A Expansão do ensino secundário na Bahia 1942-1961

Resumo

RESUMO

 

Este artigo busca discutir a expansão do ensino secundário na Bahia, durante o período compreendido entre os anos de 1942 até 1961.  É parte dos resultados de uma pesquisa nacional, Ensino secundário no Brasil em perspectiva histórica e comparada (1942-1961). Coordenação de Eurize C. Pessanha e Financiada pelo CNPQ. Com seu início no ano de 1836  o Ensino Secundário baiano contava com o Liceu Provincial na Capital , que 1895 passou a chamar-se Ginásio da Bahia e com a  Reforma Capanema de 1942 Colégio da Bahia, permanecendo como um único estabelecimento em Salvador até 1947.Objetivamos demonstrar que o início de expansão ocorre a partir do governo de Otávio Mangabeira eleito democraticamente. Utilizamos das fontes do Arquivo Público da Bahia - APBA e Instituto Geográfico e Histórico da Bahia–IGHBa e Biblioteca Pública da Bahia – BPBa e Arquivo Municipal de Salvador , além disso, consulta dos  Jornais : A Tarde e Diário de Notícias. As fontes foram analisadas, chegando a conclusão de que o período mais democrático contribuiu para a expansão.

 

Palavras chave :  Ensino Secundário, História da Educação, Bahia

 

THE EXPANSION OF SECONDARY EDUCATION IN BAHIA

1942-1961

 

ABSTRAT

This article seeks to discuss the expansion of secondary education in Bahia, during the period from 1942 to 1961. It is part of the results of a national survey, Secondary education in Brazil in a historical and comparative perspective (1942-1961). Coordination by Eurize C. Pessanha and Funded by CNPQ. With its beginning in the year of 1836 the Secondary Education of Bahia had the Provincial High School in the Capital, which in 1895 was renamed Ginásio da Bahia and the Capanema Reformation of 1942 Colégio da Bahia, remaining as a single establishment in Salvador until 1947. We aim to demonstrate that the beginning of expansion occurs from the democratically elected government of Otávio Mangabeira. We used the sources of the Public Archive of Bahia - APBA and the Geographic and Historical Institute of Bahia - IGHBa and Public Library of Bahia - BPBa and the Municipal Archive of Salvador, in addition, consultation of the Newspapers: A Tarde and Diário de Notícias. The sources were analyzed, concluding that the most democratic period contributed to the expansion.

 

Keywords: Secondary Education, History of Education, Bahia.


LA EXPANSIÓN DE LA EDUCACIÓN SECUNDARIA EN BAHIA

1942-1961


RESUMEN

Este artículo busca discutir la expansión de la educación secundaria en Bahía, durante el período de 1942 a 1961. Es parte de los resultados de una encuesta nacional, Educación secundaria en Brasil en una perspectiva histórica y comparativa (1942-1961). Coordinación por Eurize C. Pessanha y Financiado por CNPQ. Con su inicio en 1836, la Educación Secundaria de Bahía tenía la Escuela Secundaria Provincial en la Capital, que en 1895 pasó a llamarse Ginásio da Bahia y la Reforma Capanema de 1942 Colégio da Bahia, permaneciendo como un solo establecimiento en Salvador hasta 1947. Nuestro objetivo es demostrar que el comienzo de la expansión se produce desde el gobierno democráticamente elegido de Otávio Mangabeira. Utilizamos las fuentes del Archivo Público de Bahía - APBA y el Instituto Geográfico e Histórico de Bahía - IGHBa y la Biblioteca Pública de Bahía - BPBa y el Archivo Municipal de Salvador, además de la consulta de los Periódicos: A Tarde y Diário de Notícias. Se analizaron las fuentes y se concluyó que el período más democrático contribuyó a la expansión.

Palabras clave: Educación Secundaria, Historia de la Educación, Bahía.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sara Martha Dick, Universidade Federal da Bahia
Professora Titular , Faculdade de Educação Departamento de Educação Área História da Educação

Referências

Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 6, n. 17, nov.1945, p. 283-310

BOAVENTURA, E. M. “Anísio Teixeira e a autonomia da educação baiana”. In: Revista da Bahia. Salvador, v.32, n.31, jul. p.70-83, 2000.

BOAVENTURA, E. M. Problemas da educação baiana. Salvador: Gráfica Universitária, 1977.

BULCÃO, A .de A. de A. Relatório com que o ILM. e EXM. Sr. Dr. Antonio de Araújo de Aragão Bulcão passou a 23 de Março de 1881 a administração da Provincia ao ILM. E EXM. Sr. Conselheiro João Lustosa da Cunha Paranaguá. Bahia: Typ. do “Diário da Bahia”,1881.

CHERVEL, André; COMPÈRE, Marie-Madeleine. As humanidades no ensino. Educ. Pesqui. vol.25 no.2 São Paulo July/Dec. 1999. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S151797021999000200012 Acesso em 19 /10/2019

FARIAS, Gelásio de Abreu. MENEZES, Francisco da Conceição. Memória Histórica do Ensino Secundário Official na Bahia durante o primeiro século 1837 -1937

MATTOSO , Kátia - Bahia Século XIX - uma Província no Império. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1992.

NUNES, C. “O „velho‟ e o „bom‟ ensino secundário: momentos decisivos”. In: Revista Brasileira de Educação. ANPEd (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação). Rio de Janeiro: nº 14. Mai/Jun/Ago, 2000.

JESUS, Andeia Reis de. Colégio Estadual da Polícia Militar – Primeiros Tempos : formando brasileiros e soldados ( 1957- 1972 ). Dissertação de Mestrado. Faculdade de Educação – FACED/UFBA . Salvador. 2011

SILVA, Ronalda Barreto , FONSECA, Daisy da Costa Lima . A atuação da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade - CNEC na educação baiana (1953-1964).disponívei em http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/anpuhnacional/S.22/ANPUH.S22.599.pdf , acesso em outubro de 2019.

TAVARES, Luís Henrique Dias. História da Bahia. 10ª ed. São Paulo: Ed. UNESP / Salvador: EDUFBa, 2001. 542 p.

TAVARES, Luís Henrique Dias. Fontes para o estudo da educação no Brasil. (BAHIA– TOMO I). Salvador: PROMEBA/UNEB, 2000/2001. 502p.

TAVARES, Luís Henrique Dias. Duas reformas da educação na Bahia : 1895 -1925. Salvador: MEC/Centro Regional de Pesquisas Educacionais da Bahia, 1968.

TAVARES, Luís Henrique Dias. História da Bahia. 8. ed. São Paulo: Ática, 1987.

TEIXEIRA, Anísio. A Escola Secundária em Transformação. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. V.23 . N.57. Janeiro-Março . 1955. Pg

TEIXEIRA, Anísio S. Educação Média. (s/d mimeografado).

TEIXEIRA, Anísio. "Exposição de Motivos" e "Ante-Projeto Lei Orgânica de Educação e Cultura do Estado da Bahia", Educação e cultura, Salvador: Editora Mensageiro da Fé Ltda.,1965.

Publicado
2020-10-29
Métricas
  • Visualizações do Artigo 36
  • pdf downloads: 21
Como Citar
Dick, S. M. (2020). A Expansão do ensino secundário na Bahia 1942-1961. Revista Da FAEEBA - Educação E Contemporaneidade, 29(59), 310-327. https://doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2020.v29.n59.p310-327