Sentimentos de insegurança na personagem Lenu, em A amiga genial, de Elena Ferrante:

uma abordagem sociocognitiva

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35499/tl.v16i2.15308

Resumo

Este estudo situa-se no campo da Linguística Textual (LT), assumindo uma abordagem sociocognitivista, conforme os princípios teóricos dos estudos críticos do discurso de van Dijk (2012, 2016), que envolvem a relação linguagem, discurso, contexto e cognição. A proposta objetiva analisar cenas que evidenciem possíveis sentimentos de insegurança, apresentados pela personagem Lenu, em diferentes momentos da narrativa literária: A amiga genial, de Elena Ferrante, com base na teoria de modelos de contexto. Para tanto, utiliza-se a categoria: ‘O Eu-mesmo’ e suas subcategorias: a) o papel social dos sujeitos; e b) as relações entre os participantes; e ainda, a categoria: ‘ações/eventos comunicativos ou de outra natureza’. Metodologicamente, o estudo assume uma abordagem qualitativa, realizado por meio de pesquisa exploratória e bibliográfica. Para a exploração do fenômeno, foi realizada a seleção de doze trechos que constituíram o corpus de análise. Conclui-se que a insegurança de Lenu identificada a partir dos modelos de contextos, articulando a fase da infância e da adolescência, constitui uma característica contínua e recorrente na vida da personagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Renato Lima, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Doutorando em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Mestre em Letras - Estudos da Linguagem pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Atualmente é Professor Assistente (substituto) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

Márcia do Socorro Botelho Cavalcante, Secretaria de Educação do Estado do Pará (SEDUC-PA)

Mestre em Letras: Linguística e Teoria Literária pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Professora Efetiva da Secretaria de Educação do Estado do Pará (SEDUC-PA), atuando em escolas de Ensino Fundamental e Médio.

Referências

CASSAS, Lucas Palaia. Sentimento de insegurança: um ensaio metapsicológico. 2019. 148 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Instituto de Psicologia. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019.

DANTAS, Tatianne Santos; MOSCHEN, Simone Zanon. Escrita, vestígio e ausência em A amiga genial de Elena Ferrante. Revista Subjetividades, Fortaleza, v. 19, n. 2, p. 01-14, 2019.

DIJK, Teun A. van. Discurso e poder. Organização: Judith Hoffnagel e Karina Falcone. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2010.

DIJK, Teun A. van. Discurso e contexto: uma abordagem sociocognitivista. Tradução Rodolfo Ilari. São Paulo: Contexto, 2012.

DIJK, Teun A. van. Discurso-cognição-sociedade: estado atual e perspectivas da abordagem sociocognitiva do discurso. Tradução Pedro Theobald. Letrônica, Porto Alegre, v. 9, n. esp. (supl.), p. 08-29, nov., 2016.

FAUCONNIER, Gilles. Créativité, simulation, and conceptualization. Behavorial and Brain Sciences, v. 22, n. 4, p. 615-615, 1999.

FERRANTE, Elena. A amiga genial: infância, adolescência, vol. 1. Tradução Maurício Santana Dias. São Paulo: Biblioteca Azul, 2015.

FERRANTE, Elena. História do novo sobrenome: juventude, vol. 2. Tradução Maurício Santana Dias. São Paulo: Biblioteca Azul, 2016a.

FERRANTE, Elena. História de quem foge e de quem fica: tempo intermediário, vol. 3. Tradução Maurício Santana Dias. São Paulo: Biblioteca Azul, 2016b.

FERRANTE, Elena. História da menina perdida: maturidade-velhice, vol. 4. Tradução Maurício Santana Dias. São Paulo: Biblioteca Azul, 2017.

FERREIRA, Milena Vargas dos Santos. Olhar-se no espelho: o ethos narrativo em A amiga genial, de Elena Ferrante. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DA ABRALIC DE 2018: CIRCULAÇÃO, TRAMAS E SENTIDOS NA LITERATURA. Anais... p. 1402-1409, 2018.

KOCH, Ingedore Grünfeld Villaça; MORATO, Edwiges Maria; BENTES, Anna Christina. Ainda o contexto: algumas considerações sobre as relações entre contexto, cognição e práticas sociais na obra de Teun van Dijk. ALED (Revista Latino-americana de Estudos do Discurso), Brasil; Chile, vol. 11, n,1, p. 79-91, 2011.

KOCH, Ingedore Grünfeld Villaça. A inter-ação pela linguagem. 11. ed. São Paulo: Contexto, 2012.

SECCHES, Fabiane Vertemati do Amaral. Uma longa experiência de ausência: a ambivalência em A amiga genial, de Elena Ferrante. 2019. 158 f. Dissertação (Mestrado em Teoria Literária) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019.

Downloads

Publicado

2022-12-21

Como Citar

LIMA, F. R.; CAVALCANTE, M. do S. B. Sentimentos de insegurança na personagem Lenu, em A amiga genial, de Elena Ferrante:: uma abordagem sociocognitiva. Tabuleiro de Letras, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 201–216, 2022. DOI: 10.35499/tl.v16i2.15308. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/tabuleirodeletras/article/view/15308. Acesso em: 21 abr. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS