A criação de um ebook bilíngue (Libras-português)

uma proposta de inclusão no ensino de química

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30620/gz.v9n1.p99

Palavras-chave:

Estudantes surdos, Ensino-aprendizagem de Química, Ebook, Sinalário de Química

Resumo

Na maioria das vezes, o ensino de Química tem sido realizado por meio de práticas pedagógicas pautadas exclusivamente no uso da Língua Portuguesa, por isso é raro encontrar materiais didáticos que contenham conceitos químicos apresentados em Língua Brasileira de Sinais - Libras. Esta pesquisa ainda em andamento, tem como objetivos proporcionar a criação e divulgação de um material bilíngue (Libras-Língua portuguesa). Desta maneira, este trabalho trata-se de uma pesquisa aplicada e de natureza qualitativa. Um Ebook será desenvolvido e contemplará 30 (trinta) sinais de Química. Para sua elaboração, levantamos 18 (dezoito) fontes de pesquisa dos sinais. Por fim, visando a difusão dos resultados gerados, ressalta-se a disponibilização do Ebook nos grupos de WhatsApp para que o mesmo seja popularizado afim de todos utilizarem, em especial nas aulas de Química, contribuindo assim para um ensino mais inclusivo, acessível e significativo.

[Recebido: 28 jul. 2021 – Aceito: 20 ago. 2021]

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lidiane Sacramento Soares, Universidade do Estado da Bahia - UNEB

Graduada em História e em Pedagogia; Graduanda em Letras Libras; Pós-Graduada em Libras e em Atendimento Educacional Especializado; Pós-Graduanda em Educação Científica e Popularização das Ciências; Mestranda em Crítica Cultural (UNEB). Atualmente é TILSP de Nível Superior do CAS em Aracaju (SE), e pesquisadora da área da Surdez, mais especificamente sobre a Educação de Surdos.

André Luiz Andrade Rezende, Instituto Federal Baiano - IF/Campus Catu

Tecnólogo em Processamento de Dados; Mestre em Modelagem Computacional; Doutor em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Atualmente é Professor efetivo com dedicação exclusiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano - Campus Catu) e pesquisador na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

Referências

BRASIL. MEC/SEESP. A Educação Especial na Perspectiva da Inclusão Escolar: recursos pedagógicos acessíveis e comunicação alternativa e aumentativa. Fortaleza, Universidade Federal do Ceará, vol. 6, 2010.

BRASIL, Lei n. 13.146, de 6 de julho de 2015. Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, 2015. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm. Acesso em: 12 maio 2021.

BRASIL. Decreto n. 5.626, de 22 de dezembro de 2005. Regulamenta a Lei n. 10436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais (Libras), e o art. 18 da Lei n. 10.098 de 19 de dezembro de 2000. Presidência da República, Casa Civil, Subchefia para Assuntos Jurídicos, Brasília, DF, 22 dez. 2005. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5626.htm. Acesso em: 25 abr. 2016.

BRASIL. Declaração de Salamanca e linha de ação sobre Necessidades Educativas Especiais. 2. ed. Brasília: CORDE, 1994. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf. Acesso em: 8 abr. 2021. CHARALLO, T. G. C.; ZARA, R. A.; FREITAS, K. R. de. Análise dos sinais de química existentes em libras segundo a gestualidade. Revista Experiências em Ensino de Ciências, v. 13, n. 1. 2018. Disponível em: https://if.ufmt.br/eenci/artigos/Artigo_ID455/v13_n1_a2018.pdf. Acesso em: 25 maio 2021.

COSTA, A. L. F. da. A terminologia química em libras na literatura e a adotada no ensino de química em escolas públicas de Goiás. Dissertação (Mestrado em Educação para Ciências e Matemática). Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Goiás, Campus Jataí. p. 175. 2016. https://www.ifg.edu.br/attachments/article/1279/Dissertacao_Ana_Luiza_Fernandes_da_Costa_2016(.pdf3690kb).pdf.

DEMO, P. Educação Científica. Revista Brasileira de Iniciação Científica, v. 1, n. 1, Maio/2014. Disponível em: http://itp.ifsp.edu.br/ojs/index.php/IC/index. Acesso em: 23 set. 2019.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (Org.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2009. (Educação a Distância, 5).

GLOSSÁRIO CIÊNCIA. (2013). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=sp7bDokYih4. Acesso em: 16 maio 2020. 2min. 25seg.

GLOSSÁRIO QUÍMICA. CAS/Blumenau-SC. 2015. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=duAbZrU8LNE&t=2s. Acesso em: 21 maio 2021. 3min. 40seg.

GLOSSÁRIO DE CIÊNCIAS. CAS/FCEE. São José – SC. 2013. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=sp7bDokYih4. Acesso em: 24 maio 2021. 2min. 25seg.

