Narrativas de jovens do Rosado/RN: experiências dos mais velhos para a formação em coletividade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2021.v6.n17.p363-374

Palavras-chave:

Jovens, Narrativas (auto)biográficas, Saberes da experiência, Formação

Resumo

Este estudo objetiva compreender como os saberes da experiência dos mais velhos contribuem para a construção da formação dos jovens da Comunidade do Rosado/RN em seus espaços de possibilidades na dimensão do corpo, do tempo e do pertencimento ao lugar. As narrativas (auto)biográficas permitiram um registro dos espaços do lugar, da biografia do corpo, das lembranças e das experiências dos mais velhos compartilhadas com os jovens da Comunidade do Rosado - distrito de Porto do Mangue/RN. Utilizamos a pesquisa (auto)biográfica como método de investigação, consideramos as narrativas biográficas como acessíveis e identificáveis para a história de vida como práticas de formação constitutivo da experiência ao longo da vida. Compreendemos por meio das narrativas de dois jovens da comunidade, que as lições de aprendizagem dos mais velhos através dos saberes da experiência, nos seus espaços de vivencias são repassados para os jovens. Esses saberes da experiência, tais como: pescar, plantar, esculpir, rezar e costurar permanecem no lugar, de modo que os próprios jovens aprendem e compartilhem uns com os outros na construção de representações em coletividade. Esses sujeitos históricos e sociais tiram forças devido ao sentimento de pertença e à participação na construção e desenvolvimento dos espaços onde habitam.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Lúcia Oliveira Aguiar, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)

Pós-Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Ceará (UFC) na linha de pesquisa Movimentos Sociais, Educação Popular e Escola. Doutorado em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Graduada e Licenciatura em História pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Tem Especialização em Inclusão pela Rede Municipal de Educação de Mossoró/RN, Curso da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), de Intérprete de LIBRAS, pela UERN e Curso de LEDOR, este pela CESGRANRIO, Curso de Legendagem para Surdos e Ensurdecidos, pela UFRN, Curso de Audiodescrição pela UFRN, Curso de Orientação e Mobilidade. Atualmente é professora Adjunta IV da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Foi bolsista de produtividade da UERN, membro dos Grupos de Pesquisa em Educação, Memória, (Auto) Biografia e Inclusão (GEPEMABI) da UERN e membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em História da Educação do Ceará (GEPHEC), da Universidade Federal do Ceará. É professora do Programa de Pós-Graduação, Mestrado em Educação, da UERN e representante da Linha de Pesquisa Formação Humana e Desenvolvimento Profissional Docente, no Programa de Pós Graduação em Educação/POSEDUC, vinculada ao Programa Interinstitucional de Doutorado em Ciências da Saúde (DINTER), Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, como co-orientadora. É Diretora da Diretoria de Políticas e Ações Inclusivas (DAIN), membro Titular da Comissão de Extensão da Pró-Reitoria de Extensão da UERN, membro representando a Diretoria de Políticas e Ações Inclusivas (DAIN), da Junta Multiprofissional da UERN. Bolsista de Produtividade da UERN. Coordena pesquisas de Iniciação Científica (PIBIC) e de Inovação Tecnológica (PIBIT) sobre a perspectiva (auto) biográfica da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte com apoio do CNPq, pesquisas sobre Deficiência Auditiva, Deficiência Física, Deficiência Visual e Deficiência Intelectual financiadas pela UERN e pelo CNPq, respectivamente. Coordenou pesquisa com apoio da Fundação de Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (FAPERN). Parecerista Ad Hoc junto à Comissão Permanente de Pesquisa (CPP) da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte e Membro Titular da Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação, da UERN. Reúne experiência em pesquisas e extensão com populações camponesas, migrantes, Povos do Mar, Povos do Campo, Quilombolas, Caiçaras, em projetos Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Trabalho com a Metodologia da História Oral e (Auto) Biografia.

Stenio de Brito Fernandes, Secretaria da Educação e da Cultura do Estado do Rio Grande do Norte (SEEC/RN)

Mestre em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação (POSEDUC) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), e relaciona-se à linha de pesquisa Práticas Educativas, Cultura, Diversidade e Inclusão. Especialista em Mídia na Educação pelo Núcleo de Educação a Distância (NEAD/UERN) (2015). Especialista em História do Brasil República pela UERN (2005), possui graduação em Geografia pela UERN (1999). Atualmente é professor estatutário no município de Porto do Mangue/RN (2003), no Ensino Fundamental II na Escola Municipal Francisca Serafim de Souza e concursado do Estado do Rio Grande do Norte (RN) (2006), com disciplinas de geografia no Ensino Fundamental II e Educação de Jovens e Adultos (EJA) na Escola Estadual Jerônimo Vingt Rosado Maia. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação, Memória (Auto) Biográfica e Inclusão (GEPEMABI/UERN). Participo do Projeto de Pesquisa em andamento da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPEG/UERN), intitulado: Ascensão Social por meio dos estudos de estudantes de origem popular: da Educação Básica até a Universidade. Faço parte do Projeto de Extensão, intitulado: Histórias de Vida em Música, Teatro e Desenho: Vozes Silenciadas. Ação desenvolvida pela Diretoria de Políticas e Ações Inclusivas (DAIN/UERN) e Pró-Reitoria de Extensão (PROEX/UERN). Tem experiência na área de Educação no Ensino Fundamental II e EJA no Ensino de Geografia, Educação Inclusiva e Narrativas (auto) Biográficas.

