Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço 1,5; usa uma fonte de 12 pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.
  • O autor se responsabiliza pelo conteúdo do texto, nos seus aspectos éticos, e pela sua revisão ortográfica e mecanográfica. Também deve estar ciente que os/as revisores/as, que achem adequado, podem apontar ajustes no parecer enviado.

Diretrizes para Autores

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO


A Revista TABULEIRO DE LETRAS, organizada e dirigida pelo Programa de Pós-Graduação em Estudo de Linguagens do Departamento de Ciências Humanas do Campus I – Salvador, da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, aceita para publicação em formato eletrônico artigos e resenhas, inéditos, escritos por pesquisadores de instituições nacionais e internacionais, em português, espanhol, inglês ou francês.

São aceitos textos de mestres, doutorandos, doutores ou pesquisadores com título de notório saber.  Mestrandos podem publicar artigos, desde que em coautoria com doutores. A exceção se aplica à seção de Resenhas, onde são aceitos textos de mestrandos como autores únicos.   

Serão aceitos também trabalhos de docentes do próprio Programa e da nossa Instituição contanto que, no conjunto, não excedam a 30% do total dos trabalhos publicados em cada número da Revista. 

Autores somente podem publicar um único texto a cada 2 anos ou passados 4 números após publicação na Revista.  


1. A Revista publicará

a)   artigos inéditos em português, francês, espanhol ou inglês, que versem sobre o estudo de linguagens;

b)   resenhas críticas de dissertações, teses e livros de importância para a área, que versem sobre o estudo de linguagens. Os textos alvos de análise nas resenhas devem ter sido publicados nos últimos 10 anos, no caso de edições  estrangeiras, e nos últimos 5 anos, no caso de edições brasileiras;

2. Os textos deverão ser enviados para a Revista, preferencialmente, através do sistema, no seguinte endereço: http://www.revistas.uneb.br/index.php/tabuleirodeletras/login . Ali, o autor deverá criar login e senha.  

No caso de encontrar dificuldades para submeter pelo sistema, o autor deve entrar em contato, através do seguinte e-mail: tabuleirodeletras@gmail.com;

3. Todos os tipos de textos seguem as mesmas configurações de tamanho da página, margens e fonte.

a. Folha A4, margens:

Superior:3 cm

Inferior: 3 cm

Esquerda: 3 cm

Direita: 3 cm

b. Fonte: Times New Roman, Arial ou outra.

c. Tamanho da fonte: 12

d. Espaço entre linhas: 1,5

e. Citações no corpo do trabalho segundo as Normas da ABNT (6023 e suas indicações).

f. Notas de rodapé: tamanho da fonte 10, espaçamento simples

4. Os artigos devem ter o mínimo de 25.000 e o máximo de 50.000 caracteres sem espaços e as resenhas o mínimo de 10.000 e o máximo de 15.000 caracteres sem espaços e apresentar a seguinte estrutura:

  1. Título e subtítulo: na primeira linha, centralizados, negrito, fonte Times New Roman, tamanho 12, somente primeira letra em maiúscula em ambos;
  2. Abaixo duas linhas do título e subtítulo, a sua versão em língua estrangeira;
  3. O(s) nome(s) da/o(s) autoras(es) deve(m) ser omitido(s) no texto submetido. Nome,  vínculação, formação, e-mail e ORCID devem ser preenchidos no formulário de metadados, no momento da submissão no sistema.
  4. Resumo: três linhas abaixo do título estrangeiro, escrito na mesma língua do texto. Colocar a palavra Resumo, seguida de dois pontos. Redigir o texto em parágrafo único, espaço simples, justificado, com até 200 palavras. Fonte: Times New Roman, Arial ou outra, tamanho 10.  
  5. Seguido duas linhas abaixo o mesmo Resumo escrito em uma das seguintes línguas (diferente da língua empregada no texto): português, inglês, francês ou espanhol. 

5. Palavras-chave:

a. Devem ser em número de 03 a 05, duas linhas abaixo do resumo, na mesma língua do texto. Colocar o termo "Palavras-chave", em caixa baixa, primeira letra em maiúscula. Fonte: Times New Roman, tamanho 10. Cada palavra-chave com primeira letra maiúscula e o restante em caixa baixa, separada das demais por ponto e vírgula;

b. Palavras-chave em língua estrangeira: em número de 03 a 05, duas linhas abaixo do resumo em língua estrangeira. Colocar o termo "Palavras-chave", na língua escolhida, em caixa baixa, primeira letra em maiúscula. Fonte: Times New Roman, tamanho 10. Cada palavra-chave com primeira letra maiúscula e o restante em caixa baixa, separada das demais por ponto e vírgula;

6. Uso de itálico, negrito, caixa-alta e sublinhado:

a. o itálico deve ser restrito a palavras estrangeiras e a títulos de obras;

b. o emprego de negrito deve ser utilizado no título do texto e em títulos das seções do artigo;

c. a caixa-alta deve ser utilizada apenas nas referências, no último sobrenome do autor;

d.o sublinhado deve ser evitado;

