UM TRIBUTO À LUÍZ GAMA: O ADVOGADO DOS ESCRAVOS

Palavras-chave: diversidade cultural, Lei 10.639/03, superação

Resumo

O projeto Brasilidade desenvolvido no Colégio Modelo de Itabuna propôs a discussão de temas que abordem a diversidade cultural no Brasil, as relações étnicas- raciais e o combate aos diversos tipos de preconceitos na sociedade brasileira. O tributo à Luíz Gama foi uma oportunidade de estudar a vida e o percurso de determinação de um homem negro que lutou para superar as dificuldades de uma sociedade escravocrata do século XIX. Tendo como objetivo sua relevância para o processo abolicionista no Brasil. Sua biografia foi estudada através da leitura do livro, Luiz Gama, o libertador de escravos e sua mãe libertária Luiza Mahin, uma das líderes da Revolta dos Malês em 1835, em Salvador. Posteriormente a biografia foi resenhada e discutida em sala de aula.  Os alunos com a orientação da professora de História Gislany redigiram um roteiro de peça de teatro.  A representação teatral foi apresentada em quatro atos intercalados com musicais de dança africana, dança dos orixás, dança das baianas e a dança afro-indígena do maculelê. Esse exemplo de resistência e persistência contribuiu para a elevação da autoestima dos alunos envolvidos que ao conhecer a vida e a trajetória de Luiz Gama perceberam que estudar é o maior ato de rebeldia num país de sociedade preconceituosa e excludente como o Brasil. A exibição da peça fez um link com a atualidade no que se refere aos vários exemplos de superação e conquistas de jovens negros nas instituições em diversas áreas acadêmicas e culturais no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gislany Nascimento Costa, Universidade Federal do Sul da Bahia
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino e Relações Étnico-Raciais/ Universidade Federal do Sul da Bahia campus/ Itabuna. Licenciada em História pela Universidade Estadual de Santa Cruz . Especialização em História da Cultura Afro-Brasileira pela Faculdade de Tecnologia e Ciências. Especialista em Metodologia do Ensino de Geografia e História pela Universidade Cândido Mendes. Professora regente do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães de Itabuna ministrando aulas na disciplina de História nas turmas de 2º e 3° Ano do Ensino Médio e professora da sala Multifuncional.
Publicado
2020-06-19
Métricas
  • Visualizações do Artigo 35
  • PDF downloads: 15
Como Citar
COSTA, G. N. UM TRIBUTO À LUÍZ GAMA: O ADVOGADO DOS ESCRAVOS. Revista Encantar - Educação, Cultura e Sociedade, v. 1, n. 2, p. 309-315, 19 jun. 2020.
Seção
II Seminário Regional de Ensino e Relações Étnico-Raciais