Designação e reescritura em textos de divulgação científica

Resumo

Este artigo objetiva analisar os processos de designação e reescritura no Texto de Divulgação Científica destinado ao público infantil a partir da Semântica da Enunciação, partindo da premissa de que o sentido dos enunciados está inserido no acontecimento da enunciação. Para isso, tomamos por base teórica Guimarães (2009, 2014, 2018), Machado (2019) e Silva (2019). Discutimos a proposta tomando como corpus Textos de Divulgação Científica retirados da versão online da revista Ciência Hoje das Crianças (CHC), nos quais analisamos os processos de designação e reescritura e o modo que atuam na construção dos sentidos dos enunciados. Diante disso, pudemos constatar que a designação e a reescritura estabelecem relações de sentido na construção dos textos permitindo aos interlocutores participarem do acontecimento enunciativo por meio da compreensão dos enunciados.

PALAVRAS-CHAVE: Semântica da Enunciação; Designação; Reescritura; Divulgação Científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Elizete Melo de Oliveira, UFMA

Mestranda em Letras/Linguística – Linha de pesquisa Texto e Discurso. Programa de Pós-Graduação
em Letras de Bacabal. Bolsista FAPEMA.

Leonildes Lima Colaço Teixeira de Arêa Leão Leão, UFMA

Especialista e Mestranda em Letras. Universidade Federal do Maranhão, Programa de Pós-graduação
em Letras, campus III, Bacabal / Professora do Instituto Federal de Educação – Campus São João dos
Patos.

Paulo da Silva Lima Lima, UFMA

Doutor em Letras (Estudos Linguísticos)
Universidade Presbiteriana Mackenzie- UMP. Professor efetivo da Universade Federal do Maranhão-UFMA.

Referências

ARTIGO. In: REVISTA Ciência Hoje das Crianças. Disponível em: www.chc.org.br. Acesso em 10 de setembro de 2020.
GUIMARÃES, E. Enumeração, funcionamento enunciativo e sentido. Cad.Est.Ling., Campinas, 51(1): 49-68, Jan./Jun. 2009. Disponível em> https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8637219. Acesso em 04 de setembro de 2020.
GUIMARÃES, Eduardo. Espaço de enunciação, Cena enunciativa, Designação. Fragmentum (UFSM) , v. 40, p. 49-76, 2014.
GUIMARÃES, E Semântica: enunciação e sentido. Campinas: Pontes Editores, 2018
MACHADO, Carolina de Paula. Contribuições da semântica da enunciação para a
análise de texto. Traços de Linguagem, Cáceres, v. 3, n. 2, p. 28-41, 2019. Disponível em > https://periodicos.unemat.br/index.php/tracos/article/view/4355. Acesso em 04 de setembro de 2020.

MICHAELIS, Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa. Disponível em https://michaelis.uol.com.br/moderno-portugues/busca/portuguesbrasileiro/m%C3%BAsico/. Acesso em 03 de setembro de 2020.
SILVA, Claudiene Diniz da. Glossário de Semântica da Enunciação. UFMG. Relatório de Estágio pós-doutoral, 2019. Disponível em: http://www.letras.ufmg.br/nucleos/enunciar/. Acesso em 07 de setembro de 2020.
Publicado
2021-12-17
Métricas
  • Visualizações do Artigo 66
  • PDF downloads: 43
Seção
ARTIGOS