Desacordo e ceticismo sobre o critério da verdade em Sexto Empírico

  • Juliomar Marques Silva Universidade Federal da Bahia

Resumo

Uma das principais questões no ceticismo pirrônico é a discussão sobre o problema do critério. Seria possível haver um critério da verdade? Em outras palavras, existe algum critério que nos permita conhecer a verdadeira natureza das coisas? Segundo Sexto Empírico, o próprio desacordo entre os filósofos acerca dessa questão já nos levaria ao ceticismo, pois há uma infinidade de opiniões sobre o assunto. Além disso, existem contra-argumentos para tudo aquilo que os filósofos dogmáticos apontam como sendo o critério. Para o ceticismo pirrônico, portanto, de uma forma ou de outra somos levados à suspensão de juízo sobre a existência de um critério da verdade. Neste artigo, em primeiro lugar, apresento um panorama geral do desacordo acerca do critério da verdade. Em seguida, apresento um argumento cético geral baseado na indecidibilidade desse desacordo. Por fim, discuto uma série de argumentos específicos contra cada uma das teses dogmáticas a respeito do critério. Para Sexto Empírico, ao contrapor esses argumentos dogmáticos somos mais uma vez levados ao ceticismo. Desta forma, de um modo ou de outro devemos suspender o juízo acerca do critério da verdade. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliomar Marques Silva, Universidade Federal da Bahia

Graduado, Mestre e Doutor em Filosofia pela Universidade Federal da Bahia. Realiza Pós-Doutorado na Universidade Federal da Bahia com o “Agency, Directionality & Function” custeado pela Fundação Jonh Templeton.

Publicado
2022-12-30
Métricas
  • Visualizações do Artigo 31
  • pdf downloads: 17
Como Citar
MARQUES SILVA, J. Desacordo e ceticismo sobre o critério da verdade em Sexto Empírico. Anãnsi: Revista de Filosofia, v. 3, n. 2, p. 310-319, 30 dez. 2022.