Formação de professores no ciberespaço: a construção de narrativas (auto)biográficas na constituição da formação inicial

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2023.v8.n23.e1145

Palavras-chave:

Narrativas (auto)biográficas, Formação docente, Experiências de vida, Ciberespaço

Resumo

Este artigo discute uma experiência de pesquisa-formação desenvolvida a partir de um projeto de extensão, realizado a distância, que propôs a construção de narrativas (auto)biográficas a partir dos ensinamentos de Josso (2004). O objetivo é compreender como os alunos de licenciatura em Letras EaD, ofertada pela Universidade Federal do Pampa do Polo Hulha Negra, reconhecem suas experiências formadoras da docência por meio de construções de narrativas (auto)biográficas constituindo, assim, uma ação formativa. As discussões teóricas foram sobre a construção de narrativas (auto)biográficas na formação de professores, a construção da profissionalização docente a partir da formação inicial, e a formação de professores no ciberespaço. A formação se caracterizou por uma abordagem (auto)biográfica, guiada pelos preceitos de Josso, os quais prevê quatro momentos: a construção oral da narrativa (auto)biográfica; a produção escrita; a socialização dessa escrita; e a fase do balanço da produção das narrativas. Neste estudo, foi possível compreender como os professores envolvidos na pesquisa entendem a construção da formação docente e quais experiências formadoras caracterizam esse processo. Os relatos referem-se ao tempo em que eram estudantes da Educação Básica, aos professores e familiares que os inspiraram para a escolha da profissão, bem como o brincar de professor como indícios do querer ser professor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josséle Lima Vieira Rondan, Universidade Federal do Pampa

Mestra em Educação pela Universidade Federal do Pampa.

Juliana Brandão Machado, Universidade Federal do Pampa

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora permanente no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Pampa.

Referências

ALARCÃO, Isabel. Escola reflexiva e nova racionalidade. Porto Alegre. Editora Artmed, 2001.

BUENO, Belmira Oliveira. O método autobiográfico e os estudos com histórias de vida de professores: a questão da subjetividade. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 28, nº 1, p. 11-30, jan./jun. 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/fZLqw3P4fcfZNKzjNHnF3mJ/abstract/?lang=ptAcesso em: 28 dez. 2023.

COUTO, Edvaldo Souza. Pedagogias das conexões: compartilhar conhecimentos e construir subjetividades nas redes sociais. In: PORTO, Cristiane; SANTOS, Edméa. Facebook e Educação: publicar, curtir, compartilhar [online]. Campina Grande: EDUEPB, 2014. p. 40-55.

DAMIANI, Magda Floriana, et al. Discutindo pesquisas do tipo intervenção pedagógica. Cadernos de educação, 2013, 45: 57-67. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/index.php/caduc/article/view/3822 Acesso em: 25 fev. 2022.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. São Paulo. Editora Cortez, 2000.

JOSSO, Marie Christine. Caminhar para si. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010.

JOSSO, Marie Christine. Experiências de vida e formação. São Paulo: Cortez, 2004.

JOSSO, Marie Christine. História de vida e projeto: a história de vida como projeto e as histórias de vida a serviço de projetos. Educação e pesquisa, 25.2, p. 11-23, 1999. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/FPRNJxFHvDf8jX5Yx55ThhH/ Acesso em: 25/12/2023.

JOSSO, Marie Christine. A transformação de si a partir da narração de histórias de vida. Educação, v. 30, n. 63, p. 413-438, 2007. Disponível em: https://wp.ufpel.edu.br/gepiem/files/2008/09/a_tranfor2.pdf Acesso em: 25 fev. 2022.

LELIS, Isabel. A construção social da profissão docente no Brasil: uma rede de histórias: uma rede de histórias. In: LESSARD, Claude; TARDIF, Maurice. Ofício de professor: histórias e perspectivas e desafios internacionais. Petrópolis, RJ. Editora Vozes, 2008. p. 54-66.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo. Editora 34, 1999.

LÉVY, Pierre. A Inteligência Coletiva. 7. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2011.

MAESTRI, Rita de Cássia. História de vida de uma psicóloga e professora surda: mediações desconstruções e construções. 2013. 217f. Dissertação em Educação – Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2013.

NÓVOA, António. Formação de professores e profissão docente. In: NÓVOA, António. (coord.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2004. p. 15-34.

NÓVOA, António. Firmar a posição como professor, afirmar a profissão docente. Cadernos de pesquisa, v. 47, n. 166, p. 1106-1133, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cp/a/WYkPDBFzMzrvnbsbYjmvCbd/abstract/?lang=pt. Acesso em: 5 fev. 2022.

PERRENOUD, Philippe. Dez novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2015.

PRETTO, Nelson; PINTO, Claúdio da Costa. Tecnologias e novas educações. Revista brasileira de educação, v. 11, n. 35, p. 19-29, jan./abr. 2006. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/4vpwVbvgbkFRLRq4BPqzFHf/?format=pdf&lang=pt Acesso em: 05 fev. 2022.

SANTOS, Edméa. Pesquisa-formação na cibercultura. Santo Tirso: Whitebooks, 2014.

SILVA, Marco. Educação na cibercultura: o desafio comunicacional do professor presencial e online. Revista FAEEBA, 2003, 12.20: 261-271. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/faeeba/issue/view/237/136. Acesso em: 25 fev. 2022.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Narrativas de Infância e formação de professores: memórias, histórias de vida e acompanhamento. Semana de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz–V. Ciclo Internacional Resiliência e Cultura. Memória, formação e cuidado: narrativas de si e (re) construção de um vínculo de confiança no/com o mundo, 2013.

SOUZA, Elizeu Clementino de; FORTINARI, Liege Maria Satja. Memória, (Auto) biografia e formação. In: VEIGA, Ilma Passos, D’ÁVILA, Cristina Maria. Profissão docente: novos sentidos, novas perspectivas. Campinas, SP. Editora Papirus, 2014. p. 140-175.

TARDIF, Maurice. Saberes docente e profissional. 17. ed. Petrópolis: Vozes, 2010.

Downloads

Publicado

2023-12-28

Como Citar

RONDAN, J. L. V.; MACHADO, J. B. Formação de professores no ciberespaço: a construção de narrativas (auto)biográficas na constituição da formação inicial. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, [S. l.], v. 8, n. 23, p. e1145, 2023. DOI: 10.31892/rbpab2525-426X.2023.v8.n23.e1145. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/11189. Acesso em: 13 abr. 2024.