Educação popular: metodologia de pesquisa como processo educativo

Débora Monteiro do Amaral, Aida Victoria montrone Garcia Montrone

Resumo


O presente ensaio apresenta a experiência realizada em uma pesquisa de doutorado
efetuada em seis assentamentos do estado de São Paulo, de junho a outubro de 2012, onde a educação popular, para além de um referencial teórico, foi utilizada como referencial metodológico. Para isso, foram utilizados alguns autores da educação popular, com destaque à obra de Paulo Freire. Objetiva-se apresentar uma proposta de metodologia de pesquisa que fuja dos métodos tradicionais existentes, propondo um novo formato de investigação, considerando a colaboração, a solidariedade e a parceria entre sujeitos da pesquisa e pesquisadores. Nesta metodologia, mais que os resultados da pesquisa, o que se torna relevante são os processos educativos que acontecem ao longo do processo investigativo.


Palavras-chave


Educação popular. Paulo Freire. Metodologia de pesquisa. Processos educativos.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, D. M. Pedagogia da Terra: olhar dos/as educandos/as em relação à primeira turma do estado de São Paulo. 2010. 241 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2010.

______. Mulheres da reforma agrária na educação: os significados em ser pedagogas da terra. 2014. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014.

BRANDÃO, C. R. O que é educação popular. São Paulo: Brasiliense, 2006.

FERNANDES, B. M. Movimento social como categoria geográfica. AGB-Nacional: Associação dos Geógrafos do Brasil, 2005. Disponível em . Acesso em: 10 ago. 2012.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005a.

______. A educação na cidade. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2005b.

______. Pedagogia da esperança– um reencontro com a pedagogia do oprimido. 3. ed. Rio de Janeiro. Paz e Terra, 1992.

______. À sombra desta mangueira. 8. ed. São Paulo: Olho d’ Água, 2006.

______. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 30. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996

______. Criando métodos de pesquisa alternativa. In: BRANDÃO, C. R. (Org.). Pesquisa participante. São Paulo. Brasiliense, 1983. p. 34-41.

FREIRE, P.; HORTON, M. O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

GOHN, M. G.; ZANCANELLA, Y. A relação entre universidade e movimentos sociais como princípio da construção critica da educação do campo. Olhar de professor, Ponta Grossa, PR, n. 15, p. 57-70, 2012.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. 3. ed. Tradução de Carlos Alberto R. de Moura. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

OLIVEIRA, M. W. Et al. Processos educativos em práticas sociais: reflexões teóricas e metodológicas sobre pesquisa educacional em espaços sociais. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 32., 2009, Caxambu, MG. Anais... Caxambu, MG: ANPEd, 2009.

OLIVEIRA, M. W. Processos educativos em trabalhos desenvolvidos entre comunidades: perspectivas de diálogo entre saberes e sujeitos. Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, 2003.

SOUZA, P. C. A; AMARAL, D. M. Caminhando com os invisíveis: características da pesquisa em processos educativos e práticas sociais. Políticas Educativas, Porto Alegre, v. 3, n. 1, p. 96-113, 2009.

STRECK, D. R. A educação popular e a (re)construção do público. Há fogo sob as brasas? Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 11, n. 32, p. 272-284, maio/ago. 2006.

SOBOTTKA, E; EGGERT, E; STRECK, D. R. A pesquisa como mediação político-pedagógica. Reflexões a partir do orçamento participativo. In: BRANDÃO, C. R.; STRECK, D. R. (Org.). Pesquisa participante. O saber da

partilha. 2. ed. Aparecida, SP: Idéias & Letras, 2006.

VALLA, V. V. A crise de interpretação é nossa: procurando compreender a fala das classes subalternas. Educação e Realidade, Porto Alegre, v. 21, n. 2, p. 177-190, jul./dez. 1996.




DOI: http://dx.doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2015.v24.n43.p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2358-0194

 Classificação Qualis CAPES:

 Educação - A2

  Indexadores:

       

      

   

      

 

  Localização dos Acessos:


 

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0