Narrativas de experiências de saberes e uso de tecnologias na educação física escolar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2022.v7.n22.p950-965

Palavras-chave:

Narrativas. Relação com o saber. Formação de professores(as). Colaboração. Tecnologia Educacional.

Resumo

Este artigo aborda os desafios da pandemia no Brasil, problematizando as estratégias e os dilemas de professores-pesquisadores de educação física no combate à covid-19 (SARS-CoV2). O objetivo deste artigo é analisar as experiências pedagógicas de professores-pesquisadores de escolas públicas em dois estados brasileiros: Pará e São Paulo, a fim de discutir as implicações para educação física escolar como combate à pandemia via isolamento social. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo, que utiliza narrativas. Não será possível agir socialmente sem tomar partido, sem fazer escolhas; e essas escolhas estão ancoradas em um sistema de valores socialmente construído. A ação humana deve ser consciente. É necessário o reconhecimento da importância da tomada de consciência por parte dos(as) professores(as). Educar é um ato político e não pode ser neutro justamente por se apresentar como a ação do ser humano sobre o mundo. Portanto, refletir sobre os valores que nos guiam é fundamental. Na realidade atual, diante de um problema de saúde que interfere no modo de vida coletivo e na adoção de um determinado sistema de valores, a educação deve ter papel fundamental na criação de oportunidades de reflexão sobre valores e suas reformulações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisabete dos Santos Freire, Universidade São Judas Tadeu

Doutora em Educação Física, pela Universidade São Judas Tadeu. Professora assistente no curso de Educação Física e na Pós-graduação em Educação Física.

Willian Lazaretti da Conceição, Instituto de Ciências da Educação da Universidade Federal do Pará

Doutor em Educação, pela Universidade Estadual de Campinas. Pós-doutorando em Ciências Sociais pela Universidade Nova de Lisboa. Professor adjunto no Instituto de Ciências da Educação da Universidade Federal do Pará.

Allyson Carvalho de Araújo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutor em Comunicação pela Universidade Federal de Pernambuco e Pós-doutor Professor Associado I da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professor permanente do Programa Pós-Graduação em Educação Física (PPGEF-UFRN) e do Programa de Pós-Graduação Profissional em Educação Física em Rede (PROEF-Pólo Natal). Laboratório de Estudos em Educação Física, Esporte e Mídia (LEFEM). Grupo de estudos e pesquisa em Corpo e Cultura de Movimento (GEPEC)

Cibele Câmara da Silva, Professora na Rede Municipal de Educação da Cidade do Natal

Mestra pelo programa de Mestrado Profissional em Educação Física em Rede Nacional - PROEF, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Professora na Rede Municipal de Educação da Cidade do Natal, onde atua como assessora pedagógica de Educação Física no departamento de ensino fundamental.

Rafael de Gois Tinôco, Faculdade Maurício de Nassau (UNINASSAU) - Natal/RN e do Centro Universitário Facex (UNIFACEX)

Mestre em Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) (2017). Professor do curso de Educação Física da Faculdade Maurício de Nassau (UNINASSAU) - Natal/RN e do Centro Universitário Facex (UNIFACEX) - Natal/RN, além de ser professor efetivo da Rede Estadual de Ensino (RN). Grupo de Pesquisa Corpo e Cultura de Movimento - GEPEC. Laboratório de Estudos em Educação Física, Esporte e Mídia – LEFEM

Antonio Jansen Fernandes da Silva, Professor da Rede de Ensino Municipal de Fortaleza- SME da Rede de Ensino Estadual do Ceará - SEDUC

Mestre em Educação Física Escolar, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN. Professor da Rede de Ensino Municipal de Fortaleza- SME da Rede de Ensino Estadual do Ceará - SEDUC

Luciana Venâncio, Instituto de Educação Física e Esportes da Universidade Federal do Ceará (IEFEs-UFC)