Aleksandra Nogueira de Oliveira Fernandes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN

Doutoranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional - PPGEP do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN, Campus Natal central, na linha de História, Memória e Historiografia da Educação Profissional. Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação - POSEDUC da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN na linha de Formação Humana e Desenvolvimento Profissional Docente (2015). Especialista em Educação, na área de Ensino e Currículo (2010) pela UERN e graduada em Pedagogia pela UERN (2007). Professora de Didática, em regime de dedicação exclusiva, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), Campus Mossoró. Professora do curso de Especialização em Educação e Contemporaneidade do IFRN, Campus Mossoró. Atuou como professora efetiva da Educação Infantil na rede pública municipal (2010 a 2012). Atuou como professora colaboradora do Departamento de Educação da Faculdade de Educação da UERN de 2010 a 2015 ministrando disciplinas pedagógicas. Tem experiência na área de Educação, com ênfase na educação profissional, prática de ensino e saberes docentes, educação e trabalho, didática, alfabetização e letramento, educação infantil, desenvolvimento profissional, educação inclusiva e narrativas (auto) biográficas.

Referências

BARROS, Luis Felipe Fernandes. O Desenvolvimento do Geoturismo no município de Porto do Mangue/RN com base no complexo “Dunas do Rosado”: patrimônio geológico Potiguar. UFRN/Programa de Educação Tutorial (P.E.T.) Natal RN. Campinas, SeTur/SBE. Pesquisas em Turismo e Paisagens Cársticas, 2(1), (2009). Disponível em: www.sbe.com.br. Acesso em: 20 jan. 2016.

BONDIÁ, Jorge Larrosa. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação. Nº 19. Jan/Fev/Mar/Abr, p. 20-28. Universidade Estadual de Campinas, Departamento de Lingüística, (2002). Disponível em: www.scielo.br/. Acesso em: 31 maio 2017.

BOSI, Ecléa. Memória e Sociedade. Lembranças de velhos. 3ª ed. – São Paulo: Companhia das Letras, (1994).

FERNANDES, Stenio de Brito. Contar a vida, construir a formação: narrativas de empoderamento dos povos do mar da Comunidade do Rosado/RN. 2018. 210 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual do Rio Grande do Norte. Mossoró. 2018.

JOSSO, Marie-Christine. Experiência de vida e formação. 2 ed. rev. e amp. Natal, RN: EDUFRN, São Paulo: Paulus, (2010a).

JOSSO, Marie-Christine. Caminhar para si. Porto Alegre: Edipucrs. Tradução de Albino Pozzer, (2010b).

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 19ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, (1987). Disponível em: www.dhnet.org.br. Acesso em: 27 dez. 2015.

DELORY-MOMBERGER, Chistine. Biografia, Corpo, Espaço. Tendências da pesquisa (auto) biográfica, In; PASSEGI, Maria da Conceição Passegi. Natal – RN: EDUFRN; São Paulo: Paulus, (2008a).

DELORY-MOMBERGER, Chistine. Biografia e Educação: figuras do indivíduo-projeto. Natal – RN: EDUFRN; São Paulo: Paulus, (2008b).

PINEAU, Gaston. LE GRAND, Jean-Louis. As histórias de vida; Tradução de Carlos Eduardo Galvão Braga e Maria da Conceição Passeggi – Natal: EDUFRN, 2010.

RODAS, Hilderman Cardona; ARBOLEDA, Juan David Cardona. Heterotopías urbanas. Espacios de la exclusión y miradas biopolíticas de Medellín en el siglo XX. Revista Ciencias Sociales y Educación. Universidad de Medellín. Vol. 5, No. 9, p. 81-104, enero-junio de 2016. Disponível em: https://revistas.udem.edu.co/. Acesso em: 28 abr. 2020.

Downloads

Publicado

2021-05-31

Como Citar

AGUIAR, A. L. O.; FERNANDES, S. de B.; FERNANDES, A. N. de O. Narrativas de jovens do Rosado/RN: experiências dos mais velhos para a formação em coletividade. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, [S. l.], v. 6, n. 17, p. 363–374, 2021. DOI: 10.31892/rbpab2525-426X.2021.v6.n17.p363-374. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/8459. Acesso em: 22 abr. 2024.