Ciência, Regras e Práticas Científicas: entre a teoria da ciência e a filosofia da linguagem

Autores

  • Wagner Teles de Oliveira Universidade Estadual de Feira de Santana

Palavras-chave:

Wittgenstein, Kuhn, Regras, Ciência, Semelhanças de família

Resumo

A ideia de que o desenvolvimento científico não é apenas cumulativo, mas é constituído também por episódios ocasionais não cumulativos tem centralidade na história da ciência de Kuhn, que trata tais episódios como revoluções científicas. É decorrente dessa maneira de entender o desenvolvimento da ciência a questão a respeito da relação entre a normatividade à qual deve se submeter as atividades científicas e a existência de um corpo de regras adequado que oriente a atuação de cientistas. Ao contrário do que se passa no desenvolvimento normal da ciência, nos momentos de crise que antecedem revoluções, é comum haver desacordo sobre essas regras, bem como sobre a interpretação de paradigmas. Essa situação abre margem para a pergunta acerca de como, nesse contexto, as atividades científicas são orientadas. A resposta de Kuhn a essa questão é extraída por ele de um importante capítulo da filosofia de Wittgenstein, o qual trata sobre a noção de ‘semelhanças de família’.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wagner Teles de Oliveira, Universidade Estadual de Feira de Santana

Graduado em Filosofia pela Universidade Católica do Salvador. Doutor em Filosofia pela Universidade Federal da Bahia. Professor Adjunto da Universidade Estadual de Feira de Santana.

Referências

BARNES, B. T. S. Kuhn and Social Science. The Macmillan Press: London, 1984.

DOPPELT, G. Incommensurability and The Normative Foundations of Scientific. Knowledge. In: HOYNINGEN-HUENE, P.; SANKEY, H. (eds.) Incommensurability and Related Matters. Dordrecht: Kluwer, 2001. p. 159-179.

FRIEDMAN, M. Dynamics of Reason: the 1999 Kant Lectures at Stanford University. Stanford: CSL Publications, 2001.

KUHN, T. The Road since Structure. Chicago: Chicago University Press, 2000.

______. The Structure Scientific Revolutions. Chicago: Chicago University Press, 1970.

______. “Foreword”. In: FLECK, L. Genesis and Development of a Scientific Fact. Chicago: The University of Chicago Press, 1979.

SHAPERE, D. Reason and the Search for Knowledge. Boston Studies in the Philosophy of Science, vol 78. Dordrecht: Springer, 1984.

WITTGENSTEIN, L. (1969) On Certainty. Oxford: Basil Blackwell, 1969.

Downloads

Publicado

2023-08-15

Como Citar

OLIVEIRA, W. T. de. Ciência, Regras e Práticas Científicas: entre a teoria da ciência e a filosofia da linguagem. Anãnsi: Revista de Filosofia, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 76–92, 2023. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/anansi/article/view/18302. Acesso em: 22 fev. 2024.