NO “FIO DA NAVALHA”: projetos de futuro de jovens em privação de liberdade

Autores

  • Jorddana Rocha de Almeida Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG)
  • Geraldo Leão Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

DOI:

https://doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2018.v27.n53.p237-250

Palavras-chave:

Educação, Juventude, Privação de liberdade, Medidas socioeducativas, Projetos de futuro

Resumo

O artigo discute os projetos de futuro de jovens em conflito com lei baseando-se nos resultados de uma pesquisa com adolescentes que cumpriam medida de semiliberdade em um município do interior de Minas Gerais. Os dados foram coletados por meio da análise de documentos, observação participante e entrevistas semiestruturadas com 16 jovens com idades entre 13 e 18 anos. As experiências juvenis, em suas múltiplas dimensões, se constituíram em um contexto sociocultural de vulnerabilidade e de relações sociais marcadas por violações de direitos sociais e de processos de desumanização. As experiências da medida socioeducativa de semiliberdade foram vivenciadas como desafiadoras, demarcadas por conflitos com os adultos e os colegas, vistas pelos participantes como situações de provações constantes. A relação com o projeto de futuro se revelou como uma dimensão distante, prevalecendo uma adesão ao tempo presente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorddana Rocha de Almeida, Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG)

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pedagoga do Instituto Federal de Minas
Gerais (IFMG) – Campus Sabará

Geraldo Leão, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Professor Associado da Faculdade de Educação da Universidade
Federal de Minas Gerais (UFMG

Referências

ABRAMO, Helena Wendel. Condição juvenil no Brasil contemporâneo. In: ABRAMO, Helena Wendel; BRANCO, Pedro Paulo Martoni (Org.). Retratos da juventude brasileira – análise de uma pesquisa nacional. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2005. p. 37-72.

ARROYO, Miguel. Outros sujeitos, outras pedagogias. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

ALVES, Maria Zenaide; DAYRELL, Juarez. Ser alguém na vida: um estudo sobre jovens do meio rural e seus projetos de vida. Educação e Pesquisa. São Paulo, v. 41, n. 2, p. 375-390, jun. 2015.

ARAÚJO, Kathya; MARTUCCELLI, Danilo. La individuación y el trabajo de los individuos. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 36, n. especial, p. 77-91, abr. 2010.

BARKER, Gary T. Homens na linha de fogo: juventudes, masculinidade e exclusão social. Rio de Janeiro: 7Letras, 2008.

BRASIL. Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990. Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 16 jul. 1990. Seção 1, p. 13563.

______. Lei 12.594, de 18 de janeiro de 2012. Institui o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo. Brasília, DF, 19 jan. 2012. Seção 1, p. 3.

______. Levantamento anual dos/as adolescentes em conflito com a lei – 2012. Brasília, DF: Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, 2013.

CORREA, Licínia Maria. Entre apropriação e recusa: os significados da experiência escolar para os jovens da periferia urbana de São Bernardo do Campo (SP). 2008. 292 f. Tese (Doutorado em Educação Escolar) – Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), Araraquara, SP, 2008.

LEÃO, Geraldo; DAYRELL, Juarez; REIS, Juliana, Batista dos. Juventude, projetos de vida e ensino médio. Educação & Sociedade, Campinas, SP, v. 32, n. 117, p. 1067-1084, out./dez. 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/es/v32n117/v32n117a10.pdf >. Acesso em: 16 ago. 2013.

LECCARDI, Carmen. Por um novo significado do futuro: mudança social, jovens e tempo. Tempo Social, v. 17, n. 2, p. 35-57, nov. 2005.

MELUCCI, Alberto. O jogo do eu: a mudança de si em uma sociedade global. São Leopoldo, RS: Unisinos, 2004.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Defesa Social. Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas. Metodologia da medida socioeducativa de semiliberdade. Fascículo 2. Belo Horizonte, 2012.

NANTE, Bernardo. El filo de la navaja. Sophia, Buenos Aires, 14 jun. 2016. Disponível em: <http://www.sophiaonline.com.ar/columnistas/el-filo-de-la-navaja/>. Acesso em: 15 ago. 2018.

NOVAES, Regina. Os jovens de hoje: contextos, diferenças e trajetórias. In: ALMEIDA, Maria Isabel Mendes de; EUGENIO, Fernanda (Org.). Culturas jovens – novos mapas do afeto. Rio de Janeiro: Zahar, 2006. p. 105-120.

SPOSITO, Marília Pontes. Estado da Arte sobre juventude na pós-graduação brasileira: educação, ciências sociais e serviço social (1999-2006). Belo Horizonte, MG: Argvmentvm, 2009.

STECANELA, Nilda (Org.). Ler e escrever a vida: trajetórias de jovens em privação de liberdade. Caxias do Sul, RS: Educs, 2012.

VELHO, Gilberto. Projeto e metamorfose: antropologia das sociedades complexas. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

WAISELFISZ, Julio Jacobo. Mapa da violência 2014: os jovens do Brasil. Rio de Janeiro: Flacso Brasil, 2014.

ZALUAR, Alba. Gangsters and remote-control juvenile delinquents: yuth and crime. In: RIZZINI, I. (Ed.). Children in Brazil today: a challenge for the third millennium. Rio de Janeiro: Editora Universitária Santa Úrsula, 1994. p. 195-217.

Publicado

2018-12-29

Como Citar

ALMEIDA, J. R. de; LEÃO, G. NO “FIO DA NAVALHA”: projetos de futuro de jovens em privação de liberdade. Revista da FAEEBA - Educação e Contemporaneidade, [S. l.], v. 27, n. 53, p. 237–250, 2018. DOI: 10.21879/faeeba2358-0194.2018.v27.n53.p237-250. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/view/5674. Acesso em: 13 jun. 2024.