TRIGONOMETRY IN RURAL SPACE: implications of contextualized mathematics education

Palavras-chave: Mathematics teaching. Initial formation. Contextualized education. Teaching in the country.

Resumo

This text aims to understand how the experiences with pedagogical workshops on taching mathematics in rural areas favored the teaching and learning of geometry by undergraduate in Pedagogy and by elementary school students. The text reflects the contexts of the countryside, showing how this can be enhanced as a locus for valuing actions in teaching that go beyond the school walls and expand by the contexts of life of their students. The methodology of this work comprises the realization of a pedagogical workshop with a course load of 12 hours, held at Sítio Mata da Lua by graduates of the Pedagogy Course in the Teaching of Mathematics discipline, given to students of the 9th grade of Elementary School II and the High school. The workshop was the research device used to enable reflections on the development of teaching practices that aim to theorize and value the students' context through a study on the concepts of trigonometry, plane geometry and surface measurements in situations and experiences in the fields. We take the reports of teachers and students who participated in this workshop as an element of analysis. It is concluded that the teaching of mathematics generates meanings for the student when the context in which he lives is taken into consideration for the construction of school knowledge. The countryside was understood as a locus of teaching in mathematics, enabling students to create connections between th knowledge of the countryside and the knowledge of trigonometry, in a construction of significant learning about mathematical knowledge.

Keywords: Mathematics teaching. Initial formation. Contextualized education. Teaching in the country.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício Oliveira da Silva, Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS)

Pós-doutorando e Doutor em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB (2017). Mestre em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (2003). Especialista em Gestão de Pessoas com ênfase em Competências no setor público pela Universidade Federal da Bahia - UFBA (2019). Especialista em Gestão Escolar pela Faculdade de Tecnologia e Ciências - FTC - (2009). Especialista em Linguística Aplicada ao Ensino de Língua Portuguesa pela Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS (1998). Possui graduação em Licenciatura em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS (1997). É Professor Adjunto da Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS, lotado no Departamento de Educação. Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE da UEFS. Professor pesquisador do Grupo de Pesquisa Docência, Narrativas e Diversidade na Educação Básica – DIVERSO. Coordenador e membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Pedagogia Universitária - NEPPU da Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS. É membro do GT 4 - Didática da Associação Nacional de Pesquisadores da Educação - ANPEd. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Superior (graduação e pós-graduação), atuando como professor e pesquisador nos seguintes temas: formação do educador, identidade docente, didática, leitura e produção textual, ensino de língua portuguesa, pesquisa em educação, pesquisa (auto)biográfica e docência universitária e na Educação Básica.

Charles Maycon de Almeida Mota, Universidade do Estado da Bahia (UNEB)

Possui graduação em Pedagogia pelo Instituto Superior de Ensino Capimgrossense (2009), e em Matemática pela Universidade do Estado da Bahia (2015), Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Extensão (2012), Mestre em Educação e Diversidade pela Universidade do Estado da Bahia (2016). É professor da Educação Básica e Psicopedagogo no Centro de Referência ao Apoio Pedagógico no município de Várzea do Poço - BA, pesquisador no DIVERSO - Grupo de Pesquisa Docência, Narrativas e Diversidade e no DIFEBA - Diversidade, Formação, Educação Básica e Discurso. Doutorando em Educação e Contemporaneidade no Programa de Pós-graduação em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Coordenação Pedagógica, atuando principalmente nos seguintes temas: identidade, diversidade, formação de professores e educação do campo.

Referências

ALVES, Nilda e GARCIA, Regina Leite (org.) et al. A Invenção da escola a cada dia. Rio de Janeiro, DP&A, 2000.

ALVES, Nilda. Tecer conhecimento em rede. In: ALVES, Nilda; GARCIA, Regina L. O Sentido da escola. Rio de Janeiro: DP&A, 2003, p. 91-100.

ALVES, Rafael Santana; CAVALCANTE, Kellison Lima. Educação contextualizada no ensino de matemática em uma escola no Semiárido de Juazeiro-BA. Revista Semiárido De Visu, v.5, n.1, p. 52-59, Juazeiro-Ba. 2017.

AUSUBEL, David P. A aprendizagem significativa: a teoria de David Ausubel. São Paulo: Moraes, 1982

BRASIL. Pró-letramento. Matemática. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/fasciculo_mat.pdf>. Acesso em: 11 de agos. 2014.

CERTEAU, M. de. A invenção do cotidiano: 1, Artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 1994.

GOMES, Antenor, R. e SILVA, Núbia. Imagem e conhecimento: Sentidos moventes, emergências e aprendizagem. Revista de Estudos Universitários, V.39 n.02. Brasil 2013. Disponível em: <http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php?journal=reu&page=issue&op=view&path%5B0%5D=150&path%5B1%5D=showToc>. Acesso em: 09 de jun. 2014.

HELLER, Agnes. Sociología de la vida cotidiana. Barcelona: Península, 1977.

MORETTO, Vasco Pedro. Prova: um momento privilegiado de estudo, não um acerto de contas. 5 ed. Rio de Janeiro: Dp & A, 2007.

RIOS, Jane Adriana Vasconcelos Pacheco. Ser ou não ser da roça, eis a questão! Identidades e discursos na escola. Salvador: EDUFBA, 2011.

TUFANO, W. Contextualização. ln: FAZENDA, I. C. Dicionário em Construção: Interdisciplinaridade. São Paulo: Cortez, 2001.

VÁRZEA DO POÇO (BA). Decreto-lei nº 09, de 19 de junho de 2015. Plano Municipal de Educação. Arquivo da SME/Várzea do Poço-Ba. 2015.

Publicado
2020-12-22
Métricas
  • Visualizações do Artigo 90
  • PDF (INGLÊS) downloads: 27
Como Citar
Silva, F. O. da, & Mota, C. M. de A. (2020). TRIGONOMETRY IN RURAL SPACE: implications of contextualized mathematics education. Revista Baiana De Educação Matemática, 1, e202022. https://doi.org/10.47207/rbem.v1i.10363