ESTUDO DE CASO NA ESCOLA MUNICIPAL CASTRO ALVES: DESAFIOS E AVANÇOS DA SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAL

  • Maria de Fátima Bela Pina Prefeitura Municipal de Ibipitanga-BA

Resumo

Este estudo propõe-se uma análise e reflexão a cerca da inclusão dos alunos com deficiência, matriculados na sala de recursos multifuncionais da Escola Municipal Castro Alves, no município de Ibipitanga – Estado da Bahia. A inclusão de alunos que apresentam algum tipo de deficiência vem provocando na comunidade escolar e na sociedade, uma possível mudança de pensamentos frente a este novo modelo de escola, onde os alunos devem estar incluídos nas salas de aulas, do ensino regular. Essa nova proposta de educação faz com que a escola reflita sobre os princípios desse novo padrão, que vai desde a convivência com este público em um espaço até uma renovação na organização de todo o trabalho pedagógico na Instituição Escolar. No que se refere ao Atendimento Educacional Especializado, é de grande relevância para o desenvolvimento deste aluno na escola. Desse modo, todos os sujeitos, inclusive as crianças e jovens com deficiência, devem garantir o direito ao acesso e permanência na escola e de qualidade. Este estudo é resultado de uma experiência que buscou refletir sobre a importância do Atendimento Educacional Especializado como apoio a inclusão escolar de alunos com deficiência na Instituição Escolar. Pela importância da temática foi preciso dialogar com Mantoan (1997), Carvalho (1997), Correia (1997), Paula (2007), entre outros. O estudo evidenciou que na inclusão escolar não basta socializar, é primordial à implementação de ações efetivas que visem à superação das dificuldades e ampliação do saber, assim compete à escola, pois, precisa compreender que a inclusão é resultado de um movimento que assume a educação como um direito humano fundamental e a base para uma sociedade mais justa e solidária.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-07-10
Métricas
  • Visualizações do Artigo 101
  • PDF downloads: 34