DE OLHO NA FUNÇÃO AFIM: O RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA

  • Hermínia Kelly de Barros Santos Universidade do Estado da Bahia
  • Nádia Cristina Ribeiro Universidade do Estado da Bahia
  • Taíse Araújo de Menezes Universidade do Estado da Bahia
  • Américo Junior Nunes da Silva Universidade do Estado da Bahia
Palavras-chave: Função Afim, Situações Problemas, Software Geogebra

Resumo

O relato apresentado é referente a oficina “De olho na Função Afim” do projeto de intervenção do componente curricular Estágio III. O trabalho foi realizado com os alunos do 1º ano do Curso de Comércio, de uma escola de Barreiras-BA. O conteúdo abordado foi Função Afim (Função polinomial do 1º grau); a oficina realizou-se em quinze encontros que totalizaram 60 horas/aula, em cada momento da oficina foi abordada uma forma diferente o conteúdo. Teve um filme, vídeos, e embalagens como (caixa de sapato, caixa de chocolate, etc.), além disso, foi aplicado o jogo trilha do conceito de função tudo relacionando com o assunto abordado. Assim, o jogo foi atribuído como um “recurso pedagógico privilegiado, com potencialidade para o desenvolvimento da imaginação, atenção, concentração, [...] autocontrole e sublimação da agressividade”. Esse trabalho teve como objetivo proporcionar aos alunos a desmistificação do conteúdo, através da utilização de situações-problemas e o Software geogebra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAZZO, Bruno. O uso dos recursos das novas tecnologias, planilha de cálculo e o geogebra para o Ensino de função no ensino médio. Disponível em: < http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CB0QFjAA&url=http%3A%2F%2Fwww.pucpr.br%2Feventos%2Feducere%2Feducere2009%2Fanais%2Fpdf%2F2297_1786.pdf&ei=IPQrVPKAO4u4ggTQwYGQCg&usg=AFQjCNEHNRA8q6w_WHFG0xpq1M_5I3Sbsg&bvm=bv.76477589,d.eXY>. Acesso no dia 20 de setembro de 2014.

BRASIL. Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias / Secretaria de Educação Básica. – Brasília: Ministério da educação, secretaria de educação básica, 2008. 135 p. (Orientações curriculares para o Ensino Médio; volume 2).

PIMENTA, Selma Garrido. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004.

STRAPASON. Lísie Pippi Reis. O uso de jogos como estratégia de ensino e aprendizagem da matemática no 1º ano do Ensino Médio. Dissertação (Mestrado Profissionalizante em Ensino de Física e Matemática) centro Universitário Franciscano de Santa Maria. Santa Maria, RS 2011.

SILVA, Américo Júnior Nunes da; SOUZA, Ivanete dos Santos de (Orgs.). A Formação do Professor de Matemática em Questão: Reflexões para um Ensino com Significado. –Jundiaí, Paco Editorial: 2014.

SILVA, A. J. N. SOUZA, I. S. BARROS, S. S. ALMEIDA, J. O professor de Matemática e o Ato de Planejar: Há Unicidade entre dimensão política e dimensão pedagógica. Jundiaí: Paco Editorial. 2014

SILVA, A. J. N.; SÁ, A. V. M. Doutores da aprendizagem: revivendo a criança adormecida em cada educador. In: SÁ, A. V. M.; SILVA, A. J. N.; BRAGA, M. D.; SILVA, O. (Org.). Ludicidade e suas interfaces. Brasília: Liber Livro, 2013. p. 63-77.

SOUZA, Ilvanete dos Santos de. et al. O uso do jogo como recurso didático para o ensino da matemática. Recife: XIII Conferência Interamericana de Educação Matemática, 2011. Disponível em: < http://xiii.ciaem-redumate.org/index.php/xiii_ciaem/xiii_ciaem/paper/view/2426>

Publicado
2014-11-22
Métricas
  • Visualizações do Artigo 15
  • HTML downloads: 3
Como Citar
Santos, H. K. de B., Ribeiro, N. C., Menezes, T. A. de, & Silva, A. J. N. da. (2014). DE OLHO NA FUNÇÃO AFIM: O RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA. Encontro De Ludicidade E Educação Matemática, 1(01), 47-54. Recuperado de https://revistas.uneb.br/index.php/elem/article/view/9806