DIFICULDADES DE ESCRITA EM LÍNGUA MATERNA L1 E LÍNGUA ESTRANGEIRA L2

José Geovânio Buenos Aires Martins

Resumo


Este artigo visa discutir a importância da escrita para o desenvolvimento pleno do aluno/estudante de L1/L2 e, consequentemente, com isso, ter-se à inserção deste aluno no mercado de trabalho, pois a escrita é condição sumária para à inclusão do aluno/estudante no mundo midiático e/ou profissional. Ela, a escrita é responsável pelo sucesso em nível acadêmico, foco principal deste estudo, portanto a escrita vai mais além, ela é mola propulsora para o desenvolvimento profissional. O artigo focaliza, especialmente, a questão da dificuldade de escrita em sala de aula de L1 e L2; sustentando suas ideias para uma quebra de barreiras em torno do processo de escritura em sala de aula de L1 e L2, em Fernandes; Paula (2012), Squarisi; Salvador (2009) e Brasil (2006).

Palavras-chave


Desenvolvimento; Escrita; Língua Materna; Língua Estrangeira.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



BABEL: Revista Eletrônica de Línguas e Literaturas Estrangeiras - ISSN 2238-5754 | Departamento de Educação DEDC II - Universidade do Estado da Bahia