A transformação do ethos no Oeste de Santa Catarina

Anderson Luiz Tedesco, Paulino Eidt

Resumo


Este artigo tem como objetivo compreender as transformações societárias decorrentesda sociedade de consumo e dos demais processos verticalizadores da globalização no espaço regional do Oeste de Santa Catarina. Trata-se de uma leitura a partir da constituição histórica do ethos dos povos pré-capitalistas da região e a sua lenta e gradual mudança, quando da ocupação do território, no início do século XX, pelos migrantes de descendência europeia. Desta forma, num primeiro momento expressa os fatores objetivos e subjetivos que constituíram o ethos dos povos pré-capitalistase, no final, descreve as transformações decorrentes da incorporação do espaço regional aos circuitos internacionais da economia por meio da institucionalização da propriedade privada, implantação de um modelo agroindustrial e do processo de homogeneização da cultura. Para alcançar os objetivos propostos, realizou-se um estudo bibliográfico, abordando aspectos filosóficos, históricos e sociológicos, no que tange a origem do conceito de ethos ocidental e a sua transformação no decorrer do tempo – estendendo-se até o século XX, embasando-se nessa busca reflexiva no pensamento dos filósofos Henrique C. de Lima Vaz, Michel Foucault, no historiador Werner Jaeger e no sociólogo Zygmunt Bauman, entre outros, a fim de compreender as consequências trazidas com as transformações do ethos no Oeste de Santa Catarina.

Texto completo:

PDF

Referências


AUGÉ, Marc. Não-lugares: introdução a uma antropologia da modernidade. Portugal: Bertrand, 1994.

BALANDIER, Georges. A desordem: elogio do movimento. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997.

BAUMANN, Zigmunt. O mal-estar da pós-modernidade. Tradução de Mauro de Gama e Cláudia Gama. Rio de

Janeiro: Zahar, 1998.

______. Comunidade: a busca por segurança no mundo atual. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

BOFF, Leonardo. Ethos mundial: um consenso mínimo entre os humanos. Brasília: Letravivav, 2000.

CANDIDO, Antonio. Parceiros do Rio Bonito. 10. ed. São Paulo: Editora 34, 2003.

CASSIRER, Ernst. Ensaios sobre o homem: introdução a uma filosofia da cultura. Tradução de Tomás Rosa Bueno.

São Paulo: Martins Fontes, 1994. (Coleção Tópicos).

FOUCAULT, Michel. A história da sexualidade. Rio de Janeiro: Graal, 1988.

______. A microfísica do poder. 10. Ed. Rio de Janeiro: Graal, 1992.

JARGER, Werner. Paidéia: a formação do homem grego. Tradução Artur M. Parreira. 5. ed. São Paulo: Martins

Fontes, 2010. (Clássicos WMF).

KUNG, Hans. Projeto para uma ética mundial. Tradução Maria Luisa Cabaças Meliço. 2. ed. Lisboa: Instituto Piaget, 1990.

LÉVY, Pirre. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. Tradução de Luiz Paulo Rouanet. São Paulo: Loyola, 1998.

MARTINS, José Souza. Expropriação e violência. São Paulo: Hucitec, 1996.

MORIN, Edgar. O método 5: a humanidade da humanidade, a identidade humana. Tradução de Juremir Machado da Silva. 2. ed. Porto Alegre: Sulina, 2003.

______. O método 5: a humanidade da humanidade. Tradução Jurema Machado da Silva. 4. ed. Porto Alegre: Sulina, 2007.

RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização. Rio de Janeiro: Record, 2001.

______. Economia espacial – críticas e alternativas. São Paulo: Edusp, 2003.

SEVERINO, Antônio Joaquim. A busca do sentindo da formação humana: tarefa da Filosofia da Educação. Revista

Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 32, n. 3, p. 619-634, set./dez. 2006.

THOMÉ, Nilson. A nacionalização no contestado, centro-oeste de Santa Catarina, na primeira metade do século

XX. Linhas, Florianópolis, v. 8, n. 1, p. 74-98, jan./jun. 2007.

VAZ, Henrique de Lima. Escritos de filosofia IV: introdução à ética filosófica I. 2. ed. São Paulo: Loyola, 2002.

______. Ética e cultura. 4. ed. São Paulo: Loyola, 2004.

WOLOSZYN, Noeli. Em busca da terra: colonização e exploração de madeiras no Oeste Catarinense. 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2013.v22.n39.p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2358-0194

 Classificação Qualis CAPES:

 Educação - A2

  Indexadores:

       

      

   

      

 

  Localização dos Acessos:


 

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0