RECONHECIMENTO E CERTIFICAÇÃO DE COMUNIDADES QUILOMBOLAS: POSSIBILIDADES E CONTRIBUIÇÕES DA ARQUEOLOGIA

  • Jaqueline Santana Nascimento
  • Louise Prado Alfonso

Resumo

Este trabalho discute possibilidades de atuação dos/as profissionais da arqueologia junto às comunidades quilombolas e a importância da certificação e reconhecimento delas junto à Fundação Cultural Palmares para a conquista de direitos e serviços essenciais. Para tanto, foram consideradas as ideias dos teóricos que versam sobre a temática, assim como outros autores pertencentes às demais teorias arqueológicas, tendo como exemplo a comunidade Santiago do Iguape, reconhecida desde o ano de 2006 e que, desde então, tem logrado diversas conquistas no campo das políticas públicas e, consequentemente, na qualidade de vida da população.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Métricas
  • Visualizações do Artigo 35
  • pdf downloads: 61