MEMÓRIA DISCURSIVA E SENTIDOS DE INTERVENÇÃO MILITAR NO BRASIL NO SÉCULO XXI

Antônia de Jesus Alves dos Santos

Resumo


Partindo do pressuposto de que a comunicação midiática cumpre importante função social, discute-se no presente texto, a partir de artigos jornalísticos publicados na impressa nacional, a relação entre sentido e memória discursiva. Diante da crise política que começou a se desenhar em 2013 e marca ainda hoje a conjuntura política e econômica do Brasil, dos discursos sobre intervenção militar materializados nos artigos selecionados, e tomando o conceito de memória discursiva da Análise do Discurso pecheutiana, busca-se aqui uma compreensão sobre os sentidos de intervenção militar mobilizados por esses dizeres.

Palavras-chave


Análise do Discurso pecheutiana; Memória Discursiva; Texto Midiático; Intervenção Militar.

Texto completo:

PDF ♪Áudio♪

Referências


BUENO, Felipe; CÂMARA, Luciene; TEIXEIRA, Tâmara. Manifestação contra o governo reúne 24 mil pessoas em BH. O Tempo, Belo Horizonte, 15 mar. 2015. Disponível em: https://www.otempo.com.br/cidades/manifestacao-contra-o-governo-reune-24-mil-pessoas-em-bh-1.1009291. Acesso em 06 set. 2019.

FERNANDES, Nuno Ricardo. Análise às apps do jornal público: a construção narrativa dos seus conteúdos. CANAVILHAS, João e RODRIGUES, Catarina (Orgs.). Jornalismo Móvel: Linguagem, géneros e modelos de negócio. Editora LabCom.IFP, Covilhã, 2017.

HOHLFELDT, Antonio; MARTINO, Luiz C. et FRANÇA, Vera Veiga (Org.). Teorias da comunicação – Conceitos, escolas e tendências. Petrópolis: Vozes, 2001.

Manifestantes no Recife pedem intervenção militar no Brasil. G1, Pernambuco, 15 mar. 2015. Disponível em: http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2015/03/manifestantes-no-recife-pedem-intervencao-militar-no-brasil.html. Acesso em: 06 set. 2019.

ORLANDI, Eni P. Análise de Discurso: princípios e procedimentos. 9. ed. Campinas, SP: Pontes, 2010.

PÊCHEUX, Michel. Papel da memória. In.: ACHARD, Pierre [et al.]. Papel da memória. 2. ed. Campinas, SP: Pontes Editora, 2010. p. 49 a 57.

PÊCHEUX, Michel. [1975] Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. 3.ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 1997.

SANTOS, Raldianny Pereira dos. Sujeito, discurso e ideologia: a constituição de identidades na cultura midiática. Culturas Midiáticas – Revista do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal da Paraíba. v. II, n. 1 – jan./jun./ 2009. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/cm/article/view/11694. Acesso em: 12 fev. 2020.

TELES, E.; SAFATLE, V. O que resta da ditadura: a exceção brasileira. São Paulo: Boitempo, 2010.

THOMPSON, John B. A mídia e a modernidade: uma teoria social da mídia. Petrópolis. 3. Ed. RJ: Vozes, 1998.

VICENTE, Maximiliano Martin. História e comunicação na ordem internacional. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário

Direitos autorais 2020 Antônia de Jesus Alves dos Santos

CONTATO

 Programa de Pós-graduação em Ensino, Linguagem e Sociedade, Departamento de Ciências Humanas, Campus VI da Universidade do Estado da Bahia

Endereço: Avenida Contorno, S/N, Bairro São José, Caetité, Bahia, Brasil

CEP: 46.400-000

Telefones: (77) 3454-2021 ou (77) 9 9134-3435

e-mail: ceduuneb@gmail.com

ISSN: 2595-4881

REDES SOCIAIS:

 

INDEXAÇÕES INTERNACIONAIS:

                            

INDEXAÇÕES NACIONAIS:

     

REVISTA INTEGRANTE:

    

LINKS DE INTERESSE:

                     

Licença:


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Free counters!