Práticas de leituras no ensino intercultural de Monica's Gang

  • Jamile de Oliveira Silva

Resumo

O presente trabalho propõe uma perspectiva possível na práxis pedagógica por meio da análise do discurso (formações discursivas) e do letramento, tomando a noção de interculturalidade presente nas tirinhas da Turma da Mônica (Monica´s Gang) como um possível instrumento pedagógico, diante de um contexto de ensino aprendizagem que historicamente impõe sérias “limitações” no que se refere a uma educação crítico-reflexiva. Nesse sentido, as reflexões aqui apresentadas assinalam como as dimensões interculturais nas formações discursivas encontradas na Turma da Mônica podem proporcionar uma análise crítica dos contextos em que estão inseridos os falantes de inglês como língua estrangeira, com base nos discursos presentes em tirinhas da Turma da Mônica (na versão inglesa). O trabalho foi desenvolvido através de um estudo de caráter bibliográfico utilizando o suporte teórico de Rajagopalan (2006), PCNLE (1999), Street (1993), Kleiman (2005), Orlandi (2012), apontando os conceitos de ensino de língua estrangeira, letramento e textualidade além, da necessidade de analisar textos em sala de aula. A análise nos permitiu fazermos levantamentos de mitos e preconceitos existentes na nossa cultura promovendo uma reflexão acerca do modo como a nossa sociedade vem sendo estabelecida e, quais atitudes são necessárias para que a mudança na aprendizagem de língua inglesa ocorra gradativamente enquanto, cidadãos e formadores de opinião.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-03-04
Métricas
  • Visualizações do Artigo 15
  • PDF downloads: 14