CONVERSA, PARTILHA E FORMAÇÃO DOCENTE: O FÓRUM DE ALFABETIZAÇÃO, LEITURA E ESCRITA (FALE)

Autores

  • Tiago Ribeiro Instituto Nacional de Educação de Surdos
  • Carmen Sanches Sampaio Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2020.v29.n57.p203-218

Palavras-chave:

Formação docente, Conversação, Experiência, Singularidade

Resumo

O presente ensaio é desdobramento de uma pesquisa de doutorado defendida em 2019, cujo objetivo foi pensar acerca do processo de alfabetização de crianças a partir de narrativas de docentes alfabetizadores. As narrativas, fruto de encontros do Fórum de Alfabetização, Leitura e Escrita da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), bem como a própria proposta de fórum, dão a ver, além de questões ligadas à alfabetização, modos outros de pensar, praticar e viver o processo formativo. O texto centra-se nesta dimensão, convidando a pensar sobre uma formação que se dá na relação com o outro, através da partilha e do conversar como possibilidade transformativa. Defende o formativo como lugar de encontro, descoberta, estranhamento e transformação, dialogando com narrativas de algumas professoras alfabetizadoras participantes da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGAMBEN, G. A comunidade que vem. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

AGAMBEN, G. Nudez. Belo Horizonte: Autêntica, 2014.

ALVES, N. Decifrando o pergaminho: o cotidiano das escolas nas lógicas das redes cotidia-nas. In: OLIVEIRA, I. B.; ALVES, N. (org.). Pesquisa nos/dos/com os cotidianos das esco-las: sobre redes de saberes. 3. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2008. p. 15-38.

ANTELO, R. Apresentação. In: AGAMBEN, Giorgio. A comunidade que vem. Belo Hori-zonte: Autêntica, 2013. p. 3-4.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

BENJAMIN, W. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O que é filosofia? São Paulo: Editora 34, 2010.

DERRIDA, J. Uma certa possibilidade impossível de dizer o acontecimento. Revista Cerra-dos, v. 21, n. 33, p. 231-251, 2012.

DUSSEL, E. Filosofia de la liberación. México: FCE, 2011.

FALS BORDA, O. Pesquisa-ação, ciência e educação popular nos anos 90. In: STRECK, D. (org.). Fontes da pedagogia latino-americana: uma antologia. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p. 358-370.

FANON, F. Los condenados de la tierra. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2015.

FOUCAULT, M. Ditos e escritos III. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 48. Reimpressão. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

HOOKS, B. Ensinando a transgredir: a educação como prática da liberdade. São Paulo: Martins Fontes, 2013.

KOHAN, W. O. O mestre inventor: relatos de um viajante educador. Belo Horizonte: Au-têntica, 2013.

KRENAK, A. Ideias para adiar o fim do mundo. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

LARROSA, J. Esperando não se sabe o quê: sobre o ofício de professor. Belo Horizonte: Autêntica, 2018.

LARROSA, J. Tremores: escritos sobre experiência. Belo Horizonte: Autêntica, 2014.

MASSCHELEIN, J.; SIMONS, M. A pedagogia, a democracia, a escola. Belo Horizonte: Autêntica, 2014.

RANCIÉRE, J. O mestre ignorante: cinco lições sobre a emancipação intelectual. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

RIBEIRO, T. Por uma alfabetização sem cartilha: narrativas e experiências compartilhadas no fórum de alfabetização, leitura e escrita da UNIRIO. 2019. 195f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Rio de Janeiro, 2019.

RIBEIRO, T.; SOUZA, R.; GUEDES, A. O. Infância, alteridade e formação docente: encon-tro com as crianças como potência de transformação. Childhood & Philosophy, Rio de Janei-ro, v. 14, n. 30, p. 261-276, maio/ago. 2018.

RIBEIRO, T.; SOUZA, R.; SAMPAIO, C. S. (org.). Conversa como metodologia de pes-quisa: por que não? Rio de Janeiro: Ayvu, 2018.

