“Cicatrizes que me trazem felicidade”: memórias do brincar e formação inicial

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2022.v7.n22.p933-949

Palavras-chave:

Memória, Formação inicial, Brincadeiras, Narrativas (Auto)biográficas

Resumo

Este texto objetiva identificar e compreender relações entre memórias de infância e processos de formação inicial ao tematizar jogos e brincadeiras como conteúdos de ensino/aprendizagem. Para isso, busca interrogar o lugar das brincadeiras nas vidas dos sujeitos da formação e em suas experiências infantis e escolares, com vistas a problematizar as potencialidades dessas memórias no processo de tornar-se professor/a. Nessa direção, o texto toma como fontes relatos memorialísticos produzidos por estudantes do curso de licenciatura em Educação Física, analisados a partir da abordagem compreensivo-interpretativa proposta por Souza (2014). No exame das fontes, considera-se que a produção, o compartilhamento e a análise de memórias de infância durante a formação inicial, possibilita que os estudantes envolvidos se vejam como sujeitos de seus processos formativos, abrindo-se para o futuro exercício de uma docência mais investigativa e problematizadora e para uma reflexão sobre a escola como espaço/tempo potente para a inventividade e a diversidade que as brincadeiras comportam.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosianny Campos Berto, Universidade Federal do Espírito Santo

Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo (PPGE/Ufes); pesquisadora do Núcleo Capixaba de Pesquisa em História da Educação (NUCAPHE).

Lucas Borges Soeiro, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo (PPGE/Ufes).

Ledimara de Rezende Santos, Prefeitura Municipal de João Neiva

Licenciada em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito (Ufes); especialista em Ensino da Dança pela Ufes; professora da educação básica, com atuação na Prefeitura Municipal de João Neiva/ES.

Referências

ASSMANN, Aleida. Espaços da recordação: formas e transformações da memória cultural. Tradução de Paulo Soethe. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2011.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Prefácio: Walter Benjamin ou a história aberta. In: BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. 7. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994. (Obras escolhidas; v. 1)

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP nº 28/2001. Dá nova redação ao Parecer CNE/CP nº. 21/2001, que estabelece a duração e a carga horária dos Cursos de Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Diário Oficial da União, Brasília, 18 jan. 2002. Seção 1, p. 31.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Resolução nº 1, de 18 de fevereiro de 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Diário Oficial da União, Brasília, 9 abr. 2002. Seção 1, p. 31.

BUCKINGHAM, David. Crescer na Era das mídias eletrônicas. Tradução de Gilka Girardello e Isabel Orofino. São Paulo: Loyola, 2007.

GARCIA, Regina Leite; ALVES, Nilda. Conversa sobre pesquisa. In: ESTEBAN, Maria Esteban.; ZACCUR Edwiges (Org.). Professora pesquisadora: uma práxis em construção. Rio de Janeiro: DP&A, 2002. p. 105-125.

GUERRA, Vera Lúcia. Temporadas de brincadeiras. 2009. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

HANSEN, David T. The call to teach. New York and London: Teachers College Press, 1995.

JOSSO, Marie-Christine. Experiências de vida e formação. São Paulo: Cortez, 2004.

KISHIMOTO, Tizuko M. Jogos, brinquedos e brincadeiras do Brasil. Espacios en Blanco. Revista de Educación, n. 24, p. 81-105, jun. 2014, Disponível em: <https://www.redalyc.org/pdf/3845/384539806007.pdf>. Acesso em: 27 out. 2021.

MEIRA, Ana Marta. Benjamin, os brinquedos e a infância contemporânea. Psicologia & Sociedade, v. 15, n. 2, p. 74-87; jul./dez. 2003. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/psoc/a/fZsqCqdWF6HRgsKqtvBDD5d/abstract/?lang=pt>. Acesso em: 10 out. 2021.

NEIRA, Marcos Garcia. Educação física cultural: inspiração e prática pedagógica. Jundiaí: Paco, 2018.

NÓVOA, Antonio. Formação de professores e profissão docente. In: NÓVOA, Antonio. Os professores e sua formação. Lisboa: Publicações Don Quixote – Instituto de Inovação Educacional, 1995.

PASSEGGI, Maria da Conceição et al. Narrativas de crianças sobre as escolas da infância: cenários e desafios da pesquisa (auto)biográfica. Educação (UFSM), v. 39, n. 1, p. 85-104, jan./abr. 2014. Disponível em: <https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/11345>. Acesso em: 28 out. 2021.

PIMENTEL, Álamo. Brincadeiras de rua, convivência urbana e ecologia dos saberes. Revista Brasileira de Educação, v. 20, n. 62, p. 703-721, jul./set. 2015. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/rbedu/a/wNRt343VDPsKrHG9wXypNNp/abstract/?lang=pt>. Acesso em: 10 out. 2021.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Diálogos cruzados sobre pesquisa (auto)biográfica: análise compreensiva-interpretativa e política de sentido. Educação (UFSM), v. 39, n. 1, p. 39-50, jan./abr. 2014. Disponível em: <https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/11344>. Acesso em: 18 nov. 2021.

TARJA BRANCA. Direção: Cacau Rhoden. Produção: Cacau Rhoden; Estela Renner; Marcos Nisti: Instituto Alana; Maria Farinha Filmes, 2014. 1 bobina cinematográfica.

XXXXX. Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Educação Física. XXXX: Colegiado de Licenciatura em Educação Física, 2014.

VAGO, Tarcísio Mauro. Educação física na escola: para enriquecer a experiência da infância e da juventude. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2012.

VAGO, Tarcísio Mauro. Pensar a educação física na escola: para uma formação cultural da infância e da juventude. Cadernos de Formação RBCE, v. 1, n. 1, p. 25-42, set. 2009. Disponível em: <http://revista.cbce.org.br/index.php/cadernos/article/view/930>. Acesso em: 28 out. 2021.

Downloads

Publicado

2022-12-23

Como Citar

CAMPOS BERTO, R.; SOEIRO, L. B.; SANTOS, L. de R. “Cicatrizes que me trazem felicidade”: memórias do brincar e formação inicial. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, [S. l.], v. 7, n. 22, p. 933–949, 2022. DOI: 10.31892/rbpab2525-426X.2022.v7.n22.p933-949. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/14907. Acesso em: 29 maio. 2024.