir materiais pedagógicos que proporcionem uma aprendizagem mais adequada aos surdos no ensino de Matemática. Nossa abordagem é a qualitativa, pois a partir dos materiais construídos, pudemos verificar as aprendizagens dos alunos em relação à matemática. Constatamos que dentro das experiências vivenciadas, evidencia-se que a construção de materiais pedagógicos e a utilização do mesmo deve sempre partir da necessidade do aluno percebida pelo professor, sendo esse material o mediador por auxiliar a percepção visual do surdo, mas não como o único meio de aprendizagem.  

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Walber Christiano Lima da Costa, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará - Unifesspa

Professor Adjunto C 601 da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA). Doutor e Mestre em Educação em Ciências e Matemáticas pelo Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI) da Universidade Federal do Pará (UFPA) na Área de Concentração: Educação Matemática e Linha de Pesquisa: Etnomatemática, Linguagem, Cultura e Modelagem Matemática. Pesquisador nos seguintes grupos cadastrados no CNPq: Grupo de Estudos e Pesquisas em Surdez e Ensino de Matemática - GEPSEM - UNESPAR; Grupo de Estudos de Linguagem Matemática - (GELIM/UFPA); Grupo de Pesquisa em Educação de Surdos: Políticas de Inclusão, Educação Bilíngue, Práticas Pedagógicas, Contextos de Ensino e Formação de Professores (GPES/UNIFESSPA); Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática (GEPEM/UNIFESSPA). Especialista em: Língua Brasileira de Sinais - Libras, Metodologia do Ensino de Matemática, Educação Especial e Educação Inclusiva e em Técnicas de Tradução e Interpretação em Língua Brasileira de Sinais - Libras/Língua Portuguesa. Graduado em Licenciatura Plena em Pedagogia (UEPA). Graduado em Licenciatura em Matemática. Bacharel em Letras/Libras (UFSC).

Kelvia Nunes da Silva, UNIFESSPA

Discente do Curso de Pedagogia. Bolsista PIBEX (UNIFESSPA).

Referências

BORGES, Fábio Alexandre; NOGUEIRA, Clélia Maria Ignatius. Um panorama da inclusão de estudantes surdos nas aulas de matemática. In: NOGUEIRA, Clélia Maria Ignatius (Org.). Surdez, inclusão e matemática. 1. ed. Curitiba: CRV, p. 44-70, 2013.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro. 1988.

BRASIL. Decreto nº. 5626, de 22 de dezembro de 2005. Regulamenta a Lei 10.436, de 24 de abril de 2002 que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais – Libras, e o Art.18 da Lei nº 10.098 de 19 de dezembro de 2000. Brasília, 2005.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN). Lei Federal n.º 9.394, de 26/12/1996.

BRASIL. Lei n°. 13.146, de 06 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Brasília, 2015.

BRASIL. Lei nº 10.436 de 24 de abril de 2002. Dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais – Libras, e dá outras providências. Brasília, 2002.

CAMPELLO, Ana Regina e Souza. Pedagogia visual: sinal na educação dos surdos. In: QUADROS, R. M. de; PELIN, G. (orgs). Estudos Surdos II. Petrópolis: Arara Azul. p. 100-131, 2007.

CARVALHO, Carla Cristiana Coelho. Laboratório de recursos didáticos como intervenções para o ensino de matemática para alunos surdos. 2018, 73 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura Plena em Matemática). Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Santana do Araguaia – Pará, 2018.

COSTA, Walber Christiano Lima da. O ensino de matemática na educação inclusiva: uma análise da formação de professores. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura Plena em Pedagogia). Universidade do Estado do Pará. Belém – Pará, 2017.

COSTA, Walber Christiano Lima da; MENEZES, Gabrielle Janaina Barros de; CARVALHO, Carla Cristiana Coelho; LIMA, Valdineia Rodrigues. Recursos didáticos no ensino de matemática: uma proposta na educação de surdos. In: Revista GPES - Estudos Surdos. Marabá – PA, v. 1. n. 1 (2018) – ISSN 2595 – 9832.

DADA, Zanúbia. Matematica em Libras: Parte 4 quatro operações [PowerPoint slides]. Ilustração de Mauro Lúcio Gondin. Retrieved from https://pep.ifsp.edu.br/images/PDF/CSP/documentos-sociopedagogicos/Matemtica---Operaes.pdf. 2015.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 65º ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. 256p.

GESSER, Audrei. LIBRAS?: Que língua é essa? : crenças e preconceitos em torno da língua de sinais e da realidade surda. São Paulo. Parábola Editorial, 2009.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia cientifica. São Paulo: Atlas, 2011.

LORENZATO, Sérgio (Org.). O Laboratório de Ensino de Matemática na Formação de Professores. 3. ed. Campinas-SP: Autores Associados, 2010. (Coleção Formação de Professores).

MANTOAN, Maria Teresa Egler. Inclusão Escolar: o que é? por quê? como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Trabalho de campo: contexto de observação, interação e descoberta In. MINAYO, Maria Cecília de Souza; DESLANDES, Sueli Ferreira; GOMES, Romeu (Org). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 28ª. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

SKLIAR, Carlos. A localização política da educação bilíngue para surdos. Em C. Skliar (Org.), Atualidade da Educação Bilíngue para Surdos: Interfaces entre Pedagogia e Linguística (Vol.1, 4ª ed., pp. 7-14). Porto Alegre, RS: Mediação, 2013.

STROBEL, Karin. As imagens do outro sobre a cultura surda. Florianópolis: UFSC, 2008.
Publicado
2020-12-17
Métricas
  • Visualizações do Artigo 123
  • PDF (PORTUGUÊS) downloads: 57
Como Citar
Costa, W. C. L. da, & Silva, K. N. da. (2020). Construção de Materiais Pedagógicos: contribuições no ensino de matemática para alunos surdos. Revista Baiana De Educação Matemática, 1, e202017. https://doi.org/10.47207/rbem.v1i.10303