Musicobiografização: prática automedial em educação musical

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2023.v8.n23.e1133

Palavras-chave:

Educação musical, Musicobiografização, Práticas musicais automediais

Resumo

A questão norteadora deste trabalho foi guiada pelo tema práticas automediais em educação musical. O procedimento metodológico consiste em uma revisão narrativa. O conceito musicobiográfico fundamenta a metanálise de quatro pesquisas que oferecem uma materialidade de práticas pedagógico-musicais para desenvolver a noção de automedialidade, concebida no campo da pesquisa (auto)biográfica. Trago algumas compreensões a partir da ênfase dada sobre a materialidade do meio (medium) - sons, letras, motivos rítmicos, melódicos, harmônicos, voz cantada, instrumentos musicais e aparatos tecnológicos utilizados como mediação da subjetivação e socialização dos processos formativos com a música. Discuto o conceito de musicobiografização como uma aposta automedial, cuja ênfase recai sobre o sujeito que ao manipular esse material sonoro, se expressa, dá forma e atribui valor e sentido a sua (auto)formação mediante práticas musicais automediais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Delmary Vasconcelos Abreu, Universidade de Brasília

Doutor(a) em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Pós-doutorado em Educação pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Atua nos cursos de graduação e pós-graduação em Música na Universidade de Brasília (UnB). Coordena o grupo de pesquisa Educação Musical Escolar e Autobiografia.

Referências

ABREU, Delmary Vasconcelos. A musicobiografização como intriga narrativa: um ensaio teórico entre pesquisa (auto)biográfica e educação musical. Revista Orfeu, UDESC, v. 7, n. 4, p. 02-22, abr. 2022a. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/view/2525530407012022e0102/14185. Acesso em: 20 dez. 2022.

ABREU, Delmary Vasconcelos. Um ensaio sobre a musicobiografização como uma vertente para a pesquisa (auto)biográfica em educação musical. Revista da ABEM, v. 30, n. 2 e30202, 2022b. Disponível em: https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/45198/1/ARTIGO_EnsaioMusicobiografizacaoVertente.pdf. Acesso em: 30 nov. 2023.

ABREU, Delmary Vasconcelos. Configurando identidades narrativas no campo da educação musical. Revista OPUS, v. 28, 2022c. Disponível em: https://www.anppom.com.br/revista/index.php/opus/article/view/opus2022.28.14/pdf. Acesso em: 23 dez. 2022

ABREU, Delmary Vasconcelos. História de vida de uma intelectual brasileira: Jusamara Souza e seus desafios epistemológicos com a educação musical. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica, Salvador, v. 05, n. 13, p. 243-260, jan./abr. 2020. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/7409. Acesso em: 20 dez. 2022.

ABREU, Delmary Vasconcelos. A história de vida aguçada pelos biografemas: um recorte da história de vida de Jusamara Souza com o campo da educação musical. Revista da ABEM, v. 27, n. 43, p. 150-167, jul./dez. 2019. Disponível em: https://revistaabem.abem.mus.br/revistaabem/article/view/856/559. Acesso em: 18 dez. 2022.

ABREU, Delmary Vasconcelos. História de vida e sua representatividade no campo da educação musical: um estudo com dois educadores musicais do Distrito Federal. Revista Intermeio, Campo Grande, v. 23, n. 45, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufms.br/index.php/intm/article/view/5080/3774. Acesso em: 23 dez. 2022.

ALMEIDA, Jéssica. Biografia música-educativa: produção de sentidos em meio à teia da vida. 2019, 368p. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Santa Maria, 2019.

ARAÚJO, Gustavo Aguiar Malafaia. Construindo sentidos na formação musical: pesquisa-formação-ação com estudantes da primeira turma de ensino médio integrado do IFB-CSAM, 2017, 132p. Dissertação (Mestrado em Música) Programa de Pós-Graduação em Música. Universidade de Brasília, Brasília, 2017.

ARROYO, Margarete. Educação Musical na Contemporaneidade. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE PESQUISA EM MÚSICA DA UFG (SENPEM), 2., 2002, Goiânia. Anais [...]. Goiânia: UFG, 2002. p. 18-29.

