Dom José Maria Pires: um projeto eclesiástico, uma história de vida (1966-1985)

Palavras-chave: História de vida eclesiástica. Biografia. Memória. Escrita de si.

Resumo

Refletir sobre a história de vida de Dom José Maria Pires, tendo em vista contribuir com os estudos biográficos, é o objetivo desse artigo. Resultante das investigações e pesquisas realizadas no curso de Doutorado em Educação/PPGE/UFPB, que se encontra em andamento, problematizamos a trajetória episcopal de Dom José Maria Pires, Arcebispo da Paraíba, a partir de cartas pastorais, discursos e homilias por ele elaborados, entre outras fontes, como memórias individuais e/ou coletivas, estudos e escrituras sobre ele produzidos. Para realização desse trabalho, recorremos aos pressupostos epistemológicos da nova história cultural e da ciência hermenêutica como fundamentos teóricos que alicerçam as discussões sobre biografia, história e memória. O projeto episcopal realizado por Dom José Maria Pires, denominado Do Centro à Margem, repercutiu no cenário da época, de forma que suas ações pastorais revelam enfrentamentos e conflitos com as ações do governo ditatorial militar, como também, reflexões sobre os processos de escrita de si e as interseções desse processo enquanto elemento de escrita do(s) outro(s).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Elizete Guimarães Carvalho, Universidade Federal da Paraíba

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Professora Associada da Universidade Federal da Paraíba/UFPB. Departamento de Fundamentação da Educação, Centro de Educação. Credenciada aos Programas de Pós-Graduação em Educação/PPGE/UFPB e em Direitos Humanos/PPGDH/UFPB. Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas História da Educação Brasileira, GT – PB.

Maria das Graças da Cruz Barbosa, Universidade Federal da Paraíba

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Mestre em Educação, Mestre em Direitos Humanos e Especialista em Educação em Direitos Humanos, todos pela UFPB. Membro do Grupo de Estudos Memória, História e Educação - GEMHE. Professora da Secretaria de Educação do Município de Bayeux/PB.

 

Referências

ARQUIDIOCESE DA PARAÍBA. Discurso de Dom José Maria Pires ao tomar posse como Arcebispo da Paraíba. João Pessoa, 1966.
ARQUIDIOCESE DA PARAÍBA. Carta Pastoral Não vendo pão, vendo fermento. João Pessoa, 1968.
ARQUIDIOCESE DA PARAÍBA. Relatório da Ação Arquidiocesana de Pastoral. João Pessoa, 1969.
ALBERTI, Verena. Ouvir contar: textos em história oral. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2004.
BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.
BOSI, Ecléa. Memória e sociedade: lembranças de velhos. 3. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.
CAMÕES, Luís Vaz. Os Lusíadas. Belém, Universidade do Amazonas: NEAD. Disponível em: www.domíniopublico.gov.br. Acesso em: 12 out. 2020.
CARVALHO, Maria Elizete Guimarães; LIMA, Juliana Augusta Dionísio de. A trajetória biográfica do Professor Mário Moacyr Porto: contribuições para a história da educação paraibana. In: NUNES, Maria Lúcia da Silva et. al. Eu conto, você conta: leituras e pesquisas (auto) biográficas. Fortaleza: EdUECE, 2017, p. 257-273.
DOSSE, François. O desafio biográfico: escrever uma vida. Tradução Gilson César Cardoso de Souza. São Paulo: Edusp, 2009.
FERREIRA, Berta Weil; FERREIRA, Lenira Weil. Histórias de mulheres: o processo de identidade. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. (org.) A aventura (auto) biográfica: teoria e empiria. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004, p. 355-383.
HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. Tradução Beatriz Sidou. 2. ed. São Paulo: Centauro, 2006.
LARROSA, Jorge Bondía. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. In: LARROSA, Jorge Bondía. Tremores: escritos sobre experiência. Tradução Cristina Antunes e João Wanderley Geraldi. 1. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2019.
MARQUEZ, Gabriel García Márquez. Viver para contar. Rio de Janeiro: Record, 2003.
MIGNOT, Ana Chrystina Venancio; BASTOS, Maria Helena Camara. CUNHA, Maria Teresa Santos. Tecendo educação, história, escrita autobiográfica. In: MIGNOT, Ana Cristina Venancio; BASTOS, Maria Helena Câmara; CUNHA, Maria Teresa Santos. (orgs.) Refúgios do eu: educação, história e escrita autobiográfica. Florianópolis: Mulheres, 2000, p. 17-27.
MITIDIERO JÚNIOR, Marco Antônio. A ação territorial de uma Igreja Radical. Teologia da Libertação, luta pela terra e atuação da Comissão Pastoral da Terra no estado da Paraíba. Curitiba: CRV, 2010.
MOSQUERA, Juan José Mouriño; STOBÄUS, Claus Dieter. Narrativas de vida: fundamentos de uma dimensão metodológica. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. A aventura (auto)biográfica: teoria e empiria. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004, p. 75-91.
NEVES, Gildivan Francisco das. História e memória da “Luta do Povo de Alagamar”: experiências de vida e construção de práticas educativas em diálogo com a Educação Popular. 199 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2014.
NORA, Pierre. Entre memória e história – a problemática dos lugares. Tradução Yara Aun Khoury. Revista Projeto História, São Paulo PUC-SP, n. 10, p. 7-28, dez. 1993.
PEREIRA, Vanderlan Paulo de Oliveira. A educação popular na arquidiocese da Paraíba (1966-1985). 280 f. Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2017.
PIRES, Dom José Maria. Do Centro para a margem. João Pessoa: Acauã, 1978.
PIRES, Dom José Maria. Depoimento de Dom José Maria Pires em 15 de janeiro de 2011. In: PEREIRA, Vanderlan Paulo de Oliveira. A educação popular na arquidiocese da Paraíba (1966-1985). 280 f. Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2017.
POLLAK, Michael. Memória e Identidade Social. Tradução Monique Augras. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, n. 10, v. 5, p. 200-232, 1992.
RIBEIRO, Sampaio Geraldo Lopes. (org.). Dom José Maria Pires: uma voz fiel à mudança social. São Paulo: Paulus, 2005.
RIBEIRO, Sampaio Geraldo Lopes. (org.). Dom José Maria Pires: arcebispo emérito da Paraíba. João Pessoa: UFPB, 2013,
TIMM, Edgar Zanini. A vida como obra de arte: Pensando em histórias de vida. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. (Auto)biografia e formação humana. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010, p. 45-62.
Publicado
2021-12-24
Métricas
  • Visualizações do Artigo 60
  • pdf downloads: 63
Como Citar
CARVALHO, M. E. G.; BARBOSA, M. DAS G. DA C. B. Dom José Maria Pires: um projeto eclesiástico, uma história de vida (1966-1985). Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, v. 6, n. 19, p. 1035-1053, 24 dez. 2021.