Ciência dos jogos aplicada a educação: um estudo do processo criativo de confecção do jogo analógico Umuechem.

Resumo

O presente estudo tem por objetivo demonstrar o processo criativo de concepção do jogo analógico Umuechem, utilizando a metodologia do Ciclo Criativo de Jogos Colaborativos, além de descrever seu processo de criação a partir das escolhas subjacentes aos objetivos perquiridos pelo jogo e refletir sobre a ação interdisciplinar no processo de criação do jogo. Este é apresentado na forma de relato do processo de criação de jogos educativo utilizando uma metodologia científica que auxilia a gestão dos processos e a descrição detalhada do objeto de pesquisa. O jogo estudado foi criado na Universidade Federal do Cariri, com o objetivo de discutir o tema da sustentabilidade no âmbito da educação superior, inovado o processo de ensino-aprendizagem a partir da mediação dos saberes de forma lúdica. Como resultados este apresenta-se como uma contribuição para a educação, propiciada por uma base científica interdisciplinar, repleta de referências ligadas ao design de jogos, educação, história, literatura e estatística; o processo não é aleatório, mas intencional, pensado a partir do público alvo e de objetivos educacionais bem delimitados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeferson Antunes, Universidade Federal do Ceará
Doutorando em Educação Brasileira FACED/UFC, Mestre em Desenvolvimento Regional Sustentável PRODER/UFCA, Licenciatura Plena em História URCA.
Verônica Salgueiro do Nascimento, Universidade Federal do Ceará
Pós-Doutora no Programa de Pós-graduação em Psicologia UFRJ, Doutora em Educação FACED/UFC, Mestra em Educação FACED/UFC, graduada em Psicologia UFC. Professora adjunta UFC.
Zuleide Fernandes de Queiroz, Universidade Regional do Cariri
Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará (1986), mestrado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (1992), doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (2003) e pós-doutorado junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2014). Professora Colaboradora do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Desenvolvimento Regional Sustentável (PRODER-UFCA).

Referências

ALIER, Joan Martínez. O ecologismo dos pobres: conflitos ambientais e linguagens de valoração. 2ed. São Paulo: Editora Contexto, 2015.

ALMEIDA, Marcos Teodorico Pinheiro de. Jogos Cooperativos: Aprendizagens, métodos e práticas. Várzea Paulista, São Paulo: Fontoura, 2011.

__________________________. Brincar Cooperativo: Vivências lúdicas de jogos não competitivos. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2010.

ANTUNES, Jeferson; LIMA, Jânio do Nascimento; TEIXEIRA, Wesley Castro; SOUSA; Lizandra de Barros de; CAVALCANTE; Samuel Onofre. Considerações e resultados acerca da aplicação da Criativa: metodologia educativa fomentada por meio dos jogos cooperativos. Cadernos de Pesquisa: Pensamento Educacional, Curitiba, v. 11, n. 27, p.15-33 jan./abr. 2016.

ANTUNES, Jeferson; QUEIROZ, Zuleide Fernandes de; SANTOS, Isaac Brigido Rodrigues dos; LIMA, Janio do Nascimento. CICLO CRIATIVO DE JOGOS COLABORATIVOS: UM MÉTODO PARA CRIAÇÃO DE JOGOS EDUCATIVOS. HOLOS, Ano 34, V. 02, 2018.

ANTUNES, Jeferson; NASCIMENTO, Verônica Salgueiro do; QUEIROZ, Zuleide Fernandes de. Narrativa crítica acerca do desenvolvimento sustentável: quais relações podemos estabelecer?. Rev. Eletrônica Mestr. Educ. Ambient. Rio Grande, v. 34, n. 2, p. 57-65, maio/ago. 2017.

BERBEL, Neusi Aparecida Navas. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Semina: Ciências Sociais e Humanas, Londrina, v. 32, n. 1, p. 25-40, jan./jun. 2011.

CAILOIS, Roger. Os jogos e os homens. Lisboa: Editora Cotovia, 1990.

CASTANHEIRA, Nelson Pereira. Estatística aplicada a todos os níveis. Curitiba: Editora Intersaberes, 2012.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. 24ed. São Paulo: Editora Paz e Terra, 1996.

HUIZINGA, Johan. Homo Ludens. São Paulo: Editora Perspectiva S. A., 2000.

KISHIMOTO, Tizuko Morchida. O jogo e a educação infantil. In: KISHIMOTO, Tizuko Morchida. Jogo, Brinquedo, brincadeira e a educação. 13ed. São Paulo: Corteza, 2010.

MCGONIAL, Jane. A realidade em jogo: Por que os games nos tornam melhores e como eles podem mudar o mundo. Rio de Janeiro, RJ: Editora Bestseller, 2012.

SALEN, Katie e ZIMMERMAN, Eric. Regras do jogo: Fundamentos do design de jogos. São Paulo: Blucher, 2012.

SCHMITT, Maria Aparecida Nogueira. Do imaginário poético latino-americano o salto antropomórfico de personagens da esfera zoológica. In: Braga, Elda Firmo; Libanori, Evely Vânia; Diogo, Rita de Cássia Miranda (Org.). REPRESENTAÇÃO ANIMAL: DIÁLOGOS E REFLEXÕES LITERÁRIAS, p. 34. Rio de Janeiro: Oficina da leitura, 2015.

SCHELL, Jesse. A arte de game design: O livro original. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

SCHUYTEMA, Paul. Design de Games: Uma abordagem prática. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

Publicado
2020-10-29
Métricas
  • Visualizações do Artigo 73
  • pdf downloads: 33
Como Citar
Antunes, J., Nascimento, V. S. do, & de Queiroz, Z. F. (2020). Ciência dos jogos aplicada a educação: um estudo do processo criativo de confecção do jogo analógico Umuechem. Revista Da FAEEBA - Educação E Contemporaneidade, 29(59), 377-402. https://doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2020.v29.n59.p377-402