BLACKING, John. How Musical is Men?, London, Faber & Faber, 1973.

BRAGA, Eudes de Carvalho. Paulo André Tavares: narrativas com música de um professor de violão popular. 2016, 156p. Dissertação (Mestrado em Música), Programa de Pós-Graduação em Música. Universidade de Brasília, Brasília, 2016.

CHIERICO, A. Especificidade do meio na prática pós-mídias. Tradução de Nayara Benatti. V!RUS, São Carlos, n. 12, 2016. Disponível em: http://www.nomads.usp.br/virus/virus12/? sec=4&item=6&lang=pt. Acesso em: 23 dez. 2022.

DELORY-MOMBERGER, Christine. Abordagens metodológicas na pesquisa biográfica. Revista Brasileira de Educação, [s. l.], v. 17, n. 51, p. 523-740, set. dez. 2012.

DELORY-MOMBERGER, Christine. La photographie comme médiation biographique d’une mémoire individuelle et collective. In: SOULAGES, François; ERBETTA, Alejandro (dir.). Art et reconstruction. Paris: L’Harmattan, 2019. p. 59-68

DELORY-MOMBERGER, Christine; Hétérobiographie/hétérobiographisation. In: (Org. DELORY-MOMBERGER, C.) Vocabulaire des Histoires de Vie et de la Recherche Biographique. Toulouse: Érès, 2019. p. 89-90.

DELORY-MOMBERGER, Christine; BOURGUIGNON, Jean-Claude. Automédialité. In: (Org. DELORY-MOMBERGER, C.) Vocabulaire des Histoires de Vie et de la Recherche Biographique. Toulouse: Érès, 2019. p. 37-39.

DILTHEY, Wilhelm. A construção do mundo histórico nas ciências humanas. Trad. Marco Casanova. São Paulo: Editora Unesp, 2010.

FIGUEIRÔA, Arthur S. A construção de laços com as Escolas Parque de Brasília: Narrativas (auto)biográficas com professores de música, 2017, 144p. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação Música. Universidade de Brasília, Brasília, 2017.

FRANÇA, Cecília Cavalieri. Outros que contem passo por passo. In: Música e Educação. Orgs (SILVA, Helena Lopes e ZILLE, José Antônio Baeta). Barbacena, EdUEMG, 2015. p. 51-64. Série Diálogos com o Som. Ensaios, vol. 2.

GLASS, V. V. Primary, secondary and meta-analysis of research. Educational Researcher, n. 5: 3-8, 1976.

GONTIJO, Millena Brito. O movimento (auto)biográfico no campo da educação musical no Brasil: um estudo a partir de teses e dissertações, 2019, 104p. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Música, Universidade de Brasília, Brasília, 2019.

GREENBERG, C. Modernist Painting. In: FRASCINA, F.; HARRISON, C. (Eds.). Modern Art and Modernism: A Critical Anthology. Thousand Oaks: SAGE Publications, 1982. p. 5-10.

GREENBERG, C. Towards a Newer Laocoön. In: FRASCINA, F. (Ed.). Pollock and After: The Critical Debate. London: Routledge, 1985. p. 01-08.

HEIDEGGER, Martin. A caminho da linguagem. Trad. de Marcia Sá Cavalcante Schuback. Petrópolis: Vozes, 2004.

KRÄMER, Sybille. Erfüllen Medien eine Konstitutionsleistung? Thesen über die Rolle medientheoretischer Erwägungen beim Philosophieren. In: MUNKER, Stefa; ROESLER, Alexander; SANDBOTHE, Mike (Hrsg.). Medienphilosophie: Beiträge zur Klärung eines Begriffs. Frankfurt: Fischer, 2003. p. 78-90.

KRAUSS, Rosalind. A voyage on the North Sea: art in the age of the post-meio condition, 31st of the Walter Neurath memorial lectures. New York: Thames & Hudson, 2000.

KRAUSS, Rosalind. 'Specific' Objects. RES: Anthropology and Aesthetics, n. 46, p. 221–24, 2004.