Doutora em Educação, pela Universidade Estadual Paulista. Pós-doutora em Educação, pela Universidade Federal de Sergipe. Professora Adjunta no Instituto de Educação Física e Esportes da Universidade Federal do Ceará (IEFEs-UFC)

Luiz Sanches Neto, Instituto de Educação Física e Esportes da Universidade Federal do Ceará (IEFEs-UFC)

Doutor em Pedagogia da Motricidade Humana e Pós-doutor em Educação, pela Universidade Estadual Paulista. Professor Adjunto do Instituto de Educação Física e Esportes da Universidade Federal do Ceará (IEFEs-UFC).

Referências

ARMOUR, Kathleen (Org.). Pedagogical Cases in Physical Education and Youth Sport. Oxon: Routledge, 2014.

BETTI, Mauro; KNIJNIK, Jorge D.; VENANCIO, Luciana; SANCHES NETO, Luiz. In search of the autonomous and critical individual: a philosophical and pedagogical analysis of the physical education curriculum of São Paulo (Brazil). Physical Education and Sport Pedagogy, v. 20, p. 427-442, 2015. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/17408989.2014.882891?tab=permissions&scroll=top Acesso em 01 jun. 2020.

BIANCHI, Paula; PIRES, Giovani L.; VANZIN, Tarcísio. As tecnologias de informação e comunicação na rede municipal de ensino de Florianópolis: possibilidades para a educação (física). LINHAS, Florianópolis, v. 9, n. 2, p. 56 – 75, jul. / dez. 2008.

BORGES, Cecília Maria Ferreira; SANCHES-NETO, Luiz. Compartilhando a análise de práticas pedagógicas na educação física: perspectivas colaborativas. Instrumento, v. 16, n. 2, pp. 231-248, jul./dez. 2014.

BRASIL. Medida Provisória nº 934, de 01 de abril de 2020. Estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública de que trata a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. Brasília, DF, abr. 2020. Disponível em: <http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=600&pagina=1&data=01/04/2020&totalArquivos=1>. Acesso em: 19 jun. 2020.

CHARLOT, Bernard. A questão antropológica na Educação quando o tempo da barbárie está de volta. Educ. rev., Curitiba, v. 35, n. 73, p. 161-180, fev. 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000100161&lng=en&nrm=iso Acesso em 05 jul. 2020.

CHARLOT, Bernard. Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Porto Alegre: Artmed, 2000.

CHARLOT, Bernard. Relação com o saber, formação dos professores e globalização: questões para a educação hoje. Porto Alegre: Artmed, 2005.

EUROPEAN CENTRE FOR DISEASE PREVENTION AND CONTROL. Considerations relating to social distancing measures in response to the covid-19 epidemic, mar. 2020, pp. 1-12.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 29. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. São Paulo: Editora Paz e Terra, 1970.

INGLEHART, Ronald F. Changing Values among Western Publics from 1970 to 2006. West European Politics, v. 31, n.1-2, 130-146, 2008.

INGLEHART, Ronald. Post-Materialism in an Environment of Insecurity. American Political Science Review, v. 75, n.4, 880-900, 1981.

INGLEHART, Ronald. The Silent Revolution in Europe: intergerational Change in Post-Industrial Intergenerational. The American Political Science Review, v. 65, n.4, p. 991-1017, 1971.

JOSSO, Marie-Christine. Experiências de vida e formação. São Paulo: Cortez, 2004.

MANTOVANI, Thiago V. L.; FREIRE, Elisabete S.; SANTOS, Daiana M.; SANTOS, Erick D.; MARQUES, Bruna G. O uso das tecnologias como ferramenta educacional nas aulas de educação física. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n.6, p.35156-35162, jun, 2020. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/11267/9419 Acesso em: 5 de jul. 2020.

MENIN, Maria S. S. Valores na Escola. Educação e Pesquisa, v.28, n.1, p. 91-100, 2002. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/ep/v28n1/11657.pdf. Acesso em 25 out. 2009.

