Abordagens teórico-metodológicas da formação de professores em dois tempos: olhares sobre o CIPA I (2004) e o CIPA V (2012)

  • Inês Ferreira de Souza Bragança UERJ
  • Maria Helena Menna Barreto Abrahão UFPel
Palavras-chave: Abordagem (auto)biográfica. Formação de professores. Congresso Internacional de Pesquisa (Auto)Biográfica.

Resumo

O presente texto retoma pesquisa que consistiu no estudo da produção dos Congressos Internacionais de Pesquisa (Auto)biográfica (CIPA), tendo em vista o levantamento de indícios sobre os movimentos teórico-metodológicos do campo. Partilhamos, aqui, um recorte do trabalho que focalizou 11 capítulos do livro do I CIPA e 34 da coleção de 9 livros relativos ao V CIPA, tendo como filtro a formação de professores, especificamente os textos voltados para uma abordagem geral/teórica sobre as dinâmicas de formação docente em diálogo com a perspectiva (auto)biográfica e os trabalhos voltados para práticas de formação, incluindo formação inicial, continuada e desenvolvida no contexto escolar. Iniciamos com o olhar dirigido para o I e o V CIPA, tecemos um diálogo entre os referenciais teórico-metodológicos que fundamentam as pesquisas desenvolvidas e finalizamos com reflexões que apontam para a continuidade do estudo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

REFERÊNCIAS

ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. Um estudo da expressividade epistêmico-metodológica das pesquisas de cunho (auto)biográfico, evidenciada no Congresso Internacional de Pesquisa (Auto)Biográfica – CIPA (Edições de 2004/2006/2008/2010 e 2012). RS: Projeto de Pesquisa, CNPq, 2013.

BRAGANÇA, Inês Ferreira de Souza. Histórias de vida e formação de professores/as: um olhar dirigido à literatura educacional. In: SOUZA, Elizeu Clementino de; MIGNOT, Ana Chrystina Venancio (Orgs.). Histórias de vida e formação de professores. Rio de Janeiro: Quartet; Faperj, 2008. p. 65-88.

CERTEAU, Michel. A invenção do cotidiano: artes do fazer. Tradução de Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

DELORY-MOMBERGER, Christine. Formação e socialização: os ateliês biográficos de Projeto. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 32, n. 2, p. 359-371, mai./ago. 2006.

JOSSO, Marie-Christine. Experiências de vida e formação. Tradução de José Claudino e Júlia Vieira. Natal: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010.

NÓVOA, António (Org.). Vidas de professores. Portugal: Porto Editora, 1992.

PINEAU, Gaston. A tríplice aventura (auto)biográfica: a expressão, a socialização e a formação. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto; PASSEGGI, Maria da Conceição. (Orgs.). Dimensões epistemológicas e metodológicas da pesquisa (auto)biográfica). Natal: EDUFRN; Porto Alegre: EDIPUCRS; Salvador: EDUNEB, 2012. p. 139-158.

PINEAU, Gaston. As histórias de vida em formação: gênese de uma corrente de pesquisa-ação-formação existencial. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 32, n. 2, p. 329-343, mai./ago. 2006.

RICOEUR, P. Tempo e narrativa. Tradução de Constança Marcondes Cesar. Campinas, SP: Papirus, 1994. (t. 1).

Métricas
  • Visualizações do Artigo 1516
  • PDF downloads: 697
Como Citar
BRAGANÇA, I. F. DE S.; ABRAHÃO, M. H. M. B. Abordagens teórico-metodológicas da formação de professores em dois tempos: olhares sobre o CIPA I (2004) e o CIPA V (2012). Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, v. 1, n. 1, p. 31-45, 11.