Aulas com professores em casa: momórias do ensino rural em Bom Jesus (1910-1940)

  • Luciane Sgarbi Grazziotin Centro de Ciências Humanas da UNISINOS

Resumo

Por meio das memórias de doze sujeitos, analisam-se, nesta investigação, algumaspráticas de escolarização que determinaram pistas sobre a sistematização daeducação na região rural do município de Bom Jesus, localizado no Rio Grandedo Sul, nos chamados Campos de Cima da Serra. A pesquisa teve o objetivo deinventariar e analisar determinadas maneiras de contornar a carência de escolas, naregião referida, entre os anos de 1910 e 1940. A metodologia utilizada foi a HistóriaOral, as memórias escutadas pertencem ao Acervo Municipal de Memória Oral daCidade. No contexto pesquisado, vários elementos compõem o processo de entenderas práticas que institucionalizaram, em certa medida, o que foi denominado de “aulascom professores em casa”, prática adotada no meio rural em razão da ausência deescolas. Os elementos discutidos na pesquisa dizem respeito às relações de gênero,questões econômicas, culturais, políticas e religiosas. A relação entre eles vai, aolongo da investigação, tecendo um cenário de educação, com suas especificidadesculturais interligadas às políticas públicas da educação em âmbitos estaduais enacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciane Sgarbi Grazziotin, Centro de Ciências Humanas da UNISINOS
Por meio das memórias de doze sujeitos, analisam-se, nesta investigação, algumaspráticas de escolarização que determinaram pistas sobre a sistematização daeducação na região rural do município de Bom Jesus, localizado no Rio Grandedo Sul, nos chamados Campos de Cima da Serra. A pesquisa teve o objetivo deinventariar e analisar determinadas maneiras de contornar a carência de escolas, naregião referida, entre os anos de 1910 e 1940. A metodologia utilizada foi a HistóriaOral, as memórias escutadas pertencem ao Acervo Municipal de Memória Oral daCidade. No contexto pesquisado, vários elementos compõem o processo de entenderas práticas que institucionalizaram, em certa medida, o que foi denominado de “aulascom professores em casa”, prática adotada no meio rural em razão da ausência deescolas. Os elementos discutidos na pesquisa dizem respeito às relações de gênero,questões econômicas, culturais, políticas e religiosas. A relação entre eles vai, aolongo da investigação, tecendo um cenário de educação, com suas especificidadesculturais interligadas às políticas públicas da educação em âmbitos estaduais enacionais.

Referências

BASTOS, Maria Helena Câmara. Pense globalmente, pesquise localmente: em busca de uma mediação para a

escrita da história da educação. [S.l.: s.n.], 2008. (texto ainda não publicado)

CHARTIER, Roger. Leituras e leitores na França do antigo regime. São Paulo: UNESP, 2004.

FERNADES, Rogério. Prefácio. In: VASCONCELOS, Maria Celi Chaves. A casa e seus mestres: a educação no

Brasil de oitocentos. Rio de Janeiro: Gryphus, 2005.

GRAZZIOTIN, Luciane Sgarbi. Memórias recompondo tempos e espaços da educação:Bom Jesus (1913-1963),

389 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica do Rio

Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

JULIA, Dominique. A cultura escolar como objeto histórico. Revista Brasileira de História da Educação, Campinas,

n. 1, p. 9-43, jan./jun. 2001.

KREUTZ, Lucio. A educação de imigrantes no Brasil. In: LOPES, Eliane Marta Teixeira; FARIA FILHO, Luciano

Mendes ; VEIGA, Cynthia Greive. 500 anos de educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. p. 347-

LUCHESE, Terciane Angela. O processo escolar entre imigrantes da região colonial italiana do RS: 1875 a

: leggere, scrivere e calcolare per essere alcuno nella vita. 2007. 495 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade

do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2007.

NORA, Pierre. Lês lieus de mémoire: I la republique. Paris: Gallimard, 1984.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. O espetáculo da rua. 2. ed. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do

Sul, 1996.

SANTOMÉ, Jurjo Torres; PARASKEVA, João M.; APPLE, Michael W. Ventos de (des)escolarização: a nova

ameaça à escola pública. Lisboa: Plátano, 2003.

WERLE, Flávia Obino Correa. Escola complementar como espaço de formação. Revista Véritas. Porto Alegre,

v. 42. n. 2. p. 307-316, jun. 1997.

______. Prática de gestão e feminização do magistério. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 35, n. 126, p. 609-

, set./dez. 2005.

VASCONCELOS, Maria Celi Chaves. A casa e seus mestres: a educação no Brasil de oitocentos. Rio de Janeiro,

Gryphus, 2005.

DOCUMENTOS

ARQUIVO HISTÓRICO DO RIO GRANDE DO SUL . Livro de registros do quadro de escolas públicas do estado

(1913–1917).

______. Livros de registros dos quadros de alterações das escolas públicas do estado.

______. Livros de registros de Decretos Governativos Municipais de Bom Jesus – D-L-01 (1925-1940).

______. Livro de Contratos do Município de Vacaria (1909-1941).

ARQUIVO MUNICIPAL DE BOM JESUS. Acervo de memória oral (1990-2004).

Publicado
2013-06-22
Métricas
  • Visualizações do Artigo 187
  • PDF downloads: 266
Como Citar
GRAZZIOTIN, L. S. Aulas com professores em casa: momórias do ensino rural em Bom Jesus (1910-1940). Revista da FAEEBA - Educação e Contemporaneidade, v. 20, n. 36, 22 jun. 2013.