Processo formativo coletivo em redes de docentes investigadores desde e na escola

Palavras-chave: Formação de professores; Professor Colaborativo Investigativo; Narrativa.

Resumo

Esta narrativa, elaborada por duas professoras, que vivenciam processos interativos em diferentes grupos de redes formativas e aprendentes, é uma maneira de sistematizar e homenagear aqueles que constituíram e constituem esses espaços. Os múltiplos sujeitos participantes são representados por fios, que se articulam, tecem e são tecidos, numa cooperação coletiva, registrada na caminhada profissional e pessoal. Redes tecidas nos diálogos e interações formativas sobre ensinar e aprender, como prática de liberdade e emancipação social. As reflexões produzidas, a partir de ações, ao mesmo tempo são auto-reforçadas e espiraladas, produzindo transformações nas práticas educativas e concepções teóricas, que vêm sendo disseminadas como sementes pelos diversos recantos do Brasil, encontrando professores em formação inicial e continuada, que constituem novas percepções sobre a questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Cristina Pansera de Araújo , UNIJUI

Editora da Revista Contexto&Educação. Licenciada em Ciências Biológicas. Mestre e Doutora em Genética e Biologia Molecular

Sandra Elisabet Bazana Nonenmacher, IFFARROUPILHA

Licenciada em Licencitura Plena em Fisica pela UNIJUI. Mestre em educação nas Ciências-UNIJUI. Doutora em Educaçãoem Ciências Química da Vida e Saúde

Referências

ARIAS. M. D.; FLORES, A.; PORLÁN, R. Redes de Maestros (una alternativa para la transformación escolar). España: Diada-UPN, 2001.
CAMBRAIA, A.; PANSERA-DE- ARAÚJO, M.C.; NONENMACHER, S.E.B.N. (orgs) Dossie Trabalho, Currículo Integrado e Educação. Revista Contexto & Educação, Ano 35, nº 112, Set./Dez. 2020.
CARR, W. e KEMMIS, S. Teoria crítica de la enseñanza, Ed. Martinez Roca, Barcelona, 1988.
CEOLIN, Taise Os Encontros sobre Investigação na Escola: uma Contribuição à Formação Continuada. Dissertação de Mestrado Programa de Pós-graduação em Educação nas Ciências, Unijui, 2012, 183p.
CHASSOT, Attico. Alfabetização Cientifica :uma possibilidade para a inclusão social. Revista Brasileira de educação, n22, Jan/fev./Mar/abril. 14.13_2478. 2003
CHAVES, S. N. Memórias de formação: reminiscências de formadores de professores sobre suas maneiras de ver e de ser na docência. Amazônia – Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, Belém, v. 1, n. 1; v. 1, n. 2, p. 87-92, 2004/2005.
FERREIRA, L. S et al (orgs). Pesquisas em Educação Profissional e Tecnológica no Rio Grande do Sul: desafios e perspectivas. Curitiba: CRV, 2021.
FREIRE, P. Educação como Prática da Liberdade. 23ª edição. São Paulo:Paz &Terra, 1999.
FRIZZO, M. N. Recriando a Interação Profissional: A Formação de Professores de Ciências na UNIJUÍ. Ijuí: UNIJUÍ, 1998.
GALVÃO, C. Narrativas em educação. Ciência & Educação, Bauru, v.11, n. 2, p. 327- 345, 2005.
GURGEL, Célia Margutti A. Educação para as Ciências da Natureza e Matemáticas no Brasil: um Estudo sobre os Indicadores de Qualidade do SPEC (1983-1997). Ciência & Educação, v. 8, n. 2, p. 263-276, 2002.
HAMES, C; ZANON, L, B; ARAUJO, M, C, P; Currículo Integrado, educação e trabalho: saberes e fazeres em interlocução. Ijuí, RS: Unijuí, 2016.
IMBERT, F. Para uma práxis pedagógica. Brasília: Plano, 2003.
LARROSA, Jorge. Bondía. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, n. 19, jan/fev/mar/abr. 2002. Disponivel em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/n19/n19a02.pdf. Acesso em: 8 de janeiro de 2022.
LOTTERMANN, O.; SILVA, S, P. A Gênese do Currículo Integrado: Referenciais Teóricos e suas Implicações Políticas, Epistemológicas e Socias. In: HAMES, C; ZANON, L, B; ARAUJO, M, C, P; Currículo Integrado, educação e trabalho: saberes e fazeres em interlocução. Ijuí, RS: Unijuí, 2016. p. 17-35.
MALDANER, Otávio Aloísio. A formação inicial e continuada de professores de química: professores pesquisadores. Ijuí, UNIJUÍ, 2000.
MORAES, R.; MANCUSO, R. (Org.). Educação em ciências: produção de currículos e formação de professores. Ijuí: Editora Unijuí, 2004.
NONENMACHER, S.E.B. Contribuições da prática profissional integrada na formação inicial de professores. 2014.Tese de Doutorado. Programa de Pós- Graduação em Educação Em ciências: Química da Vida e Saúde. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre/RS, 2014.
NONENMACHER, S. E.B.; PANSERA-DE-ARAÚJO, M. C.; DEL PINO, J. C.. A prática profissional integrada na formação inicial de professores. Curitiba: Appris, 2020
NÓVOA, António. Formação de professores e profissão docente. In: NÓVOA, António.(Org.).Os professores e a sua formação. Lisboa, Dom Quixote, 1995.
PANSERA-DE-ARAÚJO, M. C.; AUTH, M. A.; MALDANER, O. A. Autoria compartilhada na elaboração de um currículo inovador em ciências no ensino médio. In: Contexto & Educação, Ijuí, n.77, jan./jul. 2007, p. 241-262.
RAMOS, M. Possibilidades e desafios na organização do currículo integrado. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. (Org.). Ensino médio integrado: concepção e contradições. São Paulo: Cortez, 2005. p. 106-127.REDIRES. Disponível em: https: //www.researchgate.net/publication/323564733_VIII_Encuentro_Iberoamericano_de_colectivos_y_redes_de_maestros_y_maestras_educadores_y_educadoras_que_hacen_investigacion_e_innovacion_desde_su_escuela_y_comunidad [accessed Jan 28 2022].
REIS, P. R. As narrativas na formação de professores e na investigação em Educação. Nuances: estudos sobre Educação, São Paulo. v. 15, n. 16, p. 17-34, 2008.
ROLDÃO, M. C. As histórias em educação: a função mediática da narrativa. Ensinus, Santarém, v. 3, p. 25-28, 1995. REIS, 2008.
SCHÖN, D.A. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2000.
SHULMAN L. Knowledge and Teaching: foundations of the new reform. Harvard Educ Review [Internet]. 1987 Feb [cited 2016 May 18]; 57(1):1-21. Disponível em: http://people.ucsc.edu/~ktellez/shulman.pdf; acesso em: 25 de janeiro de 2022.
Publicado
2022-05-28
Métricas
  • Visualizações do Artigo 70
  • PDF downloads: 0
Como Citar
ARAÚJO , M. C. P. DE; NONENMACHER, S. E. B. Processo formativo coletivo em redes de docentes investigadores desde e na escola. Revista da FAEEBA - Educação e Contemporaneidade, v. 31, n. 66, p. 74-87, 28 maio 2022.