A propaganda ameaça a democracia?

Um debate entre Edward Bernays e Ferdnand Lundberg, 1938.

Autores

  • Flávio Rocha de Deus Universidade do Estado da Bahia

Resumo

Relativamente pouco comentados no debate brasileiro da sociologia das massas em comparação a seus contemporâneos da Teoria Crítica de Frankfurt; Edward Bernays (1891-1995), considerado por muitos o patriarca dos estudos de propaganda e relações públicas, e o jornalista Fernand Lundberg (1902-1995), antigo docente de Filosofia Social da Universidade de Nova York e profundo pesquisador da história da riqueza estadunidense, em 1928 se reuniram em uma edição da extinta revista The Fórum para, cada um deles – claramente opositores – responderem a seguinte pergunta: Pode, de fato, a propaganda interferir na democracia? É possível que um ato persuasivo e massificado com a finalidade de influenciar pessoas consiga interferir nos resultados de um regime político pautado na “decisão” das massas?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávio Rocha de Deus, Universidade do Estado da Bahia

Graduando em Filosofia pela Universidade do Estado da Bahia. Professor da rede privada de ensino, Professor de Filosofia do Pré-Acadêmico Gradação da UFPE e Residente Pedagógico do Instituto Federal da Bahia.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

DEUS, F. R. de. A propaganda ameaça a democracia? Um debate entre Edward Bernays e Ferdnand Lundberg, 1938. Anãnsi: Revista de Filosofia, [S. l.], v. 1, n. 2, p. 233–242, 2020. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/anansi/article/view/10409. Acesso em: 14 jul. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)