PADLET: um novo modelo de organização de conteúdo hipertextual

Palavras-chave: Padlet, Hipertextualidade, Organização de conteúdo online.

Resumo

Este artigo aborda o Padlet, ferramenta que permite a criação/organização de conteúdo online por meio de murais dinâmicos e criativos a partir da hiperligação de textos, imagens, vídeos, áudios e links. O objetivo deste estudo é apresentar (algumas) potencialidades do Padlet enquanto novo modelo de organização de conteúdo hipertextual. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica, uma vez que explora o conceito, as características e as contribuições do hipertexto no processo de aprendizagem, e a pesquisa descritiva, visto que o artigo se propõe em analisar a ferramenta Padlet, descrevendo suas funcionalidades na educação. Enquanto novo modelo de organização de conteúdo hipertextual, o Padlet apresenta características particulares que podem atuar de forma significativa no processo de aprendizagem e manter uma relação associativa com o perfil de uma geração de alunos que são conectados. Percebeu-se que a construção dos murais dinâmicos e criativos, produzidos a partir das hiperligações, desenvolve cinco habilidades e competências educacionais do Século XXI: a conexão, a curiosidade, colaboração, comunicação e multimidialidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jean Carlos da Silva Monteiro, Universidade Federal do Maranhão
Mestre em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal do Maranhão. Especialista em Comunicação, Cultura e Tecnologia pela Faculdade Venda Nova do Imigrante. Graduado em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo, pela Faculdade Estácio de São Luís. Líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação, Cultura e Comunicação Multimídia. Secretário da Revista Interdisciplinar em Cultura e Sociedade. Desenvolve estudos interdisciplinares nas áreas de Comunicação, Educação e Tecnologia, pesquisando principalmente sobre Hipertexto e Hipertextualidade, Tecnologias Digitais na Educação, Ensino e formação do Jornalista, Aplicativos Móveis e Metodologias Ativas de Aprendizagem. Lattes: http://lattes.cnpq.br/1339098378453005 Orcid: https://orcid.org/0000-0001-8025-3670 E-mail: falecomjeanmonteiro@gmail.com

Referências

AQUINO, M. C. Um mapeamento histórico do hipertexto: surgimento, desenvolvimento e desvios da aplicação da escrita hipertextual, 2005. Disponível em: <http://www.hipertexto.latec.ufrj.br/artigos/523-um-mapeamento-hist%C3%B3ricodo-hipertexto>. Acesso em: 11 jul. 2020.

CARVALHO, A. PINTO, C. S.; MONTEIRO, P. J. M. FleXml: Plataforma de Ensino a Distância para Promover Flexibilidade Cognitiva. Braga: Universidade do Minho, 2002.

CAVALCANTE, M. C. B. Mapeamento e produção de sentido: os links no hipertexto. In: MARCUSCHI, Luiz Antônio; XAVIER, Antônio Carlos (Org.). Hipertextos e Gêneros Digitais. 3. ed. Rio de Janeiro: Lucerna, 2010.

CORRADI, F.M et al, Nós, links e redes. Revista de Biologia e Ciências da Terra: 2001. Disponível em: <http://joaootavio.com.br/bioterra/workspace/uploads/artigos/nos-5155c7bde6bee.pdf>. Acesso em: 11 jul. 2020.

DIAS, A. M. P. Hipertexto: o labirinto eletrônico: uma experiência hipertextual. 2000. Tese (Doutorado) – Universidade de Campinas, Campinas, 2000. Disponível em: <http://www.unicamp.br/~hans/ mh>. Acesso em: 11 jul. 2020.

LARA, I. Hipertexto: o universo em expansão. Brasília, DF: UnB, 2001. Disponível em: . Acesso em: 11 jul. 2020

LEMOS, A. Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. Porto Alegre: Sulina, 2002.

LÉVY, P. As tecnologias da Inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. 14. ed. São Paulo: Editora 34, 2012.

MIELNICZUK, L. O Link como recurso da narrativa jornalística hipertextual. In: Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 28., 2005. Rio de Janeiro. Anais eletrônicos... São Paulo: Intercom, 2005. CD-ROM.

MONTEIRO, J. C. S. Narrativas hipertextuais na educação superior: uma proposta didática para o ensino de Jornalismo Multimídia. 2019. Dissertação (Mestrado em Cultura e Sociedade) – Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2019.

MONTEIRO, J. C. S.; COSTA, M. J. M.; BOTTENTUIT JUNIOR, J. B. App-learning hipertextual: repositórios virtuais de aprendizagem no Padlet. In: 4º Encontro sobre Jogos e Mobile Learning, 2018, Coimbra. Atas do 4º Encontro sobre Jogos e Mobile Learning. Coimbra: Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra - Coimbra, 2018. p. 216-225.

MONTEIRO, J. C. S.; FERREIRA JUNIOR, J. R.; RODRIGUES, S. F. N. Narrativa hipertextual jornalística: a cultura da linkagem no século XXI e a nova geração de leitores na web. Temática - Revista eletrônica de publicação mensal, v. 14, p. 1-16, 2018

MONTEIRO, J. C. S.; LOPES, A. P. S.; RODRIGUES, S. F. N. Mapeamento histórico do hipertexto: da origem à utilização no processo ensino-aprendizagem. REVISTA TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO, v. 20, p. 1-13, 2017.

MONTEIRO, J. C. S.; RODRIGUES, S. F. N. Bibliotecas de narrativas hipertextuais jornalísticas no aplicativo ThingLink. Revista Bibliomar, v. 18, p. 50-62, 2019.

MONTEIRO, J. C. S.; RODRIGUES, S. F. N.; MOREIRA, A. A. F. G. O potencial das narrativas hipertextuais como metodologia pedagógica para o ensino de jornalismo. Revista Interdisciplinar em Cultura e Sociedade, v. 4, p. 213-227, 2019.

MONTERICE, E. S. Um estudo sobre o hipertexto eletrônico. Juiz de Fora: UFJF, 2001. Disponível em: <http://www.ufjf.br/facom/files/2013/04/%C3%89ricaSimone3.p

df>. Acesso em: 11 jul. 2020.

PADLET. Criando murais. [S.l.: s.n.], 2020. Disponível em: <https://pt-br.padlet.com/>. Acesso em: 11 jul. 2020.

PEDRO, L.; MOREIRA, A. Os Hipertextos de Flexibilidade Cognitiva e a planificação de conteúdos didácticos: um estudo com (futuros) professores de Línguas. Aveiro, 2000. Disponível em: <https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/4794527.pdf>. Acesso em: 11 jul. 2020.

PRIMO, A. O aspecto relacional das interações na Web 2.0. E- Compós, Brasília, v. 9, p. 1-21, 2007.

SANTAELLA, L. Culturas e artes do pós-humano: da cultura das mídias à cibercultura. São Paulo: Paulus, 2003.

SPIRO, R; JEHNG, J. Cognitive flexibility, random access instruction, and hypertext: theory and technology for the nonlinear and multi-dimensional traversal of complex subject matter. In: NIX, D.; SPIRO, R. (ed.). The “Handy” Project:new directions in multimedia instruction. Hillsdale: Lawrence Erlbaum, 1990. p. 163-205.

Publicado
2020-07-17
Métricas
  • Visualizações do Artigo 222
  • PDF downloads: 584