Golpe de 2016 e a emergência artístico-cultural da diáspora negra Sul-baiana

  • José Lucas Campos Antunes dos Santos Universidade Estadual de Santa Cruz
Palavras-chave: Censura, Sul-baiano, Discurso, Arte.

Resumo

Este artigo faz de um projeto iniciado como uma contribuição para terceira edição da revista Artememória: Identities sob o texto Diálogos da Diáspora – Que dizem os artistas da diáspora negra-sulbaiana?. Resultado das discussões corriqueiras e cotidianas da vida linguística, este ensaio é a reelaboração do que foi apresentado e discutido com estudantes e professores no XL Encontro de Letras na Universidade Federal do Rio de Janeiro e no II Seminário de Ensino e Relações Étnico-raciais da Universidade Federal do Sul da Bahia. Assim, propõe estabelecer vínculos discursivos entre estas produções artísticas e o cenário da macro-política nacional, no que diz respeito às motivações misóginas, racistas, homofóbicas e transfóbicas que conduziram e conduzem os discursos sobre o golpe jurídico-parlamentar de 2016, depondo Dilma Rousseff e, sobretudo, à eleição de Jair Bolsonaro à Presidência da República em 2018. Desse modo, este trabalho pretende situar a emergência artística e cultural no terriório Sul da Bahia num contexto de repressão e censura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Lucas Campos Antunes dos Santos, Universidade Estadual de Santa Cruz
Estudante de Letras - Português/Inglês na Universidade Estadual de Santa Cruz foi bolsista de Iniciação Científica pelo Fundo de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB), com projeto intitulado ?Bela, Recatada e do Lar: essencialismo em cena?", sob orientação da Profª Drª Sandra Maria Pereira do Sacramento. Participou como voluntário no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), também sob a orientação da mesma professora. Foi Coordenador de Cultura no Centro Acadêmico de Letras Professor Ruy Póvoas (CALPRP), no qual contribuiu no desenvolvimento de projetos com a finalidade de promover discussões entre os discentes sobre Linguística, Literatura, Educação, Artes e demais áreas afins. Foi estudante bolsista do Programa Nacional de Mobilidade Acadêmica da ABRUEM na Universidade Estadual de Londrina - UEL, onde fez parte do projeto de pesquisa Direitos Humanos Brasil/Canadá: Aproximações e Contrastes, sob orientação do Prof. Dr. Tacel Ramberto Coutinho Leal. Participou da Comissão de Elaboração do Projeto Pedagógico Curricular do novo curso de Letras da UESC 2020.1. e-mail: cans.luc@gmail.com. Áreas de interesse: Linguística Textual, Análise do Discurso, Teoria da Literatura, Estudos de Gênero, Feminismo, Estudos Culturais, Direitos Humanos.

Referências

REFERÊNCIAS

AUGUSTO, Jorge. Poema Polícia e Política: tópicos sobre o poema de Lívia Natália e a PM baiana. Bahia Notícias. Jan.2016. Disponível em https://www.bahianoticias.com.br/artigo/781-poema-policia-e-politica-topicos-sobre-o-poema-de-livia-natalia-e-a-pm-baiana.html. Acesso em: 07.05.2020

ARRAZ, Lucas. Presidente do PSL diz que Bolsonaro fiscalizará agenda cultural e intelectual na Bahia. Bahia Notícias. out.2018. Disponível em: https://www.bahianoticias.com.br/noticia/228517-presidente-do-psl-diz-que-bolsonaro-fiscalizara-agenda-cultural-e-intelectual-na-bahia.html. Acesso em: 13.02.2019

BRASIL. Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias / Atualização de Junho de 2016. (Orgs) Brasília: Ministério de Justiça e Segurança Pública. Departamento Penitenciário Nacional, 2017.

NASCIMENTO, Abdias. Arte afro-brasileira: Um espírito libertador. In: _________ (Org.) Histórias Afro-atlânticas vol.2 Antologia. São Paulo,

OLIVEIRA, Karen. Videopoesia “Abre Caminho” – Má Reputação. Salvador, produção Visão, 2020. Disponível em https://youtu.be/9xkioy6u-D4. Acesso em: 30.05.2020

RIBEIRO, Djamila. O que é lugar de fala?. Belo Horizonte: Letramento: Justificando, 2017.

SANTANA, Rita. Panfletos para Pirilampos e Magnólias. In: _________ (Org.) Profundanças 2: Antologia literária e fotográfica. Ipiaú, Voo Audiovisual, 2017.

SOUZA, Lívia Natália de. Correntezas e Outros Estudos Marinhos. 1. ed. Salvador: Ogum's Toques Negros, 2015.

Publicado
2020-06-19
Métricas
  • Visualizações do Artigo 58
  • PDF downloads: 23
Como Citar
DOS SANTOS, J. L. C. A. Golpe de 2016 e a emergência artístico-cultural da diáspora negra Sul-baiana. Revista Encantar - Educação, Cultura e Sociedade, v. 1, n. 2, p. 397-405, 19 jun. 2020.
Seção
II Seminário Regional de Ensino e Relações Étnico-Raciais