LABURÚ, C. E. CARVALHO, Marcelo de. Educação científica: controvérsias construtivistas e pluralismo metodológico. Londrina: Ed. Eduel, 2005.

LIBRASQUIM. IFPB – Campus João Pessoa. 2019. Disponível em: https://joaopessoa.ifpb.edu.br/librasquim/#!. Acesso em: 25 maio 2021.

MARINHO, M. L. O ensino de Biologia: o intérprete e a geração de sinais. Dissertação de Mestrado. Universidade de Brasília - Programa de Pós-graduação em Linguística, Instituto de Letras. Brasília, Brasil, 2007.

MARQUES, A. N. L. LONGHIN, S. R. Vendo vozes e ouvindo o mundo: a inclusão mediada pelo ensino de química. Revista de Educação Dom Alberto, v. 1, n. 9, jan./jul. 2016. p. 64-83.

OLIVEIRA, L. A. A escrita do surdo: relação texto e concepção, 2001. Disponível em: http://www.vigotski.net/anped/2001-GT15_tx05.pdf. Acesso em: 2 ago. 2011.

ROITMAN, I. Educação científica: quanto mais cedo, melhor. Brasília, DF: RITLA, 2007.

SALDANHA, J. C. O ensino de química em Língua Brasileira de Sinais. 2011. 160p. Dissertação (Mestrado em Ensino das Ciências na Educação Básica) - Universidade do Grande Rio “Prof. José de Souza Herdy”. Duque de Caxias.

SOUZA, S.; SILVEIRA, H. Terminologias Químicas em Libras. In: Química Nova Escola, v. 33, n. 1, fev. 2011.

STUMPF, Marianne. Aprendizagem de Escrita de Língua de sinais pelo sistema SignWriting: Línguas de sinais no papel e no computador. Porto Alegre, 2005, p. 36. Tese de Doutorado da Universidade Federal de Rio Grande do Sul.

SINALÁRIO DE QUÍMICA. Instituto Phala, 2013. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=yoy9dGCvljY&t=16s. Acesso em: 22 maio 2021. 4min.

SINALÁRIO DE QUÍMICA. Instituto Phala, 2016. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=PvKoerFOPpM&t=9s. Acesso em 23 maio 2021. 2min. 30seg.

SINALÁRIO QUÍMICA – LIBRAS. IFSP/Campus Suzano. 2018. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=6KV3ahzTHsk&t=124s. Acesso em: 22 maio 2021. 3min. 7seg.

SINALÁRIO DE QUÍMICA (1º ANO). IFBA/Campus Vitória da Conquista. 2018. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=MNJpD5hZpw8&t=22s. Acesso em: 22 maio 2021. 5min. 50seg.

SINALÁRIO DE FÍSICO-QUÍMICA (2º ANO). IFBA/Campus Vitória da Conquista. 2018. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=3k3t_7WCGP0&t=64s. Acesso em: 22 maio 2021. 6min. 5seg.

SINALÁRIO DE QUÍMICA. IFPE/Campus Barreiros. 2015. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=7mAcmwHC4lA. Acesso em: 23 maio 2021. 3min. 21seg.

SINALÁRIO DE QUÍMICA. IFSC/Campus Palhoça Bilíngue. 2016. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=OXX9BTn7yvs&list=PL7ESPGFgJ72ocp4_EyCbhNsFOSG6cS4Uh. Acesso em: 23 maio 2021.

SINALÁRIO ILUSTRADO DE QUÍMICA EM LIBRAS/SinQui. INES. 2019-2020. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=uW3w7jOu4zU&list=PL18ybxrEghTsp5KTZchwQxZUraWM6Egcg. Acesso em: 24 maio 2021.

SINALÁRIO DE QUÍMICA PR. 2017. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=OFWO3XR7EJU&list=PLZ2pkgsB2NThppYZIkvIT6me90fSCoUF0. Acesso em: 25 maio 2021.

VOCABULÁRIO DE QUÍMICA EM LIBRAS. IFF/Campus Cabo Frio. 2013. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=1LiRuhwSW74. Acesso em: 21 maio 2021. 2min. 21seg.

Publicado

2021-10-30

Como Citar

SOARES, L. S.; REZENDE, A. L. A. A criação de um ebook bilíngue (Libras-português): uma proposta de inclusão no ensino de química. Grau Zero – Revista de Crítica Cultural, Alagoinhas-BA: Fábrica de Letras - UNEB, v. 9, n. 1, p. 99–121, 2021. DOI: 10.30620/gz.v9n1.p99. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/grauzero/article/view/12381. Acesso em: 23 maio. 2024.