LATOUR, Bruno. Ciência em ação: como seguir cientistas e engenheiros sociedade afora. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

RODRIGUES, Victoria Nunes. Memorial de formação de uma guitarrista e licencianda em música: um estudo sobre o empoderamento feminino, 2022, 74p. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Música), Universidade de Brasília, Brasília, 2022.

OLIVEIRA, Edson B. Experiência como acompanhadores: a documentação narrativa de três violonistas, 2018, 103p. Dissertação (Mestrado Acadêmico) Programa de Pós-Graduação em Música, Universidade de Brasília, Brasília, 2018.

PASSEGGI, Maria da Conceição. Narrativas da experiência na pesquisa- formação: do sujeito epistêmico ao sujeito biográfico. Roteiro, Joaçaba, v. 41, n. 1, p. 67-86, jan./abr. 2016. Disponível em: https://periodicos.unoesc.edu.br/roteiro/article/view/9267. Acesso em: 15 dez. 2022.

PASSEGGI, Maria da Conceição. Enfoques narrativos en la investigación educativa brasileña. Revista Paradigma (Edición Cuadragésimo Aniversario: 1980-2020), v. XLI, p. 57-79, jun. 2020. Disponível em: http://revistaparadigma.online/ ojs/index.php/paradigma/article/view/929. Acesso em: 13 set. 2021.

PASSEGGI, Maria da Conceição. Refexividade narrativa e poder (auto) transformador. Praxis educacional, v. 17, p. 1-21, 2021. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/8018 Acesso em: 15. dez. 2022.

PASSEGGI, Maria da Conceição; CUNHA, Luciana Medeiros. Projetar-se no amanhã: condição biográfica e projeto de vida no novo ensino médio. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica, Salvador, v. 5, n. 15, p. 1039-1058, set./dez. 2020. Disponível em: https://itacarezinho.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/9730/6828. Acesso em: 15 dez. 2022.

RICOEUR, Paul. O si-mesmo como outro. Trad. Ivone C. Benedetti. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2014.

RICOEUR, Paul. A Crítica e a Convicção. Lisboa: Editora 70 LTDA, 2009.

ROTHER ET. Revisão sistemática X revisão narrativa. Acta Paul. Enferm 2007; 20(2) Disponível em: https://www.scielo.br/j/ape/a/z7zZ4Z4GwYV6FR7S9FHTByr/. Acesso em: 15/12/2022.

SANTANA, Myllene Alves Jordão. Construindo a aprendizagem da docência de música: um estudo com narrativas de um professor de música do IFB-CSAM, 2020, 60p. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Música), Universidade de Brasília, Brasília, 2020.

SOUZA, Hugo Leonardo Guimarães. Experiências musicais formativos do sujeito com o lugar: construindo caminhos para o ensino de música no IFB-CCEI, 2018, 180p. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Música), Programa de Pós-Graduação em Música, Universidade de Brasília, Brasília, 2018.

SWANWICK, Keith. Música, mente e Educação. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2014.

TORRES, Maria Cecília Araújo Rodrigues. Identidades Musicais de alunas de pedagogia: músicas, memória e mídia, 2003, 176p. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.

TORRES, Maria Cecília Araújo Rodrigues. Narrativas dos movimentos de uma tese: apresentar as entrevistadas e narrar o narrado. Revista Ouvirouver, Uberlândia v. 13 n. 2, p. 644-657, jul.|dez. 2017. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/38838/21128. Acesso em: 17 nov. 2022.

TORRES, Maria Cecília Araújo Rodrigues. Entrevista concedida a Delmary Vasconcelos de Abreu pela plataforma Teams em 24 de maio de 2022.

WILLIAMS, R. Marxism and literature, repr. ed, Marxist introductions. Oxford: Oxford University Press, 2009.

Downloads

Publicado

2023-12-21

Como Citar

ABREU, D. V. Musicobiografização: prática automedial em educação musical. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, [S. l.], v. 8, n. 23, p. e1133, 2023. DOI: 10.31892/rbpab2525-426X.2023.v8.n23.e1133. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/16523. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Automedialidades: práticas (auto)formativas de criação estética