SAMPAIO, C. S. Fórum estadual de alfabetização: discutindo, investigando e implemen-tando políticas e práticas de leitura e escrita. Projeto de Pesquisa. Rio de Janeiro: FAPERJ, 2007a.

SAMPAIO, C. S. Abertura. In: FÓRUM DE ALFABETIZAÇÃO, LEITURA E ESCRITA, 1., 2007, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: UNIRIO, 2007b.

SAMPAIO, C. S. Redes coletivas de (auto)formação docente: narrativas, experiências e a (re)construção de saberes e fazeres alfabetizadores. In: MORAES, D. Z; LUGLI, R. S. (org.). Docência, pesquisa e aprendizagem: (auto)biográficas como espaços de for-mação/investigação. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010. p. 129-145.

SAMPAIO, C. S.; ESTEBAN, M. T. Conversa com Carlos Skliar... provocações para pensar em uma educação outra. Revista Teias, v. 13, p. 269-283, 2012.

SAMPAIO, C. S.; RIBEIRO, T; MORAIS, J. Fá. S. Formação docente instituinte: o Fórum de Alfabetização, Leitura e Escrita. Revista Aleph, v. 11, n. 22, p. 114-127, 2014.

SAMPAIO, C. S.; VENÂNCIO, A. P.; RIBEIRO, T. Alfabetização sem cartilha (ou sobre autoria, escuta e atenção no aprender/ensinar a ler e a escrever. In: SAMPAIO, C. S.; LA-CERDA, M. P.; RIBEIRO, T. (org.). Alfabetizacão sem cartilha: gestos, experiências e nar-rativas. Rio de Janeiro: Ayvu, 2019. p. 63-97.

SANTOS, M. C. Alfabetização: diferentes lógicas no ensinar e no aprender. In: FÓRUM DE ALFABETIZAÇÃO, LEITURA E ESCRITA, 5., 2007, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: UNIRIO, 2007.

SKLIAR, C. A escuta das diferenças. Porto Alegre: Mediação, 2019.

SKLIAR, C. Pedagogías de las diferencias: notas, fragmentos, incertidumbres. 4. reimpres-são. Buenos Aires: Noveduc, 2017.

SPIVACK, G. C. Pode o subalterno falar? Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

SÜSSEKIND, M. L.; GARCIA, A. Universidade-escola: diálogo e formação de professores. Rio de Janeiro: FAPERJ, 2011.

VARGAS, E. Alfabetização, avaliação e heterogeneidade: diferentes modos de aprender (e ensinar). In: FÓRUM DE ALFABETIZAÇÃO, LEITURA E ESCRITA, 31., 2011, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: UNIRIO, 2011.

VENÂNCIO, A. P. Leitura e alfabetização: tudo a ver. In: FÓRUM DE ALFABETIZA-ÇÃO, LEITURA E ESCRITA, 1., 2007, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: UNIRIO, 2007.

VENÂNCIO, A. P. Alfabetização sem cartilha? Por onde começar? In: FÓRUM DE ALFA-BETIZAÇÃO, LEITURA E ESCRITA, 17., 2009, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: UNIRIO, 2009.

ZACCUR, E. Leitura e alfabetização: tudo a ver. In: FÓRUM DE ALFABETIZAÇÃO, LEITURA E ESCRITA, 1, 2007, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: UNIRIO, 2007.

Publicado

2020-04-03

Como Citar

RIBEIRO, T.; SAMPAIO, C. S. CONVERSA, PARTILHA E FORMAÇÃO DOCENTE: O FÓRUM DE ALFABETIZAÇÃO, LEITURA E ESCRITA (FALE). Revista da FAEEBA - Educação e Contemporaneidade, [S. l.], v. 29, n. 57, p. 203–218, 2020. DOI: 10.21879/faeeba2358-0194.2020.v29.n57.p203-218. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/view/8280. Acesso em: 13 abr. 2024.