Educação em tempos de pandemia: narrativas de professoras(es) de escolas públicas rurais

Palavras-chave: Educação, Pandemia, Narrativas, Professores, Escolas Rurais

Resumo

Este trabalho resulta da pesquisa com narrativas coletivas de professores que trabalham predominantemente em escolas rurais na Região Metropolitana de Curitiba. O objetivo é compreender a política de ensino remoto e suas condições de realização no contexto rural. Tem como referência teórico-metodológica a pesquisa com narrativas e a compreensão de que o contexto da pandemia evidencia as desigualdades sociais no país, em particular nos territórios rurais.  A precariedade de sinais de Internet/telefônicos no campo, condições das estradas, baixa densidade demográfica e condições socioeconômicas comprovam diferenças regionais e territoriais. As narrativas são construídas por oito professores colaboradores, mediante diálogo em grupo coletivo constituído na plataforma do WhatsApp. Duas questões são lançadas para provocar as narrativas: política local e a condições de trabalho dos professores no contexto do distanciamento social. As narrativas indicam a sobrecarga de trabalho de professor, sendo a maior parte atividade mecânica que esgota e deprime. Embora os professores estejam no centro do trabalho pedagógico remoto eles enfrentam perda de direitos e um discurso político-pedagógico que coloca a tecnologia educacional no centro do cenário, que secundariza o trabalho e o esforço empreendido por eles.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Antônia de Souza, Universidade Tuiuti do Paraná; Universidade Estadual de Ponta Grossa
Faculdade de Ciências Humanas, Letras e Artes. Programa de Pós-graduação (Mestrado e Doutorado) em Educação.
Maria de Fátima Rodrigues Pereira, Universidade Tuiuti do Paraná
Faculdade de Ciências Humanas, Letras e Artes. Programa de Pós-graduação (Mestrado e Doutorado) em Educação.
Maria Iolanda Fontana, Universidade Tuiuti do Paraná
Faculdade de Ciências Humanas, Letras e Artes. Programa de Pós-graduação (Mestrado e Doutorado) em Educação.

Referências

ARAUCÁRIA. Decreto Municipal nº 34.516 de 12 de maio de 2020. Dispõe sobre concessão de licença prêmio e férias aos servidores que se encontram em trabalho remoto ou dispensados temporariamente, em razão da pandemia pelo Coronavírus. Araucária, 2020.

ARAUCÁRIA. Lei nº 1.703 de 11 de dezembro de 2006. Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos do município de Araucária. Araucária, 2006.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Obras escolhidas, vol. 1. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

BORON, Atilio A. Filosofia política moderna. De Hobbes a Marx. Em publicacion: Filosofia política moderna: de Hobbes a Marx. CLACSO, Consejo Latinoamericano de Ciências Sociales, DCP-FFLCH, Departamento de Ciências Políticas, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, USP, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Nota de esclarecimento. Brasília, 18 de março de 2020a. Disponível em http://consed.org.br/media/download/5e78b3190caee.pdf. Acesso: 20 jul. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer nº 5 de 28 de abril de 2020b. Reorganização do calendário escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da COVID-19. Disponível em: https://abmes.org.br/arquivos/legislacoes/Parecer-cne-cp-005-2020-04-28.pdf Acesso em: 20 jul. 2020.

CÂNDIDO, Antônio. O Significado de Raízes do Brasil. In: HOLANDA, Sergio Buarque de. Raízes do Brasil. Rio de Janeiro: Editora J. Olympio, 1976.

Fórum Nacional de Educação do Campo - FONEC. Pela reorganização do calendário escolar sem ensino remoto: em defesa do direito à Educação do Campo. Brasília, 2 de junho de 2020.

FRANCO, Maria Amélia Santoro. Pedagogia e prática docente. São Paulo: Cortez, 2012.

MOTA, Charles Maycon de Almeida; RIOS, Vasconcelos Pacheco. Docência e diferenças nas escolas rurais: narrativas de formação na pesquisa (Auto) biográfica. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto) Biográfica, Salvador, v. 2, n. 4, p. 192-204, jan./abr. 2017. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/3605/2322. Acesso em: 8 jun. 2020.

PARANÁ. SEED. Resolução nº 1.016 de 3 de abril de 2020. Regime especial, aulas não presenciais. Curitiba, 2020. Disponível em http://www.educacao.pr.gov.br/sites/default/arquivos_restritos/files/documento/2020-05/resolucao_1016_060420.pdf Acesso em: 20 jul. 2020.

QUEIROZ, Maria Isaura Pereira. Relatos orais: do indizível ao dizível. In: VON SIMSON, O. R. de M. (Org.). Experimentos com histórias de vida (Itália-Brasil). São Paulo: Vértice, 1988.

SÃO JOSÉ DOS PINHAIS. Conselho Municipal de Educação. Deliberação nº 4 de 24 de abril de 2020. Disponível em http://servicos.sjp.pr.gov.br/servicos/anexos/doe/20200429_073831_76.pdf Acesso em: 20 jul. 2020.

SOUZA COUTO, Edvaldo; SOUZA COUTO, Edilece; PORTO CRUZ, Ingrid de Magalhães. #Fiqueemcasa: educação na pandemia da covid-19. Interfaces científicas, V. 8, n. 3, p. 200 – 217. Aracaju, 2020.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Diálogos cruzados sobre pesquisa (auto)biográfica: análise compreensiva-interpretativa e política de sentido. Revista Educação UFSM, Santa Maria, v. 39, n. 1, p. 85-104, jan./abr. 2014. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/11344/pdf. Acesso em: 7 jun. 2020.

TIJUCAS DO SUL. Decreto nº 3.392 de 27 de março de 2020. Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do Coronavírus – COVID-19. Tijucas do Sul, 2020.

Publicado
2020-12-29
Métricas
  • Visualizações do Artigo 1236
  • pdf downloads: 1046
Como Citar
DE SOUZA, M. A.; PEREIRA, M. DE F. R.; FONTANA, M. I. Educação em tempos de pandemia: narrativas de professoras(es) de escolas públicas rurais. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, v. 5, n. 16, p. 1614-1631, 29 dez. 2020.