NOBRE; Adriano F.; FERNANDES, Otoniel C.; SANCHES NETO, Luiz; VENÂNCIO, Luciana. Reflexões sobre as apropriações dos elementos da teoria da relação com o saber na educação física escolar. Revista De Estudos De Cultura | São Cristóvão (SE), v. 5, n. 14, p. 103-116, mai. Ago., 2019. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/revec/article/view/13254 Acesso em 20 jun. 2020.

NÓVOA, António. (Org.). Vidas de professores. 2. ed. Porto: Porto Editora, 2007.

PEREIRA, Cícero; CAMINO, Leoncio; COSTA, Joselí B. Um estudo sobre a integração dos níveis de análise dos sistemas de valores. Psicologia: reflexão e crítica, v.18, n.1, p.16-25, 2005. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722005000100004 Acesso em 15 de jun. 2020.

PINEAU, Gaston. Temporalités en formation: vers de nouveaux synchroniseurs. Paris: Anthropos, 2000.

RICŒUR, Paul. Historia y narratividad. Barcelona: Paidós, 1999.

SOUZA, Elizeu C. de. O conhecimento de si: narrativas do itinerário escolar e formação de professores. 344 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2004.

SOUZA, Elizeu C. de. (Auto)biografia, histórias de vida e práticas de formação. In: NASCIMENTO, Antonio D.; HETKOWSKI, Tânia M. (Orgs.). Memória e formação de professores. Salvador: EDUFBA, 2007. p. 59-74.

THORNBERG, Robert. The lack of professional knowledge in values education. Teacher and Teacher Education, v.24, p.1791-98, 2008. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0742051X0800067X Acesso em 20 de jun. 2020.

TORRES, Aline L.; MOTA, Malbelle M.; FERREIRA, Heraldo S.; FERREIRA, Aline F.; DARIDO, Suraya C. As Tecnologias da Informação e Comunicação e a Educação Física Escolar: a realidade de professores da rede pública municipal de Fortaleza. Educação Temática Digital, v. 18, n. 1, pp. 198-214, abr. 2016. DOI: https://doi.org/10.20396/etd.v18i1.8640601 Acesso em 5 jul. 2020.

UNESCO. COVID-19 impact on education. Disponível em: https://en.unesco.org/covid19/educationresponse. Acesso em 20 jul. 2020.

VENÂNCIO, Luciana. Crítica e autocrítica de uma professora-pesquisadora em educação física a partir da narrativa da própria prática de ensinar e aprender. In: TOMMASIELLO, Maria Guiomar Carneiro; MARIN, Alda Junqueira; PIMENTA, Selma Garrido; CARVALHO, Luiz Marcelo; FUSARI, José Cerchi. (Orgs.). Didática e práticas de ensino na realidade escolar contemporânea: constatações, análises e proposições. v. 3. Araraquara, SP: Junqueira & Marin, 2012. p. 1-12.

VENÂNCIO, Luciana; SANCHES NETO, Luiz. A relação com o saber em uma perspectiva (auto)biográfica na Educação Física escolar. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica, Salvador, v. 04, n. 11, p. 729-750, maio/ago. 2019. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/4366/pdf Acesso em 01 de ago. 2020.

Downloads

Publicado

2022-12-23

Como Citar

FREIRE, E. dos S.; CONCEIÇÃO, W. L. da; ARAÚJO, A. C. de; SILVA, C. C. da; TINÔCO, R. de G.; SILVA, A. J. F. da; VENÂNCIO, L.; SANCHES NETO, L. Narrativas de experiências de saberes e uso de tecnologias na educação física escolar. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, [S. l.], v. 7, n. 22, p. 950–965, 2022. DOI: 10.31892/rbpab2525-426X.2022.v7.n22.p950-965. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/9288. Acesso em: 20 jun. 2024.