A metempsicose no discurso de Dolmancé: a influência do pensamento materialista nos personagens de Sade

Autores

  • Nilton Marlon Antônio Universidade Federal do Paraná

Resumo

Na leitura do romance A Filosofia na Alcova, encontramos diversos discursos filosóficos na fala dos libertinos, principalmente na voz de Dolmancé e de Saint-Ange. Esses dois libertinos são os personagens principais do romance. Tanto Dolmancé quanto Saint-Ange fazem uso desses discursos filosóficos para justificar suas atitudes libertinas e ensiná-las para a jovem Eugénie. Esse trabalho tem seu foco nos discursos de Dolmancé, mais precisamente os seus discursos que se referem a metempsicose materialista. Buscamos observar como se constrói o discurso do personagem, os possíveis embasamentos filosóficos por meio das influências filosóficas de Sade e, além disso, buscar entender os efeitos disso no pensamento do personagem. Buscamos entender o pensamento de Domancé através das influências filosóficas de Sade. Observaremos as bases filosóficas que constituem esses discursos que, no caso dessa obra, giram em torno do pensamento materialista do século XVIII. Dentre essas influências, focaremos principalmente em Holbach, mostraremos como a fala de Dolmancé está carregada de ideias que estão presentes no Sistema da Natureza.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nilton Marlon Antônio, Universidade Federal do Paraná

Graduando em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná

Referências

CASTRO, Clara Carniceiro. Sade e a Ideia de Metempsicose. In: ALMEIDA, Fábio Ferreira de. (Org.). Sobretudo a Noite. Goiânia: Edições Ricochete, pp. 99-123, 2016.

CORRÊA, Roberto Alvim. Dicionário Escolar Francês-Português Português-Francês, Rio de Janeiro: Campanha Nacional de Material de Ensino, 1961.

DELON, Michel. L’Obsession de la métempsycose à la fin du XVIIIe siècle, In: GALLINGANI, Daniela (org.), Atti del convegno internazionale Presenza di Gagliostro. Florença: Centro Editorial Toscano, pp. 71-79, 1991.

DIDEROT, Denis. O Sonho de d’Alembert, in: GUINSBURG, Jacob. In: A Filosofia de Diderot. Tradução: Jacob Guinsburg. São Paulo: Editora Cultrix, pp. 64-112, 1961.

DIDEROT, Denis. Lettres à Sophie Vollant, 1759. Disponível em: . Acesso em: 01 de out. 2018.

HOLBACH, Barão de. Sistema da Natureza ou das Leis do Mundo Físico e do Mundo Moral. Tradução: Regina Schöpke e Mauro Baladi. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

SADE, Marquês de. A Filosofia na Alcova ou Os Preceptores Imorais. Tradução: Contador Borges, São Paulo: Editora Iluminuras, 2013.

SADE, Marquês de. 50 Lettres du Marquis de Sade à sa Femme. Paris: Flammarion, 2009.

VOLTAIRE. Dicionário Filosófico. Edição: Ridendo Castigat Mores, 2001.

Downloads

Publicado

2020-09-13

Como Citar

ANTÔNIO, N. M. A metempsicose no discurso de Dolmancé: a influência do pensamento materialista nos personagens de Sade. Anãnsi: Revista de Filosofia, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 28–36, 2020. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/anansi/article/view/9589. Acesso em: 22 maio. 2024.