INFLUÊNCIAS ACERCA DA COVID-19 ENTRECORTADAS PELAS INTERFACES DA HIPERMODERNIDADE NA FACULDADE DE PEDAGOGIA DA UNIRV

Palavras-chave: Hipermodernidade, Educação superior, Prática pedagógica

Resumo

A educação não consiste em um advento fora da sociedade, pois está imbricada em todas as esferas das relações humanas. Nessa via, este artigo visa apresentar como ocorreu a adesão ao ensino não presencial na educação superior goiana frente ao distanciamento social e a reinvenção da prática pedagógica na sociedade hipermoderna, tomando como âncora de estudo a Faculdade de Pedagogia da UniRV. Para tanto, questiona-se: Como a hipermodernidade se materializa na educação na educação superior goiana? Quais são as influências acerca da Covid-19 entrecortadas pelas interfaces hipermodernas para a reinvenção da prática pedagógica frente ao distanciamento social de 2020?  Como reagiram os sujeitos da educação superior? No que tange à metodologia de pesquisa, busca-se, na relação com o objeto, descrever quais são esses processos e influências na instituição observada. Os procedimentos técnicos, deste estudo, são pautados em: documentos que regimentaram o distanciamento social em Goiás, além de leituras bibliográficas por meio das quais se alude ao conceito de sociedade hipermoderna e, por fim, ex-post-facto com vistas aclarar como a faculdade incorporou a aula não presencial em momento de crise sanitária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Reinaldo Araújo Quinteiro, Professor na Universidade de Rio Verde

Doutor em Ciências da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Professor na Rede Estadual de Educação do Estado de Goiás.

Rosimeire Soares da Silva, Professora na Faculdade Almeida Rodrigues

Mestra em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Professora na Rede Estadual de Educação do Estado de Goiás.

Referências

BRITO, Wallace da Costa. Os conceitos pós-modernidade e hipermodernidade em Gilles Lipovetsky. UFRRJ – Perspectivas em Psicologia: Volume 19, N. 2, pp. 155 – 182, Jul/Dez, 2015.

ERDMANN Alacoque Lorenzini. Não haverá aplausos para os docentes, WhatsApp: [Grupo do CEMMG]. 9 de maio de 2020. 18h22min. 1 mensagem de WhatsApp.

GIDDENS, Anthony. As Consequências da Modernidade. São Paulo: Unesp, 1991.

LIPOVETSKY, Gilles. A Era do Vazio: ensaios sobre o individualismo contemporâneo. Trad. Juremir Machado da Silva. Barueri – SP, Editora Manole, 2005.

LIPOVETSKY, Gilles. O império do efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas. São Paulo: Cia das Letras, 2009.

LIPOVETSKY, Gilles; CHARLES, Sébastien, Os Tempos Hipermodernos. Trad. Mário Vilela. São Paulo: Editora Barcarolla, 2004.

LIPOVETSKY, Gilles; SERROY, Jean. A Estetização do Mundo: viver na era do capitalismo artista. Trad. Eduardo Brandão. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 2009.

LYOTARD, Jean-François. O Pós-Moderno. Rio de Janeiro: José Olympio, 2002

SANTOS, Gilmar Fabiano da Silva; PAIXÃO Waldeia do S. Bastos Paixão. A PARALINGUAGEM NAS PLATAFORMAS DIGITAIS. In: o 9º Encontro Internacional de Formação de Professores /10 Fórum Permanente de Inovação Educacional / II Encontro Estadual de Sergipe da Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação (Anfope). Sergipe, v. 9, n. 1, 681 (1-12) maio/2016 Disponível em: < https://eventos.set.edu.br/index.php/enfope/article/view/1821/681> Acessado em 10 de maio de 2020.

PEREIRA, Sebastião Lázaro. Ameaçadas, faculdades privadas resistem à crise e encontram saída na tecnologia. Jornal Opção, Goiânia, domingo, 31 de maio de 2020. Disponível em Acessado em 01 de junho de 2020.

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE. Projeto Político Pedagógico do Curso de Pedagogia. Rio Verde: 2018.
Publicado
2020-12-30
Métricas
  • Visualizações do Artigo 162
  • PDF downloads: 211
Como Citar
QUINTEIRO, J. R. A.; SILVA, R. S. DA. INFLUÊNCIAS ACERCA DA COVID-19 ENTRECORTADAS PELAS INTERFACES DA HIPERMODERNIDADE NA FACULDADE DE PEDAGOGIA DA UNIRV. Diálogos e Perspectivas Interventivas, v. 1, p. e10486, 30 dez. 2020.
Seção
Dossiê Temático