7. As referências bibliográficas citadas no texto deverão aparecer completas no final do artigo, sob o título Referências, em ordem alfabética de sobrenome do autor, atendendo-se aos padrões da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), cujos pontos básicos estão especificados a seguir:

a. As citações do livro deverão conter: autor(es), título em negrito; número da edição (a partir da 2ª); local de publicação; editora; data.

b. As citações de artigos de livro deverão conter: autor(es) do artigo; título do artigo; título do livro em negrito; organizador(es) da coletânea; número da edição (a partir da 2ª); local de publicação; e data.

c. As citações de artigos de revistas deverão conter: autor(es) do artigo; Título do Artigo; Título da revista em negrito; Local de publicação; nº do volume, nº do fascículo; nº de páginas iniciais e finais do artigo citado; local; mês e ano da publicação; periodicidade da revista.

d. Textos digitais devem ter: autor(es) do artigo; Título do Artigo; Disponível em: <http://www.xxxxx>. Acesso em: 10 out. 2008. Atenção: o link deve ser mantido, mesmo que a cor da fonte do texto seja modificada.  

EXEMPLOS DE REFERÊNCIAS

Livros e folhetos:
HARBONE, J.B. Introduction to ecological biochemistry. 3.ed.London: Academic Press, 1988. 382p.

Artigo de periódico:
ANTELO, Raul. A aporia da leitura. Revista Ipotesi, Juiz de Fora, v. 7, n.1, p. 31-45, jan./jun. 2003.

Capítulos de livros:
KUITERS, A.T.; VAN BECKHOVEN, K.; ERNST, W. H. O. Chemical influences of tree litters on herbaceous vegetation. In.: FANTA, A. (Ed.). Forest dynamics research in Western and Central Europe. Washington: Pudoc, 1986. p.140-170.

Monografias, dissertações e teses:
DIAS, R. M. Baleias no Sul da Bahia. 1998. 128f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Instituto de Biologia, Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 1998.

GOLDMAN, T. R. Aspectos da antropologia cultural entre os Bororos. 1999. 120f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 1999.

BRITO, E. O produto de chapas de partículas de madeira a partir de maravilhas de pinus elliottii. Var. Elliottii plantado no sul do Brasil. 1995.120f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) – Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 1995.

Congresso, Conferências, Encontros e outros eventos:
CONGRESSO BRASILEIRO DE FLORESTAS TROPICAIS, 1., 1985, Belém. Anais... Belém: Livros Técnicos, 1985. 320p.

Citação de citação:
MARINHO, Pedro. A pesquisa em ciências humanas. Petrópolis: Vozes, 1980 apud MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnica de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1982.

Documentos eletrônicos:
BELLATO, M.A.; FONTANA, D.C. El nino e a agricultura da região Sul do Brasil. Disponível em:<http://www.mac.usp.br/nino2.> Acesso em: 6 abr. 2001.

CD-ROM:
A.; HOUASSIS, A (Ed.) Enciclopédia e dicionário digital 98. Direção geral de André Koogan Breikman. São Paulo: Delta: Estadão, 1998. 5 CD-ROM. Produzida por Videolar Multimídia.

8. Citações acima de três linhas devem ser destacadas do corpo do texto principal:

recuo - 4 (na régua)

tam. fonte - 11

espaçamento - simples
 
Modelo a seguir:
_____________________________
A proposta de Rodolfo Garcia (1915) leva em consideração os aspectos geográficos e históricos, além da continuidade territorial, os aspectos culturais semelhantes e diferentes, a facilidade de comunicações terrestres, marítimas e fluviais e, por fim, os glossários com expressões locais. O referido autor organiza o País em cinco zonas: norte; norte-oriental; central-marítima; meridional e altiplana-central. Conforme Nascentes (1953), é "uma divisão mais aceitável", mas mesmo assim o autor aponta vários defeitos como, por exemplo:

[...] Coloca o Maranhão na zona Norte, quando ele é uma espécie de intermediário entre ela e o Nordeste; Coloca o Rio de Janeiro e o sul do Espírito Santo na zona central-marítima; Coloca Minas Gerais (sem discriminar) e Goiás junto com Mato Grosso. (NASCENTES, 1953, p. 21).

A revista eletrônica Tabuleiro de Letras não se responsabiliza por possíveis citações sem os devidos créditos e/ou apropriação parcial ou total dos trabalhos por parte dos usuários da Internet, pois parte da premissa de que autores são os responsáveis pelos seus textos e que têm comprometimento ético para apresentar textos com atributos de honestidade e respeito a outros autores.

SEÇÃO TEMÁTICA

Reúne produções com temáticas específicas

SEÇÃO LIVRE

Reúne produções nas áreas de estudos lingüísticos e literários, relacionados com as linhas de pesquisa do PPGEL.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.