Narrativas de viagem nos escritos de um educador viajante - Anísio Teixeira: memórias, formação, modelos de educação e saberes

Palavras-chave: Anísio Teixeira, narrativas de viagem, memórias, formação, modelos de educação e saberes

Resumo

O presente artigo tem por pretensão analisar as narrativas e representações de um modelo educacional considerado como ideal na escrita de viagem de Anísio Teixeira, e procurar compreender como Anísio se apropriou desse modelo colocando-o em prática no seu percurso pela educação pública. Para tanto, utilizo como fonte de estudo dois diários e um relatório que foram produtos de suas viagens à Europa em 1925 e aos Estados Unidos em 1927, que tinham como propósitos conhecer e estudar modelos pedagógicos e práticas educativas consideradas inovadoras. Este trabalho pretende contribuir na reflexão de apropriações e possíveis leituras de um modelo de ensino estrangeiro na formação e atuação de Anísio Teixeira, e ainda, dar visibilidade às ações concretas e modos de compreendê-las próprio de Anísio desse modelo educativo considerado referencial. A escolha da temática do presente trabalho se justifica na medida em que os estudos historiográficos têm voltado o seu interesse nas pesquisas sobre viagens e os escritos produzidos pelos viajantes, os quais contemplam discursos, representações e imagens da sociedade, da cultura, da educação, de ideias etc.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silmara Fatima Cardoso, Secretaria Municipal de Educação de São Paulo
Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo – FEUSP. Professora da Rede Municipal de Educação de São Paulo, Secretaria Municipal de Educação de São Paulo.

Referências

FONTES

TEIXEIRA, Anísio. Anotações de viagem à Europa. Lisboa, 1925, 54 p. Atpi: 25.07.17 (filme 03). FGV/CPDOC.

TEIXEIRA, Anísio. Anotações de viagem aos Estados Unidos. Navio Pan American, 1927, 50 p. Atpi: 25.07.17 (filme 03). FGV/CPDOC.

TEIXEIRA, Anísio. Aspectos americanos de educação. Salvador: Tip. São Francisco, 1928.

REFERÊNCIAS

BUENDÍA, Miguel. Modelos de escola na história de Moçambique. In: NÓVOA, António e SCHRIEWER, Jürgen (Eds.). A difusão mundial da escola. Lisboa: Educa, 2000. p. 151-155.

CARVALHO, Marta Maria Chagas de. A bordo do navio, lendo notícias do Brasil: o relato de viagem de Adolphe Ferrière. In: MIGNOT, Ana ChrystinaVenâncio e GONDRA, José (Orgs). Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007. p. 277-293.

__________. Anísio Teixeira: itinerários. In: CARVALHO, Marta Maria Chagas de. A escola e a república e outros ensaios. Bragança Paulista: EDUSF, 2003. p. 165-193.

CHAUÍ, Marilena. Cultura e democracia: o discurso competente e outras falas. São Paulo: Moderna, 1982.

HERMES LIMA. Anísio Teixeira: estadista da educação. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

HOUSSAYE, Jean. Pedagogias: importação-exportação. In: MIGNOT, Ana Chrystina Venâncio e GONDRA, José Gonçalves (Orgs). Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007. p. 294-314.

JULIA, Dominique. A cultura escolar como objeto histórico. Revista Brasileira de História da Educação. Maringá, Universidade Estadual de Maringá. v. 1, n. 1 [1], p. 9-43, fev. 2012. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/rbhe/article/view/38749 Acessado em: 04 oct. 2019.

LAWN, Martin. Os professores e a fabricação de identidades. In: NÓVOA, António e SCHRIEWER, Jürgen (Eds.). A difusão mundial da escola. Lisboa: Educa, 2000. p. 69-84.

MIGNOT, Ana Chrystina Venancio e GONDRA. Viagens pedagógicas (Orgs). São Paulo: Cortez, 2007.

____________. Viagens de educadores e circulação de modelos pedagógicos. In: MIGNOT, Ana Chrystina Venâncio e GONDRA, José (Orgs). Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007. p. 39-64.

____________. A descoberta da América. In: NUNES, Clarice (org.) Aspectos americanos de educação & Anotações de viagem aos Estados Unidos em 1927. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2006. p. 9-24.

NAGLE, Jorge. Educação e sociedade na Primeira República. São Paulo: EPU; Rio de Janeiro: Fundação Nacional de Material Escolar, 1976.

NÓVOA, António. Tempos da escola no espaço Portugal-Brasil-Moçambique: dez digressões sobre um programa de investigação. In: NÓVOA, António e SCHRIEWER, Jürgen (Eds.). A difusão mundial da escola. Lisboa: Educa, 2000. p. 121-142.

NÓVOA, António e SCHRIEWER, Jürgen (Eds.). A difusão mundial da escola. Lisboa: Educa, 2000.

NUNES, Clarice. Anísio Teixeira: a poesia da ação. Bragança Paulista: EDUSF, 2000.

___________. Cultura escolar, modernidade pedagógica e política educacional no espaço urbano carioca. In: HERSCHMANN, Micael; KROPF, Simone e NUNES, Clarice. Missionários do progresso: médicos, engenheiros e educadores no RJ – 1870/1973. Rio de Janeiro: Diadorim, 1996. p. 155-224.

SCHRIEWER, Jürgen. Formas de Externalização no Conhecimento Educacional. Lisboa: EDUCA, 2001.

SILVA, Vivian Batista. Saberes em viagem nos manuais pedagógicos: construções da escola em Portugal e no Brasil (1870-1970). 2005, 400 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

TEIXEIRA, Anísio. Educação não é privilégio. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1994.

VENANCIO FILHO, Francisco. Contribuição norte-americana à educação no Brasil. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Rio de Janeiro, V. IX, n° 25, p. 229-266, nov./dez., 1946.

VIÑAO, Antonio. Las autobiografias, memorias y diários como fuente histórico-educativa: tipologia y usos. Revista Teias, UERJ, Rio de Janeiro, volume 1, p. 82- 95, 2000. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revistateias/article/view/23827 Acessado em: 04 oct. 2019.

Publicado
2020-06-28
Métricas
  • Visualizações do Artigo 261
  • PDF downloads: 190
Como Citar
CARDOSO, S. F. Narrativas de viagem nos escritos de um educador viajante - Anísio Teixeira: memórias, formação, modelos de educação e saberes. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, v. 5, n. 13, p. 165-177, 28 jun. 2020.